Criado e Desenvolvido por:

Todos os direitos são reservados ©2017 tioronnicabral.blogspot.com.br

É um conjunto de vários ecossistemas, que possuem certo nível de homogeneidade. Composto pelo fatores bióticos (fauna e da flora) e abióticos (vento, chuva, luminosidade, umidade). De modo resumido, é o conjunto formado pela fauna, flora e o clima local.

-Umidade relativa do ar - Temperatura

- Solo

- Luminosidade

Tundra Taiga Florestas Temperadas Florestas Tropicais Savanas Caatinga Cedrrado Pampas Mangues Desertos

Localizada no Círculo Polar Ártico (Norte): Alasca, Canadá, Groenlândia, Noruega, Suécia, Finlândia e Sibéria. Temperatura baixa o ano todo (inverno rigoroso / verão frio). Baixa pluviosidade. Baixa luminosidade. Vegetação apenas no verão (liquens, musgos e gramíneas).

Hemisfério Norte: Alasca, Canadá, Groenlândia, Noruega, Suécia, Finlândia e Sibéria. Clima frio (verão mais longo que Tundra). Árvores adaptadas ao frio (Pinheiros). Pouca vegetação rasteira Florestas de sequoia.

Estados Unidos, Europa e Ásia. Maior incidência solar. Estações do ano bem definidas. Maior indicie pluviométrico que os anteriores. Solo rico. Árvores que perdem folhas no inverno (caducifólias). Carvalhos, faias e nogueiras são encontradas.

Região equatorial. Temperaturas elevadas o ano todo. Inverno e verão. Alta pluviosidade. Solo pobre (mantido pelo húmus). Grande biodiversidade. Vegetação densa, presença de epífitas, cipós e líquens

Clima: quente e seco. Flora: árvores separadas por gramíneas e solo rico em ferro (Fe). Faunas: leão, elefante, antílope e zebra...

Clima: quente e seco, baixa umidade do ar. Flora: árvores separadas por gramíneas e solo rico em alumínio (Al).

Clima: quente e seco, baixa pluviosidade. Plantas e animais adaptados ao clima seco.

Manguezal, também chamado de mangue ou mangal, é um ecossistema costeiro, de transição entre os ambientes terrestre e marinho, uma zona úmida característica de regiões tropicais e subtropicais. Associado às margens de baías, enseadas, barras, desembocaduras de rios, lagunas e reentrâncias costeiras, onde haja encontro de águas de rios com a do mar.

Este bioma está presente nos estados de Mato-Grosso e Mato-Grosso do Sul. Algumas regiões do pantanal sofrem alagamentos durante os períodos de chuvas. Presença de gramíneas, arbustos e palmeiras. Nas regiões que sofrem inundação, há presença de árvores de floresta tropical.

Em várias regiões do Planeta. Baixíssima pluviosidade. Temperatura varia muito (dia/noite). Solo pobre. Plantas xeromórficas. Cactos, alguns arbustos.

OBS: os desertos pode ser seco, gelado ao de sal.

Ambientes de água salgada 75% da superfície terrestre.

Fatores que influenciam:

Luminosidade Temperatura Salinidade Pressão Oxigenação Correntezas

Luz - a iluminação diminui com a profundidade e permite a divisão em três zonas: eufótica, disfótica e afótica.

Zona eufótica — recebe luz diretamente e geralmente chega até 100 metros. Zona disfótica — recebe luz difusa e pode chegar a 300 metros. Zona afótica — é a região geralmente abaixo de 300 metros e que não recebe luz.

Meio biótico

Plâncton - seres que vivem na superfície da água, geralmente transportados passivamente pelo movimento das águas. O plâncton costuma ser dividido em fitoplâncton (algas) e zooplâncton (protozoários, muitas larvas de crustáceos, de peixes e outros).

Bentos - correspondem àqueles seres que vivem no fundo do mar, fixos ou movendo-se no fundo. Ex: equinodermos (estrelas-do-mar) e moluscos.

Nécton - são os animais livres natantes, representados por peixes, polvos, mamíferos marinhos, tartarugas etc.

Província bentônica - a divisão da província é baseada no relevo submarino e compreende quatro zonas: litorânea, nerítica, batial e abissal.

Zona litorânea — é a zona afetada pelas flutuações das marés, estando ora emersa, ora submersa. É bem iluminada, oxigenada e rica em nutrientes. São abundantes os organismos fixados em rochas, como algas, cracas e mexilhões. Zona nerítica — compreende a chamada plataforma continental, indo até cerca de 200 metros de profundidade. É a zona de maior importância econômica, pela riqueza imensa de plâncton e nécton, principalmente grandes cardumes de peixes. Zona batial — vai de 200 até 2.0 metros de profundidade, ocupando o chamado talude continental. Devido à ausência de luz, não existe vegetação e os animais são reduzidos. Zona abissal — estende-se desde 2.0 metros até as maiores profundidades. A maior profundidade conhecida é a fossa das Ilhas Marianas, com 1.034 metros.

Província pelágica - representa o domínio de águas plenas, constituindo a grande massa de água do alto-mar. Encontra-se afastada da costa, e tem o seu início marcado pelo término da plataforma continental. A província pelágica apresenta águas cristalinas e poucas formas de vida.

Ecossistemas de água doce. Menor de todos os biociclos. Dividido em:

Águas Lóticas: Água em constante movimento. Grande oxigenação e baixa sedimentação. Rico em nutrientes inorgânicos (erosão das margens). Importador de matéria orgânica. Plâncton não é definido. Seres adaptados à correnteza.

Águas Lênticas: Águas paradas, mas com renovação (baixa oxigenação e alta sedimentação). Circulação das águas e nutrientes em locais temperados (dias frios). No verão acontece pouca circulação. Maior circulação no outono e primavera. Inverno com pouca circulação (superfície congela). Em grandes lagos:

- Zona Litorânea - Zona Límnica

- Zona Profunda

Exercício 1

A tundra é um bioma terrestre que se desenvolve em áreas de altas latitudes. Entre suas principais características geográficas está correto afirmar que:

a) possui um clima temperado e sua vegetação é composta por árvores de grande porte, como pinheiros e sequoias b) Apresenta um clima frio com arbustos invernos e é desprovida de árvores exibindo apenas plantas herbáceas e pequenos arbustos. c) Desenvolve-se em áreas intertropicais e apresenta uma vegetação caducifólia e espinhenta. d) Estende-se ao longo da região mediterrânea, tendo uma vegetação latifoliada e de grande porte. e) É típica de clima equatorial, sendo uma variável de floresta latifoliada presente nas altas montanhas.

Exercício 2

Marque a alternativa que indica corretamente o bioma terrestre de que trata o texto abaixo. Sua área recebe pouca energia solar e baixa precipitação pluviométrica. Possui um verão curto, período em que apenas a camada superior do solo sofre degelo.

a) Floresta de coníferas. b) Floresta temperada. c) Tundra d) Savanas e) Floresta subtropical

Exercício 3

A paisagem é marcada pela presença de vegetação rasteira, com líquens e musgos, e animais adaptados a temperaturas extremamente frias, como a rena e o urso polar. Os verões são frios e curtos, mas os dias de verão são longos. Nessa estação, a vegetação cresce, floresce e frutifica rapidamente. O bioma a que se refere o texto acima é constituído de:

a) campos temperados b) tundras c) taigas d) estepes e) florestas de coníferas

Exercício 4

“Se você cruzasse, a pé, o Alasca e o Canadá, a Escandinávia e a Sibéria, estaria sempre na mesma floresta’, diz o ativista Dom Sullivan.”

Esta Floresta descrita, que representa 1/3 das matas existentes na terra e está representa:

a) A floresta Galeria b) A floresta Tropical c) A floresta Temperada d) A floresta Amazônica e) A floresta Boreal

Exercício 6

"Nas vastas planícies que dominam a paisagem da Rússia Central, o inverno rigoroso cobre o solo com uma camada de neve que, ao fundir-se na primavera, permite a germinação de uma vegetação herbácea extensiva que atinge seu desenvolvimento máximo no verão chuvoso, quando intensa atividade biológica decompõe o capim morto do ano anterior, originando muito húmus e matéria orgânica, que conferem aos solos uma cor escura e muita fertilidade."

A descrição refere-se a) ao sahel. b) às estepes. c) às savanas. d) às tundras. e) à taiga.

Exercício 7

Leia o texto a seguir com atenção:

Trata-se de um dos mais esplendorosos ecossistemas do planeta. Desenvolvendose na zona intertropical, próximo ao equador, apresenta elevadas e constantes taxas de umidade, sendo muito rica e variada a sua flora e a sua fauna.

O texto trata do domínio natural da:

a) Mata Atlântica b) Savana Africana c) Florestas Temperadas d) Floresta Pluvial Amazônica e) Cerrado.

Exercício 8

(FUVEST) Dentre os vários aspectos que justificam a diversidade biológica da Mata Atlântica, encontram-se:

I. Concentração nas baixas latitudes, associadas a elevadas precipitações. I. Distribuição em áreas de clima tropical e subtropical úmido. I. Ocorrência apenas em planícies litorâneas, que recebem umidade vinda dos oceanos. IV. Ocorrência em diferentes altitudes.

a)l e l
b)l e lV
c)l e ll
d)l e lV

Assinale a alternativa que apresenta apenas afirmações corretas. e) l e lV

Exercício 9

(MACKENZIE) Observe o mapa e assinale a alternativa que corresponde à formação vegetativa da área destacada e a suas características.

a) Cerrado – pertencente à classificação do bioma savana, possui grande biodiversidade e forma ecossistemas ricos, com espécies variadas como o pau-santo, o barbatimão, a gabiroba, o pequizeiro e a catuaba. b) Mata dos Pinhais – chamada também de floresta aciculifoliada, está localizada em clima úmido, com temperaturas de moderadas a baixas no inverno; tem em sua constituição predominantemente o pinheiro. c) Mata dos Cocais – chamada também de mata de transição, é constituída de palmeiras ou palmáceas, com grande predominância de babaçu e ocorrência de carnaúba. d) Campos Naturais – formações rasteiras ou herbáceas, constituídas por gramíneas que atingem até 60 cm de altura; têm origem associada a solos rasos e a áreas sujeitas a inundações periódicas, ou, ainda, associada a solos arenosos.

Exercício 10 (UEL) Observe as figuras abaixo.

Tendo como base os domínios morfológicos descritos por Ab’Saber, numa viagem pelo Brasil, as paisagens reproduzidas nas figuras 1, 2 e 3, pertencem respectivamente às regiões:

a) Norte, Sul e Centro-Oeste. b) Centro-Oeste, Norte e Nordeste. c) Nordeste, Sudeste/Centro-Oeste e Sul. d) Sudeste, Sul e Norte. e) Norte, Sudeste e Centro-Oeste.

Exercício 1

(Enem 2016.1) A vegetação apresenta adaptações ao ambiente, como plantas arbóreas e arbustivas com raízes que se expandem horizontalmente, permitindo forte ancoragem no substrato lamacento; raízes que se expandem verticalmente, por causa da baixa oxigenação do substrato; folhas que têm glândulas para eliminar o excesso de sais; folhas que podem apresentar cutícula espessa para reduzir a perda de água por evaporação.

As características descritas referem-se a plantas adaptadas ao bioma:

a) Cerrado. b) Pampas. c) Pantanal. d) Manguezal. e) Mata dos Cocais.

Exercício 12

(Enem 2014) Uma região de Cerrado possui lençol freático profundo, estação seca bem marcada, grande insolação e recorrência de incêndios naturais. Cinco espécies de árvores nativas, com as características apresentadas no quadro, foram avaliadas quanto ao seu potencial para uso em projetos de reflorestamento na região.

Qual é a árvore adequada para o reflorestamento da região?

Comentários