Tratado de Animais Selvagens


O Tratado de Animais Selvagens é imprescindível não apenas ao médico veterinário que se dedica a essa especialidade, mas também ao clínico de pequenos animais que atende pacientes exóticos, como hamsters, papagaios, periquitos e tartarugas.

Descrição

Esta obra é imprescindível não apenas ao médico veterinário que se dedica a essa especialidade, mas também ao clínico de pequenos animais que atende pacientes exóticos, como hamsters, papagaios, periquitos e tartarugas. Reúne informações inéditas e exclusivas, compartilhadas por 88 especialistas brasileiros e 4 convidados estrangeiros. Epidemiologistas, microbiologistas e médicos veterinários sanitaristas considerarão esta obra útil na compreensão do envolvimento dos animais selvagens no ciclo de zoonoses e doenças emergentes.

O texto aborda diversos aspectos da medicina veterinária dos animais selvagens e exóticos, e contém:
• Aspectos biológicos, anatômicos, fisiológicos, clínicos, anatomopatológicos e terapêuticos de peixes, répteis, aves e mamíferos, com ênfase nos animais sul-americanos.
• 395 tabelas com informações sobre doenças, hematologia e terapêutica (doses sugeridas) para cada grupo animal.
• Protocolos anestésicos estabelecidos a partir de décadas de experiência dos autores.
• Descrição detalhada dos vários métodos de captura, contenção física, transporte e equipamentos utilizados em animais selvagens.
• Diagnóstico por imagem, patologia clínica e extrapolação alométrica.
• Técnicas necroscópicas, cirúrgicas e reabilitação de animais feridos.
• Odontoestomatologia, oftalmologia, eletrocardiografia, neurologia e endoscopia aviária.
• Nutrição e doenças nutricionais.
• Temas relativos à medicina de conservação, gestão ambiental e planejamento de instalações veterinárias.
• Aspectos éticos e legais.
• Profilaxia e sanidade.

Críticas