• Globalização, Revolução industrial e capitalismo

    Olá! Alguém de vocês poderia me ajudar com essa pergunta?
    Qual relação do Brasil com os conceitos Globalização, Revolução Industrial e Capitalismo. Quando começou a relação do Brasil com os conceitos apontados; Como estes aparecem atualmente na realidade do brasileiro?

    Obrigada!

3 Respostas

  • Renato Neubert de Souza Renatorow

    Fernanda, para bem responder esta pergunta o ideal seria você ingressar em um curso superior de Ciências Contábeis, com ênfase em Economia Política. Tentar responder isso aqui é uma pretensão quase que descabida. Só para você COMEÇAR a compreender mais ou menos esclarecidamente todos os desdobramentos da Revolução Industrial e do Capitalismo, você poderia começar lendo a coleção O CAPITAL, de autoria de Karl Marx. Em mesmo tenho esta obra sob a forma de e-book e nunca a li por falta de coragem, em razão de seu tamanho.

    Já Globalização é conceito bem mais recente, surgido com o fracasso da proposta da ALCA e inclusa na proposta de nome Neoliberalismo Globalizado, que teve em terras tupiniquins um ardoroso defensor de nome Fernando Henrique Cardoso. O dicionário eletrônico Aulete Digital oferece estas definições para a palavra globalização:
    2 Econ. Pol. Soc. Processo que conduz a uma integração cada vez mais estreita das economias e das sociedades, esp. no que diz respeito à produção e troca de mercadorias e de informação: a globalização teve início na segunda metade do séc. XX.
    3 Econ. Contexto da economia mundial a partir do final do séc. XX, em que as empresas multinacionais podem operar simultaneamente em vários países segundo seus interesses de menores custos e vantagens fiscais.

    Introduzido no Brasil pelo FMI e Banco Mundial, então nossos credores, o Neoliberalismo Globalizado era acompanhado por um discurso de modernidade que pregava como premissa básica a desestatização da economia, que significava que o Estado não deveria se ocupar da geração de PIB. Todo e qualquer empresa ou empreendimento de propriedade do Estado deveria ser imediatamente privatizado. Fiel a esta proposta e discurso, e na falta de possíveis adquirentes privados de nossas estatais, construídas ao longo de décadas com recursos públicos, FHC e seu fiel escudeiro José Serra DOARAM patrimônio público em uma escala sem precedentes na história deste país, a pretexto de PRIVATIZAR. Nunca antes na história deste país (quem mesmo fala assim?...) se delapidou tanto patrimônio público em tão pouco tempo. Algumas estatais DOAMOS, outras PAGAMOS PARA DAR. O jornalista Elio Gaspari criou um neologismo caracterizando este processo: PRIVATARIZAÇÂO.

    Se este país fosse sério FHC & Serra já teriam sido fuzilados como traidores lesa pátria. Aqui não se fez sequer uma CPI. FHC entregou o país para o governo Lula com o salário mínimo a R$ 200,00, com o câmbio US$ 1,00 = R$ 3,65 e com a taxa de juros a 25% ao ano. Nada foi mais trágico para este país ao longo de seus pouco mais de 500 anos de história oficial do que o governo FHC.

  • Fábio Martins Fábiorow

    DIMENSÃO HUMANA E TOTALIDADE

    Qual dimensão humana é privilegiada na sociedade contemporânea?

    R- Em minha opinião é a dimensão Biológica, que fala naturalmente de tudo que se relaciona com o corpo das pessoas. Estamos inseridos em um contexto social capitalista, produzindo e consumindo muito onde as pessoas são exploradas e expostas através da mídia, que procura determinados padrões valorizando assim a dimensão corporal em detrimentos das demais, por outro lado se olharmos positivamente, sem dúvidas é por meio do corpo que o ser humano faz contato com outros seres, com o mundo e com Deus.

    Qual dimensão do ser humano é a sua área de formação mais privilegia?

    R- Sem dúvidas á psicológica, temos que ser solidários uns com os outros, pois não é possível viver e ser feliz sozinho. Há muito tempo não enxergamos que a cultura materialista gera a cada dia mais solidão e sofrimento, sendo que a única saída é o encontro verdadeiro com alguém que realmente nos preencha. Estamos numa situação humana de total debilidade afetiva e emocional, e acabamos por fazer o contrário de nossas reais necessidades. Quanto mais o ser humano busca sua realização pessoal, mais ele percebe que ela só acontece na medida em que se abre para outro, para o todo, para que todos tenham vida e paz em abundancia, como ensina Jesus Cristo.

    Quais os danos que a falta de totalidade na compreensão do ser humano pode causar?
    R- Os danos prováveis são: a falta de realização pessoal, desconhecimento do sentido de ser no mundo, falta de amadurecimento individual e a falta de concordância na conciliação entre a razão e a fé.

  • Renato Neubert de Souza Renatorow

    Fábio, sem querer me meter em respostas de outrem, mas não entendi que relação existe entre sua resposta e a questão proposta. Está certo de que respondeu a questão correta? Recordo vagamente que existem questões propostas que pedem respostas de Sociologia ou de Psicologia, onde este seu conteúdo teria muito maior possibilidade de ser a resposta esperada.