• Homem, cultura e sociedade

    Questão 1:

    Observe as seguintes proposições:

    I. As manifestações culturais portuguesas, as nações indígenas e os diferentes povos africanos produziram uma cultura extremamente sincrética.
    II. Três situações que influenciaram a identidade no Brasil: a chegada dos portugueses, o genocídio de povos indígenas e a chegada dos africanos escravos.
    III. A marca mais nítida no processo de formação cultural brasileira é a ausência da miscigenação em sua base.

    Assinale a alternativa precisamente correta.

    Alternativas:
    1 - Somente a proposição I está correta.
    2 - Somente a proposição II está correta.
    3 - As proposições I e II estão corretas
    4 - As proposições II e III estão corretas
    5 - As proposições I, II e III estão corretas.


    Questão 2:

    Sobre a formação de uma identidade nacional é interessante o exemplo do livro “O guarani” de José de Alencar. Neste romance os personagens Peri e Cecília representam o primeiro casal da nação brasílica. Peri, índio recém convertido ao cristianismo (1995, p. 268-279), e Cecília a portuguesa que assumiu os valores da nova terra (1995, p. 279-280). Outro aspecto importante na formação da nacionalidade presente na obra de Alencar trata-se da língua falada no Brasil. Embora o português fosse o idioma corrente, ele foi modificado pela natureza brasileira.

    Tendo em vista o fragmento acima e os conhecimentos sobre a formação da identidade nacional, assinale a alternativa correta.

    Alternativas:
    1 - A identidade nacional, no caso brasileiro, foi formada exclusivamente pela submissão dos índios e dos negros aos costumes europeus sem modificá-los.
    2 - As identidades nacionais são forjadas na construção coletiva de símbolos comuns, no cotidiano da sociedade.
    3 - As identidades nacionais são formadas exclusivamente pelas heranças dos povo nativos que estavam presentes antes da colonização do país.
    4 - As identidades nacionais é dada exclusivamente pela localidade em que o país está situado.
    5 - É muito difícil falar de identidade no Brasil, pois não há uma identidade brasileira.
    Questão 3:Preconceito - “Trata-se do conceito ou opinião formados antecipadamente, sem maior ponderação ou conhecimento dos fatos” (GOMES, 2008 p. 54).
    Assinale a alternativa que expressa algum tipo de preconceito

    Alternativas:
    1 - Biologicamente as raças são chamadas de subespécies e definidas como grupos de pessoas – ou animais – que são fisiológica e geneticamente distintos de outros grupos.
    2 - A genética descobriu que raça não existe abaixo da superfície cosmética que define a cor da pele, a textura do cabelo, o formato do crânio, do nariz e dos olhos.
    3 - A discriminação do diferente ou estrangeiro é tão antiga quanto a civilização.
    4 - Segundo Conde Gabineau não existe nenhuma família brasileira que não tenha sangue negro e índio nas veias; o resultado são compleições raquíticas que, se nem sempre repugnantes, são sempre desagradáveis aos olhos.
    5 - A sociedade brasileira é constituída por diferentes grupos étnico-raciais


    Questão 4:

    Assinale a alternativa que traz a melhor definição para a expressão “democracia racial”.

    Alternativas:
    1 - É a convivência harmônica entre as diferentes raças e culturas que leva a um modelo de igualdade racial.
    2 - É a crítica ao modelo de exploração dos portugueses que sempre considerou os negros como povos inferiores.
    3 - E a convivência entre pessoas de uma mesma região que possuem os mesmos caracteres externos e cultura.
    4 - É o embate de força entre as diferentes raças e culturas.
    5 - É a crítica que se fez às
    políticas afirmativas no Brasil.


    Questão 5:

    A Lei 10.639, de 9 de janeiro de 2003, inclui no currículo dos estabelecimentos de ensino fundamental e médio, oficial e particulares, a obrigatoriedade do ensino sobre História e Cultura Afro-Brasileira e determina que o conteúdo programático incluirá o estudo da História da África e dos africanos, a luta dos negros no Brasil, a cultura negra brasileira e o negro na formação da sociedade nacional, resgatando a contribuição do povo negro nas áreas social, econômica e política pertinentes à História do Brasil, além de instituir, no calendário escolar, o dia 20 de novembro como data comemorativa do “Dia da Consciência Negra”
    A referida lei representa um avanço não só para a educação nacional, mas também para a sociedade brasileira, porque:

    Alternativas:
    1 - legitima o ensino das ciências humanas nas escolas.
    2 - divulga conhecimentos para a população afro-brasileira.
    3 - reforça a concepção etnocêntrica sobre a África e sua cultura.
    4 - garante aos afrodescendentes a igualdade no acesso à educação.
    5 - impulsiona o reconhecimento da pluralidade étnico-racial do país.

7 Respostas

Responda a pergunta