Sistema de Controle Yokogawa VDS.pdf IFSP Automação IFSP Automação

Sistema de Controle Yokogawa VDS.pdf IFSP Automação IFSP Automação

(Parte 1 de 8)

Exercício de Controle Regulatório

Controle Regulatório CEFETSP UNED Cubatão Página 2 de 57 Prof Marcos Salazar Francisco

CEFETSP UNED Cubatão Controle Regulatório

Prof Marcos Salazar Francisco Página 3 de 57

1. INTRODUÇÃO AO EXERCÍCIO5
2. CONFIGURANDO O HARDWARE7
2.1. INICIANDO O RESOURCE CONFIGURATOR7
2.2. AJUSTANDO UM ENDEREÇO IP7
2.3. DEFINDO DEVICE LABELS8
3. LOGIC DESIGNER9
3.1. CRIANDO UMA APLICAÇÃO DE CONTROLE (CONTROL LOOP)10
3.1.1. Iniciando o Logic Designer10
3.1.2. Criando um novo projeto10
3.1.3. Especificando o “Target” da FCN/FCJ1
3.1.4. Definindo Device Label para as variáveis1
3.1.5. Criando um Programa12
3.1.6. Salvando um Projeto18
3.1.7. Determinando Valores para os Parâmetros de Engenharia18
3.1.8. Defindo variáveis para acesso à parâmetros de leitura e escrita21
3.2. CRIANDO UMA APLICAÇÃO DE CONTROLE (SEQUENCE)2
3.2.1. Adicionando uma “Worksheet” (planilha)2
3.2.2. Lendo parâmetros de acesso23
3.2.3. Escrevendo em Parâmetros de Acesso27
3.3. AJUSTANDO UMA “TASK”30
3.4. AJUSTE DO “SOFTWARE WIRING”31
3.4.1. Definindo “Software Wiring”31
3.4.2. Associando uma “task” ao “Software Wiring”32
3.4.3. Desconectando os sinais de “I/O”32
3.5. FAZENDO O “BUILDING” DO PROJETO3
3.6. FAZENDO O “DOWNLOAD” DE UM PROJETO34
3.7. INICIANDO UM PROJETO35
3.8. VERIFICANDO A APLICAÇÃO36
3.8.1. Alterando o “Logic Designer” para modo “Debug”36
3.8.2. Exibindo parâmetros de acesso37
3.8.3. Adicionando parâmetros de acesso de escrita e leitura no “Watch Window”37
3.8.4. Verificando a operação do “Loop” de controle38
3.8.5. Verificando o funcionamento do sequenciamento40
4. VISUALIZANDO NO VDS UM PROGRAMA PASPOU41
PROCEDIMENTO 1 – “OBJECT BUILDER”41
PROCEDIMENTO 2 – ESPECIFICAÇÃO DO ENDEREÇO DE IP42
PROCEDIMENTO 3 – MUDANDO O MODO PARA “DEBUGGING”42
PROCEDIMENTO 4 – “TUNING PANEL”43
PROCEDIMENTO 5 – VISUALIZANDO NO INTERNET EXPLORER4
PROCEDIMENTO 6 – “RAS PANEL”45
5. AUMENTANDO O PROGRAMA “PAS POU” NO “LOGIC DESIGNER”46
6. GRAPHICS BUILDER47
PROCEDIMENTO 1 – PREPARAÇÃO48
PROCEDIMENTO 2 – CRIAÇÃO DA JANELA GRÁFICA49
PROCEDIMENTO 3 – DESENHANDO UM QUADRADO50
PROCEDIMENTO 4 – CRIAÇÃO DO “PROCESS DATA CHARACTER”50
PROCEDIMENTO 5 – MODIFICADOR GRÁFICO51
PROCEDIMENTO 6 – DEFININDO OS FRONTAIS52
PROCEDIMENTO 7 – CRIANDO BOTÕES PARA CHAMAR OS GRÁFICOS53

Controle Regulatório CEFETSP UNED Cubatão

PROCEDIMENTO 9 – CRIANDO UM GRÁFICO DE TENDÊNCIA5
PROCEDIMENTO 10 – CRIANDO UMA JANELA DE MENSAGENS56
PROCEDIMENTO 1 – CRIANDO UMA JANELA DE HISTÓRICO56
PROCEDIMENTO 12 – “HMI DEPLOYMENT TOOL”57

CEFETSP UNED Cubatão Controle Regulatório

Prof Marcos Salazar Francisco Página 5 de 57

1. Introdução ao exercício

Iremos descrever agora a configuração do sistema e a aplicação que será criada neste procedimento. Os ítens necessários para o desenvolvimento desta tarefa são descritos abaixo:

• FCN ou FCJ (1 unidade) O exercício proposto assume que o hardware utilizado será uma FCJ. As licenças necessárias para executar a aplicação são: - Licença básica para FCN/FCJ

- Licença “PAS Portfolio”

• PC Os seguintes softwares devem ser instalados para o correto funcionamento da aplicação: - Resource Configurator

- Logic Designer

- VDS (utilizado para operação dos ítens criados)

• Network O exercício irá assumir o uso de uma rede Ethernet.

No exercício proposto iremos criar uma malha de controle como exibido abaixo:

A figura acima será representada como blocos de função, que serão implementados na área de construção, também comhecido como Logic Designer e ficarão modelados como na figura abaixo:

Controle Regulatório CEFETSP UNED Cubatão

Página 6 de 57 Prof Marcos Salazar Francisco

Dica: Se desejar, coloque um bloco tipo atraso de primeira ordem para simular um suposto tempo morto proveniente do campo.

• Controle Sequencial

Iremos construir um controle sequencial a funcionar de modo que o bloco

PID sempre mude para modo “MAN” quando um “flag” interno (SW1) estiver acionado e o bloco PID estiver em modo “AUT”. Veja figura abaixo:

CEFETSP UNED Cubatão Controle Regulatório

Prof Marcos Salazar Francisco Página 7 de 57

2. Configurando o Hardware

Antes de iniciarmos a aplicação, iremos descrever características de hardware e de configuração de rede de uma FCN/FCJ. Toda a operação que envolva hardware, seja de uma FCN ou de uma FCJ, esta deverá ser executada através de uma ferramenta conhecida como “Resource Configurator”.

2.1. Iniciando o Resource configurator

Duplo clique no ícone abaixo:

Se o ícone não estiver disponível na área de trabalho, siga o seguinte caminho:

2.2. Ajustando um endereço IP

1. Conecte um cabo de Ethernet na “Network Interface 1” da FCJ/FCN. 2. Energize o equipamento e pressione o botão “RESET”. 3. Quando os LEDs “HRDY” e “RDY” começarem a piscar, pressione o botão

“SHUT DOWN” durante uns 3 segundos. Isto fará com que todas as informações do equipamento sejam exibidas numa janela chamada “Setting IP Address”. 4. O piscar do LED irá diminuir e aparecerá uma mensagem “A new controller is connected.” na parte inferior da janela “Resource Configurator”. 5. Selecione “File – Setting IP Address”. 6. Ajuste o IP de acordo com a sua necessidade. Nesta tarefa, o IP proposto é “192.168.0.1” e subnet mask em “255.255.255.0”.

Controle Regulatório CEFETSP UNED Cubatão

Página 8 de 57 Prof Marcos Salazar Francisco

7. Ajuste o “time zone” e clique OK.

8. Após os dados terem sido escritos para o cartão do sistema, a janela

“Connect” irá surgir, clique em OK. À partir daí, é possível acessar o ambiente que possui a função de ajuste de entradas e saídas, analógicas e digitais, bem como configuração da rede “Foundation Fieldbus”. Vide a figura abaixo exibindo a janela “Connect”.

2.3. Defindo Device Labels

O “Device Label” é um rótulo dado às entradas e saídas do sistema. Assim, torna-se mais familiar a manipulação de variáveis de campo, sabendo-se o seu nome de projeto.

CEFETSP UNED Cubatão Controle Regulatório

Prof Marcos Salazar Francisco Página 9 de 57

1. Com o resource configurator em modo “tree” clique em “IOM”. 2. Duplo-clique em AI/AO. 3. Ajuste o device label (I_A_01) para “AI001”. 4. Ajuste o device label (O_A_07) para “AO001”. 5. Selecione File-Download 6. Quando aparecer uma janela de prompt, clique no OK.

3. Logic Designer

O Logic Designer é o ambiente responsável pela criação das aplicações de controle. Na figura abaixo é exibida a sequência padrão quando estamos desenvolvendo uma nova aplicação.

Controle Regulatório CEFETSP UNED Cubatão

Página 10 de 57 Prof Marcos Salazar Francisco

3.1. Criando uma aplicação de controle (Control Loop)

Conforme mencionado anteriormente, iremos agora executar a tarefa de criação de uma aplicação de controle.

3.1.1. Iniciando o Logic Designer

(Parte 1 de 8)

Comentários