Sistema respiratã?rio

Sistema respiratã?rio

1 SISTEMA RESPIRATÓRIO

I – INTRODUÇÃO: 1. Conceito: É um conjunto de órgãos responsáveis em promover a respiração externa. 2. Divisão:

2.1–Porção condutora:nariz ( nariz externo e cavidade ou fossas nasais)

, faringe, laringe, traquéia,brônquios e bronquíolos.

2.2–Porção respiratória:pulmões ( ductos alveolares ealvéolos) e pleura.

I–PORÇÃO CONDUTORA: 1. Nariz: 1.1–Conceito:parte inicial da porção respiratória.

1.2–Nariz externo:dorso, ápice, raiz e asas ( narinas e cartilagens)

1.3.1 – Vestíbulo. 1.3.2–Conchas nasaissuperior, média e inferior. 1.3.3–Meatos nasais superior, médio e inferior.

1.3.4–Septo nasal: a. Cartilagem septal. b.Lâmina perpendicular do osso vômer. c.Lâmina perpendicular do osso etmóide.

1.3.5–Coanas:orifícios de comunicação com nasofaringe. 1.3.6–Tipos de mucosas: a. Olfatória: concha nasal superior e septo nasal correspondente. b. Respiratória:conchas nasais média e inferior e septo nasal correspondente.

3 2. Seios Paranasais:

São cavidadesrevestidas por mucosaencontradas nos ossos da cabeça. Comunicam-secom a cavidadenasalecontém arno seu interior.

2.2–Tipos de Seios:

3.1 – Conceito: É um órgão tubular muscular,revestido por mucosa,situado após ascavidades nasal e bucal.

Funcionalmente pertence aos sistemas digestórioerespiratório.

3.2.1–Orofaringe: região situada posteriormente a cavidade bucal. 3.2.2–Nasofaringe: região situada posteriormente a cavidade nasal e tem comunicação com a média através das tubasauditivas. 3.2.3–Laringofaringe: região situada posterior a nasofaringe, inferior a orofaringe.

4 3.4–Músculos extrínsecos:São músculos que movimentam ou estabilizam a faringe durante a deglutição. 3.5–Músculos intrínsecos:fazem parte da estrutura dafaringe. 3.6 – Anel linfático: tonsilas faríngea, palatinas e linguais.

4.1 – Conceito: É a porção dotubo respiratório situado entre afaringe e a traquéia. Possui um esqueleto de cartilagem unido por membranas e movimentado por músculos.

4.2 – Esqueleto Cartilaginoso:

4.2.1–Ímpares:cricóide, epiglote e tireóide. 4.2.2–Pares: aritenóides, corniculadas e cuneiformes.

4.3–Ádito laríngeo: É a abertura de comunicação da faringe com a laringe.

4.4–Membranas e ligamentos:

4.5 – Músculos extrínsecos e intrínsecos:

5 4.6 – Cavidade Laríngica:

4.6.1–Vestíbulo: região acima das pregas vestibulares. 4.6.2–Regiãoglótica: região entre as pregas vestibulares e vocais.

a. Pregas vestibulares ( rima vestibular) b. Pregas vocais ( rima vocal)

. c.Ventrículos: recessos laterais da glote. d. Glote: espaço entre as pregas vocais. 4.6.3–Infraglote:região inferior às pregas vocais.

5. Traquéia:

5.1 – Conceito: É a porção do tubo respiratórioque contémumasérie de anéis cartilaginososflexíveiseunidospor tecido conjuntivo fibroso.Ligaa laringe aos brônquios.

5.3.1 - Anel traqueal. 5.3.2 - Músculo traqueal. 5.3.3 - Ligamento anular.

5.3 – Carina: É uma crista interna no ponto de bifurcação da traquéia, onde se localizam receptores de pressão, que acusam a presençade corpos estranhos.

6.1 – Conceito: São estruturas tubulares surgidas da bifurcação da traquéia formada por umasérie de anéis cartilaginosos.

6.2.1–Brônquios principais direito e esquerdo ( destinados aos pulmões)

6.2.2 – Brônquios lobares ( destinados aos lobos dos pulmões)

6.2.3–Brônquios segmentares ( destinados aos segmentos pulmonares)

São órgãostubulares,que dão continuidade aos brônquios segmentares.

7.1.1 – Bronquíolos terminais. 7.1.2 – Bronquíolos respiratórios.

I – PORÇÃO RESPIRATÓRIA: 1. Pulmões:

É um órgão em formadecone truncado,cuja base está voltada para o diafragma e o ápice para abertura superior do tórax. Possui grande elasticidade. Onde ocorre a respiração externa.

1.2 – Elementos descritivos:

1.2.1 – Base. 1.2.2 – Ápice. 1.2.3–Faces: costal, mediastínicae diafragmática. 1.2.4 – Lobos: a.Pulmão direito:superior, médio e inferior. b.Pulmão esquerdo:superior e inferior. 1.2.5 – Fissuras: a.Pulmão direito:horizontal e oblíqua. b. Pulmão esquerdo: oblíqua.

1.2.6 – Hilo pulmonar.

8 1.3 – Segmentação pulmonar:

É a divisão dos lobos pulmonares em áreas. Estas são delimitadas pela irrigação provenientede um ramo arterial brônquicoe pela ventilaçãode umbrônquio segmentar.

2.1–Conceito:éa serosa que reveste internamente a cavidade torácica e externamente os pulmões.

2.2.1 – Lâmina parietal: a. Cúpula pleural. b. Pleura costal. c. Pleura diafragmática. d. Pleura mediastínica. 2.2.2 – Lâmina visceral. 2.2.3 – Líquido pleural. 2.2.4–Cavidade pleural e seus recessos: a. Recesso costodiafragmático. b. Recesso costomediastinal. c. Recesso retro-esofágico.

1. Condicionamento do ar: 1.1 – Filtração. 1.2 – Aquecimento. 1.3 – Umedecimento.

2. Movimentos da caixa torácica:

2.1–Alça de balde( ação das costelas)

. 3. Contração do diafragma. 4. Ação da prensa abdominal:diafragma +músculos anterolaterais do abdome + diafragma pélvico.

10 V – APLICAÇÕES PRÁTICAS:

1. Trígono da ausculta. 2. Anel linfático. 3. Passagem de cateternasal. 4. Tosse. 5. Espirro.

1. Como se divide o sistema respiratório? 2. Quais os órgãos que compõem cada partedesta divisão? 3. Cite as estruturas que compõem o nariz externo. 4. Quaisestruturassão encontradas dentro da cavidade nasal? 5. O que são seios paranasais? 6. Cite os seios paranasais e o local de comunicação com a cavidade nasal. 7. Cite as cartilagens pares e ímpares da laringe. 8. Cite as partes da cavidadelaríngea. 9. Como se estrutura atraquéia? 10. O que éCarinae qual a suaimportância? 1. Cite os tipos de brônquios que você estudou. 12. Cite os tipos de bronquíolos. 13. Faça um esquema dos elementos descritivos dos pulmões direito e esquerdo. 14. Cite os fatores que condicionam a mecânicarespiratória.

Comentários