Transporte pallets

Transporte pallets

(Parte 1 de 3)

Este sistema de transporte busca a combinação ideal entre a eficiência dos transelevadores e os processos de entrada, expedição e manipulação das unidades de carga. Trata-se de um conjunto de elementos dedicados ao traslado, acumulação e/ou distribuição da mercadoria para as posições específicas requeridas pela operação de logística.

Elementos de transporte

Transportador de roletes Transportador de corrente Transferência mista de roletes e correntes

Transportador (de roletes ou correntes) giratório

Transportador de correntes de entrada e saída do armazém

Controle de gabarito Elevador para pallets Área de controle Transportador elevador de roletes Transportador para meio pallet Carro transportador (lançadeira) Transportador de roletes a cota 0 Sistema de carga e descarga automática de caminhões Empilhador/Desempilhador de pallets Despaletizador por camadas Eletrovias

38Pallets transportadores

Transportadores de roletes Transportadores de correntes

Transferência mista de roletes e correntes

Transportadores giratórios

Transportador de correntes de entrada e saída do armazém

Controle de gabarito Elevador de pallets Sala de controle

Mecalux dispõe de uma ampla gama de elementos vinculados ao transporte de unidades de carga. Procurou-se obter a máxima padronização das medidas e componentes com o objetivo de facilitar a produção, montagem e a futura colocação em operação. Tudo isto resulta em uma redução dos prazos de entrega e dos custos de instalação.

39www.mecalux.com.br

Transportador de Pallets

Transportador de roletes

Permite a movimentação dos pallets no sentido longitudinal dos patins.

É o elemento mais comum nos sistemas de transporte interno de pallets devido a sua simplicidade e à variedade de medidas, o que lhe permite cobrir grandes distâncias.

Pode incluir um sistema de roletes embreados que, com a ajuda de um único motor, facilita a acumulação de vários pallets, reduzindo assim custos de material e de manutenção.

Seu projeto robusto proporciona grande confiabilidade em todos os ambientes de trabalho. As condições ambientais descritas na tabela de dados técnicos são as admitidas pelo modelo standard, mas podem ser ampliadas com a instalação das proteções adequadas.

DADOS TÉCNICOS / Transportador de roletes

Bases de transporteEuro-pallets e Pallets PBR 800/1.0 m Peso da unidade de carga máx. 1.500 kg Longitudes padrão1.340/2.676/3.010 m Velocidade de transporte Fixa 10 m/min - Variável 20 m/min Alturas padrão de transporte600/900 m Condições ambientais–30 ºC a +40 ºC Freio Opcional

40Pallets transportadores

Transportador de correntes (TC)

Transportador de pallets para movimentação no sentido transversal aos patins. É o complemento perfeito do transportador de roletes já que a união de ambos permite realizar giros de 90º ou 180º, facilitando a criação de recirculações e de circuitos de transporte, úteis para certas necessidades. Pode ter 2 ou 3 ramais de correntes, em função das características da carga.

As condições ambientais descritas na ficha de dados técnicos são as aceitas pelo modelo padrão, mas é possível ampliá-las com a instalação das proteções adequadas.

Transferência mista de roletes e correntes (TM)

Mudança de direção a 90º no avanço das unidades de carga com entrada no transportador de roletes e saída no de correntes, ou vice versa. Para realizar esta operação, é necessária a combinação de um transportador de roletes fixo na bancada e um transportador de correntes sobre um bastidor de elevação excêntrica.

A união de ambos os componentes em um único elemento, configura a opção mais adequada para evitar as mudanças de direção.

DADOS TÉCNICOS / Transportador de correntes

Bases de transporte Euro-pallets e Pallets PBR 800/1.0 m Peso da unidade de carga máx.1.500 kg Longitudes padrão 1.300/2.0/2.700 m Velocidade de transporteFixa 10 m/min - Variável 20 m/min Alturas padrão de transporte 650/950 m Condições ambientais –30 ºC a +40 ºC Freio Opcional

DADOS TÉCNICOS / Transferência mista

Bases de transporte Euro-pallets e Pallets PBR 800/1.0 m Peso da unidade de carga máx. 1.500 kg Longitude no lado dos roletes1.385 m Velocidade de transporteFixa 10 m/min - Variável 20 m/min Alturas de transporte (correntes)650/950 m Largura do transportador (no lado das correntes) 1.250/1.450 m Condições ambientais–30 ºC a +40 ºC

41www.mecalux.com.br

Transportador de Pallets

Transportador (roletes ou correntes) giratório (TG)

Transportador de roletes ou correntes com capacidade de giro, que permite transferir as unidades de carga entre transportadores não alinhados.

O transportador de roletes ou correntes giratório possibilita direcionar o pallet a qualquer ângulo com relação à direção de entrada.

Bases de transporte Euro-pallets e Pallets PBR 800/1.0 m

DADOS TÉCNICOS / Transportador giratório Peso da unidade de carga máx. 1.500 kg Longitude 1.329 m Diâmetro da escora aprox.1.900 m Velocidade de transporte Fixa 10 m/min - Variável 20 m/min Alturas de transporte Roletes: 600/900 m - Correntes: 650/950 m Largura do transportador 960/1.160 m Tempo de giro mínimo a 90º4 s Giro máximo180º Condições ambientais –30 ºC a +40 ºC

42Pallets transportadores

Transportador de corrente de entrada e saída para o armazém

Como regra geral, o pallet sempre recebe o garfo do transelevador por seu lado mais estreito para sua colocação no interior do armazém automático. A fim de otimizar a capacidade da instalação, é necessário posicionar transportadores de correntes nas entradas e saídas dos corredores do armazém.

É semelhante ao transportador de correntes descrito anteriormente, mas sua longitude e número podem variar em função das necessidades de acumulação.

Posto de inspeção de entradas (PIE)

O posto de inspeção de entradas é um equipamento de controle do sistema de transporte, cuja missão é comprovar que as dimensões das unidades de carga nas entradas cumprem com as especificações da instalação. Ao ser o primeiro controle da unidade de carga e base, se inclui um leitor de etiquetas de códigos de barras, para identificação do produto e seu posterior registro no sistema SGA.

Para garantir seu correto transporte e posterior armazenagem, se instalam dois dispositivos de controle do estado e qualidade da base de transporte. Um controla os vãos por onde entrarão os garfos do transelevador e o outro os patins de apoio na estante.

As verificações que devem ser realizadas são:

Controle de “sobre carga” da carga. Controle de largura da carga. Controle de alturas diferentes. Controle de excesso de peso.

Em caso de falha de algum dos controles mencionados, se rejeita a unidade de carga.

43www.mecalux.com.br

(Parte 1 de 3)

Comentários