aula protistas

aula protistas

(Parte 1 de 3)

Reino Protista (= Protoctista)

Protistas Caracterização e diversidade

•Termo “protozoa” antigo filo que reunia organismos eucarióticos unicelulares e heterotróficos não monofilético

•Reino Protista ou Protoctista “protozoários” + grupos autotróficos não monofilético

Protistas Caracterização e diversidade

•O que define o grupo dos “protistas”?

“Eucariotos que não apresentam o nível tecidual de organização visto nas plantas, animais e fungos” (Brusca & Brusca, 2007)

Protistas Caracterização e diversidade

•Grande diversidade morfológica, funcional e ecológica (sobrevivência)

•Todas as funções vitais são realizadas pelo conjunto de organelas celulares

•A maioria é unicelular Dinoflagelado Ciliados

Protistas caracterização e diversidade

•Muitos filos de protistas incluem espécies coloniais

•Algumas espécies são

multicelulares sem tecidos

•Não há formação de folhetos embrionários

Protistas Caracterização e diversidade

•Tamanhos em geral entre 2m e 200m •Alguns macroscópicos (ex.: foraminíferos)

Protistas Caracterização e diversidade

•Diversidade de ambientes marinhos, dulcícolas, terrestres e simbiontes

•Simbiontes incluem causadores de doenças (ex.: Trypanossoma spp.)

Protistas Histórico e classificação

•Antony van Leeuwenhoek, 1675

“Meus excrementos sendo tão finos, fui diversas vezes persuadido a examiná-los; e a cada vez recordei que tipo de alimento havia comido, que tipo de comida havia bebido, e o que encontrei depois. Algumas vezes encontrei animálculos curiosamente moveis…” (4/1/1681)

Protistas Histórico e classificação

•Por cerca de 200 anos, formas de vida microscópicas foram denominados de vários modos. Ex.: Infusoria

•Goldfuss (1818) utilizou Protozoon para um subgrupo dentro de Zoophyta

•Siebold (1845) restringiu a aplicação do termo a todas formas unicelulares da vida animal

•Ernst Haeckel uniu algas e protozoários em um único grupo –Protista

Protistas Histórico e classificação

•Até as duas últimas décadas do século X a classificação teve como base os modos de nutrição e de locomoção

Movimentos por flagelo (Mastigophora)

Movimentos por cílios (Ciliophora)

Movimentos por pseudópodes (Sarcodina)

• Ou Flagelados heterotróficos (Zoomastigophorea)

Flagelados autotróficos (Phytomastigophorea)

Protistas Histórico e classificação

•A classificação apresentada anteriormente reflete papéis ecológicos, não proximidade evolutiva

Várias características presentes em mais de um reino (ex.: flagelos e cílios) simplesiomorfias

•Propostas modernas de classificação até mais de 30 filos

•Base mitocôndrias, cloroplastos, cinetossomo, núcleos, tipos de mitose, RNA ribossomal, etc.

Protistas Classificação

•Proposta “conservadora” 17 filos (Brusca & Brusca, 2007)

– Ciliophora (ciliados) –Apicomplexa

–Rizhopoda (amebas)

– Zoomastigota (zooflagelados)

–Actinopoda (heliozoários e radiolários)

– Granuloreticulosa (foraminíferos)

–Dinomastigota

–Discomitochondria (inclui as euglenas)

(Parte 1 de 3)

Comentários