VIDA

  • Texto de Charles Chaplin

“Já perdoei erros quase imperdoáveis,

  • “Já perdoei erros quase imperdoáveis,

  • tentei substituir pessoas insubstituíveis

  • e

  • esquecer pessoas inesquecíveis”.

Já fiz coisas por impulso,

  • Já fiz coisas por impulso,

  • Já me decepcionei com pessoas

  • quando nunca pensei me decepcionar,

  • mas também decepcionei alguém.    

Já abracei pra proteger,

  • Já abracei pra proteger,

Já dei risada quando não podia,

  • Já dei risada quando não podia,

Já fiz amigos eternos,

  • Já fiz amigos eternos,

Já gritei e pulei

  • Já gritei e pulei

  • de tanta felicidade,

  • já vivi de amor

  • e fiz juras eternas, 

  • mas "quebrei a cara"

  • muitas vezes!

Já chorei ouvindo música e vendo fotos,

  • Já chorei ouvindo música e vendo fotos,

Já liguei só pra escutar uma voz,

  • Já liguei só pra escutar uma voz,

  • Já me apaixonei por um sorriso,

E ainda vivo!

  • E ainda vivo!

  • Não passo pela vida...

  • e você também não deveria passar. Viva!!!

Bom mesmo é ir a luta com determinação,

  • Bom mesmo é ir a luta com determinação,

  • abraçar a vida e viver com paixão,

  • perder com classe e vencer com ousadia,

  • porque o mundo pertence a quem se atreve

  • e

  • A VIDA É MUITO

  • para ser insignificante"

  • Chaplin

Comentários