Reações à doença e àhospitalização

Reações à doença e àhospitalização

(Parte 4 de 6)

Uso de recursos adaptativos frente ao estresse, ou Uso de recursos adaptativos frente ao estresse, ou seja, alternativas utilizadas pelo sujeito para lidar seja, alternativas utilizadas pelo sujeito para lidar com situa com situaçç ões estressantes, dif ões estressantes, difíí ceis, angustiantes ceis, angustiantes

Processo cognitivo e/ou comportamental que o indivíduo utiliza para enfrentar uma agressão do meio, ou diminuir seu impacto sobre seu be m- estar

-orientado para o problema

Inform a Inform açç ões ões

Id Idéé ias com m ias com méé dicos dicos e amigos e amigos

Grupos de auto Grupos de auto-- ajuda ajuda

--orientado para a emoção

+ Mecanismos de defesa

•Necessidade de apoio

•Desesperança, desamparo e depre ssão psicológico e suporte social

Busca reassumir Busca reassumir o controle o controle

Busca reduzir o Busca reduzir o impacto impacto e mocional e mocional

Objetivo Objetivo:: adapta adaptaçç ão a circunstâncias ão a circunstâncias sentidas como adversas e estressoras; sentidas como adversas e estressoras; importantes para reduzir os efeitos negativos importantes para reduzir os efeitos negativos destes eventos destes eventos

Processo Processo mo mentâneo mo mentâneo == diferen diferençç as ao as ao longo do desenvolvimento e das diferentes longo do desenvolvimento e das diferentes situa situaçç ões ões

Deve Deve-- se avaliar como o fenômeno estressor se avaliar como o fenômeno estressor é percebido, interpretado e cognitivamente percebido, interpretado e cognitivamente representado pelo indiv representado pelo indivíí duo duo

COPING(Estratégias de enfrentamento)

Avalia Avaliaçç ão: ão:

1.Dividir o total de pontos dos itens de cada bloco pelo número de itens e avaliar o que predomina

Busca de prática religiosa/ pensamento fantasioso-F3(itens: 6, 8, 21, 26, 27, 41, 4)

2.LEMBRE-SEnão hácerto ou errado! coping coping== resposta ao estresse (comportamental ou resposta ao estresse (comportamental ou cognitiva) com a finalidade de reduzir as suas cognitiva) com a finalidade de reduzir as suas qualidades aversivas qualidades aversivas

Estressor Estressor

Percep Percepçç ão do estresse ão do estresse

Mecanismos de defesa Mecanismos de defesa

Esfor Esforçç os conscientes os conscientes

Rea Reaçç ão ao estresse ão ao estresse

Mecanis mos inconscientes Mecanis mos inconscientes

Doen Doençç as Crônicas as Crônicas

3 componentes principais 3 componentes principais :

No Noçç ão de doen ão de doençça a

Id Idéé ia de cura / melhora ia de cura / melhora

Lugar do m Lugar do méé dico no imagin dico no imagináá rio rio

Adesão ao tratamento

PROCESSO de aceita PROCESSO de aceitaçç ão do car ão do caráá ter ter crônico da enfermidade crônico da enfermidade

Concep Concepçç ões errôneas ões errôneas

Incompreensão das instru Incompreensão das instruçç ões ões

Sem capacidades ou recursos Sem capacidades ou recursos

Julga Julga-- se incapaz se incapaz

Duvida do tratamento Duvida do tratamento

Acredita que benef Acredita que benefíí cios não valem os esfor cios não valem os esforçç os os

Impaciente com demora Impaciente com demora

Outras prioridades que o preocupam Outras prioridades que o preocupam

1. Paciente

Esquemas complexos Esquemas complexos

Custo Custo

Efeitos indesej Efeitos indesejáá veis veis

Resultados a longo prazo Resultados a longo prazo

Exige demais do paciente Exige demais do paciente

Qualidade de vida Qualidade de vida

2. Tratamento

3. Doença

4. Instituição

(Parte 4 de 6)

Comentários