(Parte 3 de 5)

Produção Mecânica12

Cap.3 –Métodos de Depreciação de Ativos

Exemplo 3.1 -Impacto da Depreciação de Equipamento Adquirido por R$ 1.0,0

Prof. Amaral, M.Eng.

Engenharia Econômica Engenharia de

Produção Mecânica13

Cap.3 –Métodos de Depreciação de Ativos

Exemplo 3.1 -Impacto da Depreciação de Equipamento Adquirido por R$ 1.0,0

Prof. Amaral, M.Eng.

Engenharia Econômica Engenharia de

Produção Mecânica14

Cap.3 –Métodos de Depreciação de Ativos

Exemplo 3.1 -Impacto da Depreciação de Equipamento Adquirido por R$ 1.0,0

Prof. Amaral, M.Eng.

Engenharia Econômica Engenharia de

Produção Mecânica15

Cap.3 –Métodos de Depreciação de Ativos

Exemplo 3.1 -Impacto da Depreciação de Equipamento Adquirido por R$ 1.0,0

Prof. Amaral, M.Eng.

Engenharia Econômica Engenharia de

Produção Mecânica16

Cap.3 –Métodos de Depreciação de Ativos

Exemplo 3.1 -Impacto da Depreciação de Equipamento Adquirido por R$ 1.0,0

Prof. Amaral, M.Eng.

Engenharia Econômica Engenharia de

Produção Mecânica17

Cap.3 –Métodos de Depreciação de Ativos

Exemplo 3.1 -Impacto da Depreciação de Equipamento Adquirido por R$ 1.0,0

Prof. Amaral, M.Eng.

Engenharia Econômica Engenharia de

Produção Mecânica18

Cap.3 –Métodos de Depreciação de Ativos

Uma firma A que compre um equipamento usado de uma firma B iniciará o processo de depreciação sobre este equipamento (baseando-se no valor da transação), mesmo que este equipamento já tenha sido totalmente depreciado na contabilidade da firma B. Vemos, pois, como podem surgir vantagens para firmas de um mesmo grupo, mas que sejam pessoas jurídicas independentes, ao transacionarem equipamentos usados entre sí.

Se o bem for vendido, o resultado contábil da baixa (lucro ou prejuízo) será a diferença entre seu valor pelo qual o bem for vendido e seu valor contábil, que por sua vez é o custo original menos a depreciação acumulada.

Se o seu valor contábil for nulo, no caso de já estar totalmente depreciado, o valor da venda será o lucro da transação.

Se o bem for baixado por motivo da cessação de utilidade (obsolescência, danos irreparáveis, etc), e ainda tiver valor contábil, este será o valor da perda que irá para a demonstração de resultados.

Prof. Amaral, M.Eng.

Engenharia Econômica Engenharia de

Produção Mecânica19

Cap.3 –Métodos de Depreciação de Ativos

3.1.6 –Tempo de vida útil

O tempo de vida útil de um bem será determinado em função do prazo durante o qual é possível a sua utilização econômica (e a produção de seus rendimentos).

Há vários métodos de depreciação, entre os quais, cumpre mencionar:

3.2 –Métodos de Depreciação

Método Linear

Soma dos Dígitos

Método Exponencial Máquinas/hora

Método mais utilizadono Brasil

Representam melhor

Prof. Amaral, M.Eng.

(Parte 3 de 5)

Comentários