(Parte 1 de 19)

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE PATOS DE MINAS – UNIPAM

FACULDADE DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS – FACIAGRA

CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL

TOPOGRAFIA BÁSICA

(Notas de aula)

Prof. ANTONIO TELES

2010

TOPOGRAFIA BÁSICA - teórica 01

Literatura:

01 - Topografia: planimetria

José A. Comastri

02 - Topografia: altimetria

José A. Comastri, José C. Tuler

03 – Notas de aulas

Avaliação:

Prova 1 -

Trabalho Prático -

INTRODUÇÃO:

Para a execução dos trabalhos de engenharia, torna-se necessário conhecer as características da superfície do terreno tais como elevações, depressões, posição dos acidentes, bem como o contorno do terreno. Isso levou o homem a utilizar a Topografia.

CONCEITO:

A Topografia consiste em representar, em projeção horizontal, as dimensões, o contorno e a posição relativa de uma parte da superfície terrestre, apresentando a sua área e posição altimétrica.

APLICAÇÕES:

Os conhecimentos da topografia poderão ser utilizados nas mais diversas áreas, como por exemplo:

Engenharia Civil – Locação de obras, projeto geométrico de estradas;

Agronomia - Planejamento agropecuário, conservação de solos;

Arquitetura - Planejamento de obras, planejamento paisagístico, de parques;

Engenharia Ambiental – Planejamento de sistemas de esgoto, drenagem;

Engenharia Florestal - Planejamento florestal, inventário;

Zootecnia - Avaliação e divisão de áreas de pastagem.

OBJETIVO:

Planta topográfica - corresponde ao desenho do terreno

Esquema de uma planta:

NM

Limites da

propriedade

10

Curva de

nível

20

30

Convenções

Identificação

ESCALA 1::n

Levantamento Topográfico

É um conjunto de operações realizadas no campo e escritório, utilizando processos e instrumentos adequados para a obtenção de todos os elementos necessários à representação geométrica de uma parte da superfície terrestre.

Campo: medição de ângulos e de distâncias

Escritório: preparo dos dados obtidos para a confecção da planta

Tipos de Levantamento:

* Planimétrico

* Altimétrico

* Plani-altimétrico

TOPOGRAFIA BÁSICA - teórica 02

Sistemas de Coordenadas

Os sistemas de coordenadas são necessários para expressar a posição de pontos sobre uma superfície, seja ela um elipsóide, esfera ou um plano. Para o plano, um sistema de coordenadas cartesianas X e Y é usualmente empregado. Para a esfera terrestre usualmente empregamos um sistema de coordenadas cartesiano e curvilíneo representado pelos Meridianos e Paralelos.

* Meridianos: São planos que passam pelo eixo da terra e interceptam sua superfície segundo um círculo, supondo-a esférica. O meridiano de origem é o de Greenwich (0o).

* Paralelos: São planos perpendiculares ao eixo terrestre. O paralelo de origem é o equador terrestre.

Os planos meridianos definem a longitude e os paralelos a latitude.

Coordenadas de Viçosa : Latitude: 20o 45’ S

Longitude: 42o 52’W

Altitude: 650 m (pelo fato de a superfície ser irregular)

Plano Topográfico - Em Topografia, como as áreas são relativamente pequenas as projeções dos pontos são feitas no plano topográfico. O plano topográfico é um plano horizontal tangente à superfície terrestre, num ponto que esteja situado dentro da área a ser levantada.

Ao substituir a forma da terra, considerada esférica, pelo plano topográfico comete-se um erro denominado “erro de esfericidade”.

Plano Topográfico

(Parte 1 de 19)

Comentários