introdução a bcteriologia

introdução a bcteriologia

INTRODUÇÃO À BACTERIOLOGIA

  • MORFOLOGIA E ESTRUTURA

MORFOLOGIA

PLANO DE DIVISÃO ARRANJO CELULAR

PLANO DE DIVISÃO ARRANJO CELULAR

PLANO DE DIVISÃO ARRANJO CELULAR

PLANO DE DIVISÃO ARRANJO CELULAR

COCOS

COCOS

COCOS

BACILOS

Espiroqueta

VIBRIÃO

ESTRUTURAS BACTERIANAS

  • ESSENCIAIS

    • Parede celular
    • Membrana citoplasmática
    • Citoplasma
    • Ribossomos
    • Nucleóide

CÉLULA BACTERIANA

COLORAÇÃO DE GRAM

  • 1884 – Christian Gram

  • Divide a maioria das bactérias em

    • Gram positivas – roxo
    • Gram negativas – vermelho
  • Cristal violeta, Lugol, Alcool-acetona e Fucsina

COLORAÇÃO DE GRAM

PAREDE CELULAR GRAM POSITIVA

PAREDE CELULAR GRAM NEGATIVA

PAREDE CELULAR GRAM NEGATIVA-LPS

PAREDE CELULAR

PAREDE BACTERIANA Manutenção da forma

  • COMPLEXA- mureína, mucopeptídeo, mucocomplexo, peptidioglicano ou glicopeptideo

  • Peptidioglicano

    • Ácido N-acetilglicosamina (NAG)
    • Ácido N-acetilmurânico (NAM)
    • CLT - D-aa (D-glutamato, L-alanina, D-alanina, outros)
    • BGP – 90% da composição da parede
      • 20 ou mais camadas
    • BGN-10% da composição
      • Uma camada

COMPOSIÇÃO QUÍMICA PEPTIDEOGLICANA

COMPOSIÇÃO QUÍMICA BGP ÁCIDOS TEICÓICOS

  • COMPOSIÇÃO

    • polímeros de ribitol ou glicerol unidos por ligações fosfodiéster
  • Propriedades:

    • regulam a entrada e a saída de cátions
    • regulam a atividade das autolisinas
    • atuam como receptores de fagos
    • atuam como fortes adesinas
    • atuam como antígenos de superfície

FLAGELOS

  • Estruturas de motilidade bacteriana

  • Constituído: subunidades de uma única proteína - a flagelina que forma uma longa estrutura filamentosa

  • Estende-se para fora da célula e funciona como elemennto propulsor

  • O filamento flagelar é um tubo fino, helicoidal, de tamanho variável, medindo entre 15 e 20 µm (até dez vezes o tamanho da bactéria).

ESTRUTURA FLAGELAR

ARRANJOS FLAGELARES

  • Flagelo monotríquio - um único flagelo polar;

  • Flagelos anfitríquios - dois flagelos polares, um em cada extremidade da célula;

  • Flagelos lofotríquios - um tufo de flagelos polares em uma das extremidades da célula;

  • Flagelos anfilofotríquios - um tufo de flagelos polares em cada extremidade da célula e

  • Flagelos peritríquios - flagelos distribuídos em pontos aleatórios por toda a superfície celular.

ARRANJOS FLAGELARES

  • Quimiotaxia

    • Estimulo quimico
  • Fototaxia

    • Estimulo de luz

FIMBRIAS

  • Filamentos protéicos, delgados, flexíveis

  • Se projetam da superfície da bactéria

  • Função: adesão do microrganismo à superfície das células de um tecido particular do hospedeiro eucariótico permitindo sua colonização.

FÍMBRIAS

PILLUS F

CÁPSULA/GLICOCÁLICE/CAMADA S revestimento de açúcar

  • Substâncias poliméricas extracelulares

  • Cápsula - camada externa à parede celular, estrutura definida

    • Material viscoso, fortemente associado à superfície celular, geralmente- polissacarídica e raramente protéica.
  • Glicocálice - camada limosa amorfa

  • Camada S-

    • Proteínas ou glicoproteínas
    • Reveste as bactérias sem peptidioglicano verdadeiro

CÁPSULA/GLICOCÁLICE/CS

  • FUNÇÃO:

    • Reservatório de água e nutrientes
    • Aumento da capacidade invasiva - antifagocitose
    • Aderência
      • receptores (sítio de ligação) biofilme
      • Aumento do poder infectante
    • Aumento da resistência microbina à biocida

CÁPSULA/GLICOCÁLICE/CS

MEMBRANA PLASMÁTICA

  • Estrutura delgada - 8 nm

  • Seletiva - específica

  • Composição:

    • 60% Proteínas
    • 40%bicamafosfolipídica
    • Ácidos graxos são responsáveis pela porção hidrofóbica (interna)
    • Não apresenta esteróis (células eucariótica)
    • Transporte ativo e facilitado– proteína de transporte
      • Uniport-uma substância
      • Simport ou antipor – duas substâncias
      • Translocação de grupo – alteração química da molécula
      • Acúmulo de solutos na concentração necessária

MEMBRANA PLASMÁTICA

  • Região hidrofilica

  • Região hidrofóbica

MESOSSOMOS

NUCLEÓIDE - DNA/PLASMÍDEO

PLASMÍDIOS

INCLUSÕE

RIBOSSOMOS

ENDÓSPORO

  • Estruturas formadas por algumas bactérias – Clostridium e Bacillus

  • Falta de nutriente e água

ENDÓSPORO

Comentários