Humidade em edifícios

Humidade em edifícios

(Parte 1 de 6)

Vasco Peixoto de Freitas –Pedro Filipe GonçalvesOutubro 2003 -1

Vasco Peixoto de Freitas Pedro Filipe Gonçalves

Vasco Peixoto de Freitas –Pedro Filipe GonçalvesOutubro 2003 -2

Vasco Peixoto de Freitas –Pedro Filipe GonçalvesOutubro 2003 -3

Vasco Peixoto de Freitas –Pedro Filipe GonçalvesOutubro 2003 -4 INTRODUÇÃO

Vasco Peixoto de Freitas –Pedro Filipe GonçalvesOutubro 2003 -5

A transferência de humidade em paredes éde grande importância, sobretudo em edifícios históricos

Devido àcomplexidade do problema éextremamente difícil apresentar explicações científicas para as diversas formas de humidade ascensional

Vasco Peixoto de Freitas –Pedro Filipe GonçalvesOutubro 2003 -6

Vasco Peixoto de Freitas –Pedro Filipe GonçalvesOutubro 2003 -7

Vasco Peixoto de Freitas –Pedro Filipe GonçalvesOutubro 2003 -8

Igreja Matriz de Caminha –Caminha

Vasco Peixoto de Freitas –Pedro Filipe GonçalvesOutubro 2003 -9

Igreja Matriz de Caminha –Caminha

Vasco Peixoto de Freitas –Pedro Filipe GonçalvesOutubro 2003 -10

Igreja Matriz de Caminha –Caminha

Vasco Peixoto de Freitas –Pedro Filipe GonçalvesOutubro 2003 -1

Igreja de Vilar de Frades –Areias de Vilar

Vasco Peixoto de Freitas –Pedro Filipe GonçalvesOutubro 2003 -12

Igreja de Vilar de Frades –Areias de Vilar

Vasco Peixoto de Freitas –Pedro Filipe GonçalvesOutubro 2003 -13

Igreja de Vilar de Frades –Areias de Vilar

Vasco Peixoto de Freitas –Pedro Filipe GonçalvesOutubro 2003 -14

Igreja Paroquial de Ferreirim–Ferreirim

Vasco Peixoto de Freitas –Pedro Filipe GonçalvesOutubro 2003 -15

Igreja Paroquial de Ferreirim–Ferreirim

Vasco Peixoto de Freitas –Pedro Filipe GonçalvesOutubro 2003 -16

Vasco Peixoto de Freitas –Pedro Filipe GonçalvesOutubro 2003 -17

Formas de humidificação de paredes em contacto com o terreno Águas FreáticasÁguas Superficiais

Vasco Peixoto de Freitas –Pedro Filipe GonçalvesOutubro 2003 -18

Influência da colocação de revestimentos impermeáveis

Vasco Peixoto de Freitas –Pedro Filipe GonçalvesOutubro 2003 -19

Vasco Peixoto de Freitas –Pedro Filipe GonçalvesOutubro 2003 -20

Variação da humidade relativa

Igreja de Vilar de Frades

Vasco Peixoto de Freitas –Pedro Filipe GonçalvesOutubro 2003 -21

Vasco Peixoto de Freitas –Pedro Filipe GonçalvesOutubro 2003 -2

EXIGÊNCIAS DE CONCEPÇÃO Edifícios novos –Corte hídrico

Vasco Peixoto de Freitas –Pedro Filipe GonçalvesOutubro 2003 -23

EXIGÊNCIAS DE CONCEPÇÃO Edifícios novos –Drenagem periférica

Vasco Peixoto de Freitas –Pedro Filipe GonçalvesOutubro 2003 -24

EXIGÊNCIAS DE CONCEPÇÃO Edifícios históricos

Vasco Peixoto de Freitas –Pedro Filipe GonçalvesOutubro 2003 -25

Vasco Peixoto de Freitas –Pedro Filipe GonçalvesOutubro 2003 -26

Vasco Peixoto de Freitas –Pedro Filipe GonçalvesOutubro 2003 -27

Valas periféricas ventiladas Ascensão Capilar

Arejamento da vala Evaporação

Vasco Peixoto de Freitas –Pedro Filipe GonçalvesOutubro 2003 -28

Vasco Peixoto de Freitas –Pedro Filipe GonçalvesOutubro 2003 -29

Redução da secção absorvente

(Parte 1 de 6)

Comentários