Biologia 1 - apostila ceesvo

Biologia 1 - apostila ceesvo

(Parte 4 de 9)

Vitamina K ou Naftoquinona

Sintetizada no intestino por bactérias, Laticínios, fígado, carnes, frutas, hortaliças, chá.

Dificuldade de coagulação do sangue em hemorragias.

Vitamina B1 ou

Riboflavina

Cereais integrais ou enriquecidos, feijão, frutas, fígado, carnes, legumes, gema de ovo.

Inflamação dos nervos, paralisia, atrofia muscular (beribéri).

ou
Riboflavina

Vitamina B2

Cereais integrais ou enriquecidos, ovos, laticínios, carne, fígado, hortaliças com folhas. Rachadura nos cantos da boca, lesões na pele.

Niacina ou
nicotinamida

Cereais integrais ou enriquecidos, café, folhas, feijão, fígado, carne, ovos, legumes, amendoim.

Lesões na pele e no sistema nervoso, provocando dermatite, diarréia, demência (pelagra).

Vitamina B6 ou

Cobalamina

Cereais integrais ou enriquecidos, banana, verduras, carne, fígado, ovos, laticínios.

Lesões nos nervos e músculos provocando convulsões e a paralisia muscular.

Vitamina B12 ou

cobalamina

Produtos de origem animal (carne, fígado, ovos, laticínios). Anemia perniciosa e lesões nos nervos.

Folacina ou
Ácido fólico

Hortaliças. Legumes, fígado, carne, ovos, cereais, integrais ou enriquecidos, frutas, amendoim, feijão. Anemia, diarréia.

Biotina

Amplamente distribuídos nos alimentos. Dermatite, dores musculares.

Ácido pantotênico Amplamente distribuídos nos alimentos. Fadiga, insônia, náusea, dificuldade de coordenação motora.

Vitamina Cou

ácido ascórbico

Goiaba, caju, laranja, limão, manga, acerola, morango e muitas outras frutas; pimentão, couves e diversas hortaliças.

Baixa de imunidade, tecido conjuntivos e capilares fracos, com sangramento na pele e nas gengivas e inchações e dores articulares (escorbuto).

Faça as contas e veja se você é obeso ou está com uns quilinhos extras.

Peso (em Kg)

Altura x altura (em m)

IMC até 18,5: abaixo do normal. Risco de desnutrição. De 18,5 a 25: Peso ideal. Mais saudável impossível. De 25 a 30: Pré-obesidade. Um pouco acima do recomendável. De 30 a 35: Obesidade grau 1. O risco para a saúde aumenta. De 35 a 40: Obesidade grau 2. É ainda maior o perigo. Mais de 40: Obesidade grau 3. As chances de ter problemas associados ao excesso de peso, como infarto e diabete, passam a ser enormes.

SAÚDE, mar.1999, P. 81. Faça a escolha certa!

Fonte: Revista Veja

Classificando os seres vivos

Os primeiros biólogos estudavam os seres vivos descrevendo suas características. Fazendo esse estudo, observavam várias semelhanças e diferenças. Foi usando tais semelhanças e diferenças que os biólogos criaram critérios para agrupar e separar os seres vivos.

Nas primeiras classificações biológicas eram usados critérios simples, de observação direta, especialmente relacionados à forma ou estrutura dos animais e vegetais. Um dos critérios usados é a forma de obter alimento. São dois grandes grupos: os que são capazes de produzir seu alimento através da fotossíntese e os que precisam de outros seres vivos para se alimentar.

A classificação moderna é baseada na evolução, verificando-se as relações de parentesco entre os grupos, estudos de anatomia, das funções, da composição química, da reprodução, do comportamento etc. Todos os organismos são classificados para organizar a diversidade.

O quadro a seguir apresenta essa classificação.

Reino animal animal animal Metazoa.

Filo cordados cordados cordados anelídeos

Classe mamífero mamífero mamífero oligoqueto

Ordem primata primata carnívoro haplotaxidas

Família hominídeo pongídeos canídeos glossoscolicídeos

Gênero Homo Pongo Canis Pontoscolex

Espécie Homo sapiens Pogo pygmaeus Canis familiaris Pontoscolex corethrurus

A nomenclatura utilizada na Biologia segue algumas regras básicas:

1. Uso do nome em latim, pois é uma língua que não sofre mudanças. 2. Gênero escrito com letra inicial maiúscula. 3. A espécie deve ser escrita com letra inicial minúscula. 4. Tanto o gênero quanto a espécie devem ser grifados ou destacados de alguma forma no texto. Exemplos: ( Homo Sapiens, Homo Sapiens, Homo Sapiens )

OS CINCO REINOS DOS SERES VIVOS Observe o quadro:

Para sua melhor compreensão, vamos observar o quadro abaixo. Assim, você poderá entender as divisões dos cinco reinos.

O cinco Reinos são:

1 – Reino Monera: bactérias e cianofíceas ( algas azuis). 2 – Reino Protista: protozoários e algas unicelulares. 3 – Reino Fungi: fungos. 4 – Reino Plantae: vegetais. 5 – Reino Animália: animais.

equinodermos

A seguir, você conhecerá cada reino: Reino Monera Abrange todos os organismos unicelulares e procariontes. São representantes deste reino as algas azuis ( cianofíceas ) e as bactérias. O reino Monera compreende os organismos mais simples conhecidos entre os que apresentam estrutura celular. São organismos procariontes ( não apresentam membrana nuclear ) e unicelulares. Os representantes são as bactérias e as cianobactérias, que também são conhecidas como algas cianofíceas ou azuis.

As Bactérias

(Parte 4 de 9)

Comentários