Processo Soldagem

Processo Soldagem

(Parte 6 de 11)

• maçarico para corte de barras perfiladas, com ponta posicionadora de altura (Fig. 38);

• maçarico para corte circular, com roldana para deslocamento (Fig. 39);

• maçarico para cortes circulares de pequenos diâmetros, com ponta posicionadora (Fig. 40);

• maçarico para corte de tubos e cilindros, com dispositivo de regulagem e com roldanas para deslocamento (Fig. 41).

Espírito Santo _

28 Companhia Siderúrgica de Tubarão

Qualidade do corte

A superfície de corte deve apresentar um bom acabamento, o que significa que deve obedecer às seguintes características:

• pequena defasagem;

• superfície regular de corte;

• fácil desprendimento da escória;

• aresta superior de corte levemente arredondada.

Classificação dos Cortes

Os cortes são definidos em função da chapa que se deseja cortar e podem ser leves, médios ou pesados.

• leves, para chapas até 1”;

• médios, para chapas de 1” até 5”;

• pesados, para chapas com mais de 5”.

Espírito Santo _

Departamento Regional do Espírito Santo 29

Tipos de corte

Os cortes são classificados também quanto à superfície e podem ser:

• corte reto (Fig. 43);

Fig. 43 • corte em chanfro (Fig. 4);

Fig. 4 • corte com chanfro e nariz (Fig. 45);

Fig. 45 • corte com duplo chanfro (Fig. 46);

Fig. 46 • corte com duplo chanfro e nariz (Fig. 47).

Máquinas de corte

O corte oxiacetilênico por meio de maçarico guiado a máquina é um procedimento de valor incalculável em trabalhos de elaboração de metais.

Quando o corte é mecanizado; a chama representa vantagens de acabamento superior, grande aumento da produção e um custo final efetivamente mais baixo que o processo manual. Quanto ao

Espírito Santo _

30 Companhia Siderúrgica de Tubarão tipo, podem ser portáteis, como apresenta a Figura 48, ou estacionários. As máquinas podem executar cortes retos ou copiar perfis, como ocorre com as copiadoras pantográficas. As copiadoras podem trabalhar com gabaritos comandados por fotocélulas, trabalhando em escala 1:1 do desenho a ser copiado.

Através de variadoras, pode-se ter velocidades de corte na faixa de 100 a 1000mm/minuto.

Máquina de corte portátil

1. Suporte do maçarico 2. Escala do corte 3. Chapa de proteção do calor 4. Regulagem lateral do maçarico

5. Regulagem fina da altura do maçarico

6. Bloco de ligações 7. Mangueiras de acetileno e oxigênio 8. Válvula de regulagem para oxigênio 9. Válvula de regulagem para acetileno 10. Válvula de oxigênio de corte

1. Condutores de corrente da rede 12. Conexão da mangueira de acetileno 13. Conexão da mangueira de oxigênio 14. Botão de regulagem da velocidade 15. Partida do motor 16. Rolo de guia para cortes retos 17. Rolo para cortes curvos 18. Regulador de altura do maçarico

19. Cabeça do bico do maçarico de corte

20. Placa de fixação do maçaricos

Espírito Santo _

Departamento Regional do Espírito Santo 31

Tipos de cortes em chanfros por máquinas

Chanfro simples

Neste tipo de corte, usam-se dois maçaricos: o primeiro posicionado na vertical, aparando a borda da chapa; o segundo com o ângulo de indicação que se deseja executar o corte. O maçarico que executa o corte do ângulo deve ter uma chama de preaquecimento mais intensa porque, em função da inclinação, ocorre perda de rendimento que deve ser compensada (Fig. 49).

Tipo de corte

Chanfro duplo

Para a execução deste chanfro, utilizam-se três maçaricos: o primeiro cortando verticalmente; o segundo fazendo o corte de fundo e o terceiro executando o corte de topo (Fig. 50).

Espírito Santo _

32 Companhia Siderúrgica de Tubarão

As Figuras 1 a 4 apresentam alguns exemplos de aplicação da solda.

(Parte 6 de 11)

Comentários