NBR 14024 - Centrais prediais e industriais de gas liquefei

NBR 14024 - Centrais prediais e industriais de gas liquefei

(Parte 1 de 3)

Sede: Rio de Janeiro Av. Treze de Maio, 13 28º andar CEP 20003-900 – Caixa Postal 1680 Rio de Janeiro – RJ Tel.: PABX (21) 210-3122 Fax: (21) 220-1762/220-6436 Endereço eletrônico: w.abnt.org.br

ABNT – Associação Brasileira de

Normas Técnicas

Copyright © 2000, ABNT–Associação Brasileira de Normas Técnicas Printed in Brazil/ Impresso no Brasil Todos os direitos reservados

DEZ 2000NBR 14024

Centrais prediais e industriais de gás liquefeito de petróleo (GLP) - Sistema de abastecimento a granel

Origem: Projeto de Emenda NBR 14024:2000 ABNT/CB-09 - Comitê Brasileiro de Combustíveis (Exclusive Nucleares) CE-09:402.01 - Comissão de Estudo de Instalações Internas para Gases Combustíveis NBR 14024 - Barn supply system on liquefied petroleum gases central storage Descriptors: GLP. Suplly. Building central. Industrial central Válida a partir de 29.01.2001

Palavras-chave:GLP. Abastecimento. Central predial.

Central industrial 1 página

Esta Emenda nº 1, em conjunto com a NBR 14024:1997, equivale à NBR 14024:2000. Esta Emenda nº 1 tem por objetivo alterar a NBR 14024:1997 no seguinte:

- Na seção 2 - Referências normativas:

- onde se lê: “NBR 9735:1990 - Conjunto de equipamentos para emergência no transporte rodoviário de produtos perigosos”

- leia-se: “NBR 9735:2000 - Conjunto de equipamentos para emergência no transporte rodoviário de produtos perigosos”

- A seção 5.2.5 passa a ter a seguinte redação:

“5.2.5 Caso o veículo se encontre em via pública ou junto ao tráfego de pessoas, durante a operação, a área deve estar sinalizada e isolada conforme 4.1.2 c) da NBR 9735:2000.”

Sumário Prefácio Introdução 1 Objetivo 2 Referências normativas 3 Definições 4Condições gerais 5 Requisitos ANEXO ACálculo da vazão mínima de descarga das válvulas de segurança

Prefácio

A ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas - é o Fórum Nacional de Normalização. As Normas Brasileiras, cujo conteúdo é de responsabilidade dos Comitês Brasileiros (CB) e dos Organismos de Normalização Setorial (ONS), são elaboradas por Comissões de Estudo (CE), formadas por representantes dos setores envolvidos, delas fazendo parte: produtores, consumidores e neutros (universidades, laboratórios e outros).

Os Projetos de Norma Brasileira, elaborados no âmbito dos CB e ONS, circulam para Votação Nacional entre os associados da ABNT e demais interessados.

Esta Norma contém o anexo A, de caráter normativo. Introdução

Recomenda-se que os requisitos gerais desta Norma sejam adequados pela autoridade competente à legislação específica local.

Copyright © 1997, ABNT–Associação Brasileira de Normas Técnicas Printed in Brazil/ Impresso no Brasil Todos os direitos reservados

Sede: Rio de Janeiro Av. Treze de Maio, 13 - 28º andar CEP 20003-900 - Caixa Postal 1680 Rio de Janeiro - RJ Tel.: PABX (021) 210-3122 Fax: (021) 240-8249/532-2143 Endereço Telegráfico: NORMATÉCNICA

ABNT-Associação Brasileira de Normas Técnicas

NBR 14024DEZ 1997

Centrais prediais e industriais de gás liquefeito de petróleo (GLP) - Sistema de abastecimento a granel

Palavras-chave:GLP. Abastecimento. Central predial. Centralindustrial 7 páginas

Origem: Projeto 09:402.01-010:1997 CB-09 - Comitê Brasileiro de Combustíveis (exclusive nucleares) CE-09:402.01 - Comissão de Estudo de Instalações Internas para Gases Combustíveis NBR 14024 - Barn supply system on liquefied petroleum gases central storage Descriptors: GLP. Supply. Building central. Industrial central Válida a partir de 29.01.1998

1 Objetivo

Esta Norma fixa as condições exigíveis para o abastecimento de recipientes estacionários ou transportáveis nos consumidores, a partir de locais públicos ou não.

Esta Norma se aplica a instalações de centrais de GLP constituídas por recipientes estacionários ou transportáveis com capacidade volumétrica individual igual ou superior a 0,108 m3 (108 L).

Esta Norma se aplica ao abastecimento realizado através de veículo abastecedor específico com sistema próprio de transferência de GLP.

2 Referências normativas

As normas relacionadas a seguir contêm disposições que, ao serem citadas neste texto, constituem prescrições para esta Norma. As edições indicadas estavam em vigor no momento desta publicação. Como toda norma está sujeita a revisão, recomenda-se àqueles que realizam acordos com base nesta que verifiquem a conveniência de se usarem as edições mais recentes das normas citadas a seguir. A ABNT possui a informação das normas em vigor em um dado momento.

Resolução 560/80 do CONTRAN - Extintores de incêndio para veículos automotores

Resolução 640/85 do CONTRAN - Treinamento para motoristas de cargas perigosas

2NBR 14024:1997

RT 5 INMETRO 03/87 - Veículo destinado ao transporte de produtos perigosos a granel - Inspeção periódica veicular

RT 6 INMETRO 05/86 - Equipamentos para o transporte de produtos perigosos a granel - Classe I - Amônia, Anidrido Carbônico, Butadieno, Buteno, Cloreto de Vinila, Dimetilamina Anidra, Gás Liquefeito de Petróleo, Monoetilamina Anidra, Propeno, Trimetilamina Anidra, Acetaldeído - Construção e Inspeção

RTQ 32 INMETRO 10/91 - Requisítos mínimos para a construção, instalação e inspeção de pára-choque traseiro na longarina de chassi do veículo rodoviário que transporta produtos perigosos

NBR 7500:1994 - Símbolos de risco e manuseio para o transporte e armazenamento de materiais - Simbologia

NBR 8460:1997 - Recipiente transportável de aço para gás liquefeito de petróleo (GLP) - Requisitos e métodos de ensaio

NBR 9735:1990 - Conjunto de equipamentos para emergência no transporte rodoviário de produtos perigosos - Procedimento

NBR 11450:1990 - Conjunto de equipamentos para emergência no transporte rodoviário de gases liquefeitos de petróleo - Procedimento

NBR 11451:1991 - Conjunto de equipamentos de proteção individual para avaliação de emergência e fuga no transporte rodoviário de gases liquefeitos de petróleo - Procedimento

NBR 13419:1995 - Mangueira de Borracha para condução de GLP/GN/Gnf - Especificação

NBR 13523:1995 - Central predial para gás liquefeito de petróleo - Procedimento

ASME seção VIII Boiler and pressure vessel code DOT 4BA - Departament of Transportation - USA DOT 4BW - Departament of Transportation - USA 3 Definições

Para os efeitos desta Norma, aplicam-se as seguintes definições.

3.1 central de GLP: Área devidamente delimitada que contém os recipientes transportáveis ou estacionários e acessórios, destinados ao armazenamento de GLP para consumo da própria instalação.

(Parte 1 de 3)

Comentários