Usinagem de roscas - Processo

Usinagem de roscas - Processo

(Parte 3 de 5)

Seco ou óleo solúvel Óleo solúvel Óleo solúvel ou de corte Óleos sulfurados ou óleos graxos

Idem Idem Querosene Óleo parafínico Idem Idem

Processos de Usinagem Rosqueamento com cabeçotes automáticos de pentes radiais

Características

●Os dentes cortantes em cada pente são defasados de acordo com o ângulo de hélice da rosca

●Pentes largos podem ser usados, permitindo chanfros compridos;

●Podem ser adaptados para desbaste e acabamento;

●Servem para execução de roscas direitas, esquerdas, finas e grossas;

●Vida relativamente curta dos pentes;

●Difícil reafiação;

●A quebra ou o lascamento de um dente leva usualmente à perda total do jogo de pentes

Processos de Usinagem Exemplo de pente de roscar radiais

Peça

Processos de Usinagem

Rosqueamento com cabeçotes automáticos de pentes tangenciais

Generalidades

●Os pentes tangenciais são placas planas com perfil derosca de um lado

●São montados no cabeçote de modo que contactem a peça tangencialmente

●Filetes retos ( círculos concêntricos) ou em hélice

●Roscas esquerdas - pentes esquerdos

Processos de Usinagem Cabeçotes automáticos de pentes tangenciais

Peça

Processos de Usinagem Turbilhonamento de roscas (tornofresamento)

Generalidades ●Processo de torneamento com corte interrompido

●A profundidade total da rosca é obtida por um ou vários gumes - parte interna de uma ferramenta rotativa circular

●Uma passada, elevada velocidade de corte

●Ferramenta montada de forma excêntrica em relação à peça que apresenta um movimento rotativo lento no sentido contrário ao movimento rotativo da ferramenta

Processos de Usinagem

Turbilhonamento de roscas (tornofresamento)

Generalidades

●Roscas externas - a ferramenta é configurada na forma de um cabeçote de fresamento com gumes para dentro

●Processo executado em máquinas especiais

●Alto potencial de corte e elevada qualidade superficial

●Em geral são montadas no cabeçote 4 ferramentas de metal duro defasadas de 90°

●Duas atuam no fundo da rosca, uma nos flancos e uma na remoção de rebarbas

●Mínimo aquecimento da peça e da ferramenta

●Operação realizada em geral a seco

Processos de Usinagem Turbilhonamento de roscas (tornofresamento)

1 Peça 2 Ferramenta 3 Suporte de fixação da ferramenta

Processos de Usinagem Turbilhonamento de roscas (tornofresamento)

Processos de Usinagem Turbilhonamento de roscas (tornofresamento)

Processos de Usinagem Turbilhonamento de roscas (tornofresamento)

Processos de Usinagem Turbilhonamento de roscas (tornofresamento)

Processos de Usinagem Distribuição das ferramentas no turbilhonador

Ferramenta lateral

Ferramenta de fundo

Ferramenta de rebarba

Processos de Usinagem Rosqueamento com macho de roscar

Processos de Usinagem Rosqueamento com machos e cossinetes

Generalidades

(Parte 3 de 5)

Comentários