Interpretação de texto - aula 01 - estevam

Interpretação de texto - aula 01 - estevam

INTERPRETAÇÃO DE TEXTO – ESTEVAM – www.professorestevam.com.br , professorestevam@yahoo.com.br , prof.estevam@hotmail.com

AULA 01 (14.11.07)

I – ERROS INTERPRETATIVOS

  1. Extrapolação: entender mais do que o texto.

Ex: * Os brasileiro Carlos e José são malandros.

* (Interpretação) Os brasileiros são malandros.

  1. Redução: ateve-se a uma parte em detrimento de outra também importante.

Ex: * O estudo dá prazer, por isso deve ser cultivado.

* (.Int.) Quando estuda bem, o estudo dá prazer.

  1. Contradição ou inversão: entender contrário ao texto.

Ex: * O homem, racional, quando sob o domínio do ódio, pode agir como animal selvagem.

* (.Int.) O homem é racional, porque pode agir como animal selvagem.

II – TIPOS DE LEITURA

  1. Informativa: buscar a idéia central, as idéias secundárias e sublinhas as palavras desconhecidas. (evita o erro da contradição).

  1. Seletiva: buscar no contexto o significado das palavras desconhecidas. (evita o erro da contradição).

  • “A lascívia pode comprometer o comportamento de certas pessoas, pois a libidinagem (idéia secundária 1) não controlada envolverá o homem ou a mulher em atos lúbricos (idéia secundária 2) que podem tornar-se públicos”.

III – TIPOS DE TEXTOS

  1. Literário: poesia, prosa.

  1. Não-literário (utilitário): jornalístico, científico.

IV – TIPOS DE LINGUAGEM

  1. Denotativa: real, dicionarizada, restrita.

  1. Conotativa: ampla, metafórica, figurada, risca em sentidos.

  • Pode haver os dois tipos de linguagens, devendo ser observada qual será a predominante.

  • “A saudade é como um barco que aos poucos descreve um arco e evita atracar no cais” – Chico Buarque.  Linguagem conotativa.

V – FUNÇÕES DA LINGUAGEM

  1. Emotiva ou expressiva: centrada na 1ª (primeira) pessoa.

  1. Referencial, informativa ou cognitiva: centrada no referente (na mensagem).

  1. Conativa ou apelativa: aquela que visa persuadir o leitor. (normalmente usada na forma imperativa) “Beba Coca Cola”.

  1. Fática: centrada no canal; na abertura, na manutenção ou na finalização de um diálogo. (dificilmente há um texto com predominância fática, podendo haver vários elementos fáticos).

  1. Metalingüística: centrada no código verbal. (aquele texto que fala sobre a própria linguagem).

  1. Poética ou estética: centrada na forma de produção da mensagem. (Poemas).

  • Significante: é o sentido que a forma ou estrutura da palavra traz.

  • Significado: é o sentido propriamente dito.

VI – INTELECÇÃO

  • O candidato deverá ater-se ao texto.

Enunciados:

  • De acordo com o texto...

  • Segundo o texto...

  • A partir das idéias do texto...

  • Com base no texto...

VII – INTERPRETAÇÃO

  • O candidato poderá concluir algo a partir do texto, mas não pode esquecer a lógica textual.

Enunciados:

  • Infere-se do texto...

  • Deduz-se do texto...

  • Conclui-se do texto...

  • Depreende-se do texto...

FÓRMULA PARA SABER SE É INTELECÇÃO OU INTERPRETAÇÃO

  1. Fato (texto) + provas textuais = INTELECÇÃO

  2. Fato (texto) + indícios + inferência = INTERPRETAÇÃO

Toda vez que você ler um texto, verificar se é um texto literário ou não, qual a função da linguagem predominante e qual o tipo de linguagem usada. Pois assim será possível responder uma série de prováveis perguntas

Comentários