Proteus Manual Português

Proteus Manual Português

(Parte 7 de 9)

O ícone acima é a ferramenta de colocação de ilhas, as ilhas são de muitíssima importância pois as ilhas são parte de um componente ou são isoladas fazendo um terminal, temos ilhas para furação ou ilhas para montagem de superfície (SMT).

Temos já feitas algumas ilhas retangulares, redondas, quadradas e terminais para interface de computador, mas podemos criar a qualquer momento uma ilha do tamanho que desejarmos .

Você verá que criar uma nova ilha é uma tarefa muito simples, mas requer conhecimentos de medidas Imperial.

CRIANDO UMA ILHA. (terminal)

Vamos criar uma ilha quadrada de 3mm

Clique sobre a ferramenta ilha, a barra de ferramenta entrará no modo colocação de ilha.

Clique o lado esquerdo do mouse sobre o menu EDIT em seguida NEW PAD STYLE.

Ao abrir o quadro CREATE NEW PAD STYLE digite s3. 00mm (s para square quadrado) Em seguida No quadro square coloque 120 thou ou 0.12 in e clique ok..

ESCOLHENDO O TAMANHO DE UMA ILHA

Clique a ferramenta de colocação de ilha, vamos colocar uma ilha de 3 mm que criamos.

Colocação de ilhas

Escolha uma ilha quadrada segunda ferramenta, uma relação de ilhas aparecerá, clique sobre a ilha de 3 mm e coloque-a na placa..

CRIAÇÃO DE COMPONENTES

A criação de componentes no FOTOLITE é incrivelmente simples.

Vamos criar um resistor para ser colocado em pé na placa, com a distância de um terminal a outro de 5 mm, os terminais serão quadrados e medirão 2 mm cada lado, seria algo como abaixo.

Ilhas do componente

Ilhas com silk do componente

Primeiro vamos limpar a tela. Escolheremos sistema métrico de grade para medirmos a distância das ilhas. Escolha no menu Display a opção metric. E depois escolheremos a grade de 1 mm que está armazenada em F3 aproxime com o zoom máximo, isto é F5.

Ilhas quadradas

Seleção de ilhas

Com o comando de colocação de ilhas (PADS) coloque duas ilhas quadradas de 2.00 mm ã uma distância de 5 mm cada, como estamos usando a grade (grid) F3 que é 1 mm, cada ponto na tela está a uma distância de 1 mm um dos outros, devemos colocar as ilhas a cinco pontos uma da outra de centro a centro. Uma vez colocada as ilhas como mostra acima, vamos desenhar o silk (máscara de componentes),escolha na barra de ferramentas

A ferramenta de graphics mode (modo gráfico)

linha

Graphic mode geométrico

Em seguida escolha linha na barra de ferramenta, escolha o gride 0.5mm que esta armazenado na tecla F2 para desenhar com mais precisão, desenhe o silk (máscara de componentes ) como abaixo.

Ilhas do componente

Ilhas com o silk do componente

Vamos agora colocar o desenho na biblioteca, trace um quadrado selecionador com o lado direito do mouse e escolha, EDIT / MAKE PACKAGE.

No campo NEW PACKAGE NAME digite RESP5mm (resistor em pé de 5 mm) e clique OK.

A partir deste momento o componente está a sua disposição na biblioteca.

Você acabou de aprender o programa mais sofisticado e de maior relação custo beneficio do mercado mundial, como pode sentir o programa não tem limites de pinos, nos dando possibilidade de fazer qualquer tamanho de placa, caso a restrição quanto ao salvamento de ligações e não arte final lhe cause alguma dificuldade operacional, você poderá ter sua verão full com salvamento pagando um adicional de US$45,00.

O FOTOLITE tem sua versão também para gerar esquemas elétricos, você poderá adquiri-lo por U$40,00. Entre em contato conosco.

ISIS EDITOR

  • INTRODUÇÃO

  • UM PASSEIO PELO EDITOR DO ISIS

  • ESCOLHENDO, COLOCANDO E LIGANDO OS COMPONENTES.

  • ETIQUETANDO E MOVENDO REFERÊNCIAS DE COMPONENTES

  • FUNÇÃO DE EDIÇÃO EM BLOCOS

  • A PRÁTICA FAZ A PERFEIÇÃO

  • ANOTANDO O DIAGRAMA

  • FERRAMENTA DE DESIGNAÇÃO DE PROPRIEDADE

  • ANOTADOR AUTOMÁTICO

  • CRIANDO NOVOS DISPOSITIVOS

  • TOQUES FINAIS

  • SALVANDO, IMPRIMINDO E PLOTANDO.

  • RECURSOS AVANÇADOS DO EDITOR DE DISPOSITIVOS

  • SÍMBOLOS E BIBLIOTECA DE SÍMBOLOS

INTRODUÇÃO

O objetivo deste TUTORIAL é levá-lo através da criação de um circuito de complexidade modesta a fim de familiarizá-lo com as técnicas necessárias para operar o ISIS. Este TUTORIAL começa com técnicas simples como colocar e ligar componentes e técnicas mais sofisticadas de edição e criação de novos componentes na biblioteca.

UM PASSEIO PELO EDITOR DO ISIS

Nós assumimos neste ponto que você tenha instalado o programa.

Para usuários do Windows 3.1 ou NT 3.51, clique duplamente no ícone ISIS no Conjunto de programas em seguida a opção ISIS para iniciar o programa.

O editor do ISIS irá então abrir e rodar. Ao longo do topo da tela está a barra de Menu Os menus são ativados ao apontarmos no Nome do Menu e as opções são selecionadas clicando o lado esquerdo do mouse na opção requerida.

Algumas opções são associadas com teclas as quais podem ser usadas em vez do menu, essas são mostradas do lado direito da opção do Menu. Opções que habilitam ou desabilitam alguns recursos do programa mostra que tal recurso está ativado com um tique no lado esquerdo da opção. A presença do tique indica que opção está selecionada.

A área mais ampla da tela é chamada de JANELA DE EDIÇÃO, ela age como uma janela no desenho, é nesta área que colocamos e ligamos componentes. A área menor no topo direito da tela é a janela de visão geral. Em uso normal a janela de visão geral atua como o próprio nome sugere, dá uma visão geral do desenho.

A caixa azul mostra o contorno da folha atual e caixa verde a área da folha presentemente mostrada na JANELA DE EDIÇÃO. Contudo, quando um novo objeto ‘escolhido no Selecionador de Objetos a janela de Visão Geral é usada para exibir objeto selecionado - isto é discutido mais tarde.

Você pode ajustar a área do desenho mostrada na JANELA DE EDIÇÃO de várias maneiras

Para navegar na JANELA DE EDIÇÃO para cima e para baixo. Para direita e para esquerda coloque o mouse na JANELA DE EDIÇÃO e aperte-o mantendo pressionada a tecla SHIFT, quando você chocar-se contra a borda a tela vai se movimentando (panning) para aquela direção. Se você quiser movimentar a JANELA DE EDIÇÃO para uma parte completamente diferente do desenho, a maneira mais rápida seria apontar para tal área na Janela Panorâmica e pressionar o lado esquerdo do mouse.

Você pode ajustar a escala que o desenho é mostrado na JANELA DE EDIÇÃO escolhendo o nível de zoom apropriado no menu Display. O novo nível é escolhido usando uma das teclas entre F5/F9, se o mouse está na JANELA DE EDIÇÃO e A JANELA DE EDIÇÃO é ampliada ao redor do mouse; portanto a JANELA DE EDIÇÃO é ampliada em seu centro atual.

A grade de pontos pode ser mostrada na JANELA DE EDIÇÃO usando o comando Grid no menu Display, ou apertando-se “G’’. A grade de pontos ajuda a alinhar componentes e ligações. Se você tiver dificuldade para ver os pontos da grade, ajuste o contraste de seu monitor ou mude a cor na qual ele é exibido ,no comando set colours no menu System.

Abaixo da Janela Panorâmica está a caixa de ferramentas. As ferramentas são ícones e algo chamado selecionador de objetos, que usamos para escolher, dispositivos, símbolos ou outros objetos em bibliotecas . O selecionador consiste num conjunto de itens nomeados , cada um dos quais podem ser selecionados com o lado esquerdo do mouse .Freqüentemente , um selecionador tem mais itens do que é capaz de mostrar , podemos verificar o selecionador usando os botões para cima, para baixo , e schroll bar no lado direito do selecionador .Os botões para cima e para baixo rolam o conteúdo do selecionador num só item em cada direção .O botão da barra de rolamento (scroll bar) entre os botões para cima e para baixo permite o rolamento direto da lista , clique o lado esquerdo para arrastar para cima ou para baixo de acordo com a sua necessidade .

No lado inferior direito da tela esta o display de coordenadas , o qual oferece a leitura da posição do mouse .Essas coordenadas marcam mm ou thou a partir do centro do desenho.

Escolhendo , colocando e ligando componentes

O circuito que nós vamos desenhar é mostrado no oposto . Parece trabalhoso mas muitas partes dele são , repetições (Os quatro operacionais de filtro , para sermos exatos) o qual nos dará oportunidade de usar os recursos de cópias em blocos)

Circuito Didático

Nós começaremos com o circuito amplificador 741 , englobando U1,R1,R2 .Comece apontando no botão p no canto superior do Selecionador e clique o lado esquerdo .Isso faz com que o quadro da biblioteca de Selecionamento de Dispositivos apareça e podemos agora escolher dispositivos de várias bibliotecas de dispositivos .

Há vários selecionadores entitulados, componentes(parts) ,biblioteca(library) , prefix e extensions e um Browser nem tudo pode ser mostrado:

O selecionador de biblioteca escolhe cada qual das várias bibliotecas (exe.Dispositivos,TTL,CMOS) que você instalou e agora é valida.

(Parte 7 de 9)

Comentários