(Parte 3 de 5)

Flim med ç ç tensão normal.

© 2002 The McGraw-Hill Companies, Inc. All rights reserved.

• A distribuição de tensões detalhadas é estaticamente indeterminada, isto é, não pode ser encontrada somente pela Estática.

RESISTÊNCIA DOS MATERIAIS IBeer •Johnston • DeWolf• TraduçãoProf. Emerson Morais

Exemplo

• Seja a barra submetida a vários carregamentos, conforme figura abaixo, calcule a tensão normal em cada trecho da mesma, considerando uma área

• Diagrama de Corpo Livre e Diagrama de Esforços Internos:

© 2002 The McGraw-Hill Companies, Inc. All rights reserved.

RESISTÊNCIA DOS MATERIAIS IBeer •Johnston • DeWolf• TraduçãoProf. Emerson Morais Carregamento Cêntrico e Excêntrico

• Uma distribuição uniforme de tensões só é possível se a linha de ação da resultante das forças internas passar pelo centróide da seção considerada

• Seu ma barraé carregada excentricamente,e ntão a resultante da distribuição de tensões em uma

• Uma distribuição uniforme de tensões só é possível se os carregamentos concentrados nas extremidades de barras são aplicados na seção dos centróides. Isto é chamado carga centrada.

© 2002 The McGraw-Hill Companies, Inc. All rights reserved.

seção deverá equivaler a uma força axial e um momento.

• A distribuição de tensões em peças carregadas excentricamente não pode ser uniforme ou simétrica.

RESISTÊNCIA DOS MATERIAIS IBeer •Johnston • DeWolf• TraduçãoProf. Emerson Morais Tensão de Cisalhamento

• Forças P e P’ são aplicadas transversalmente à peça AB.

• Forças internas correspondentes agem no plano da seção C e são chamadas forças de cisalhamento

APmed =τ • A tensão cisalhante média correspondente é,

• A resultante da distribuição de forças de cisalhamento interna é definida como esforço cortante da seção e é igual a carga P.

seção C e são chamadas forças de cisalhamento.

© 2002 The McGraw-Hill Companies, Inc. All rights reserved.

• A distribuição de tensões cisalhantes varia a partir de zero na superfície da peça até valores máximos que podem ser maior do que o valor médio.

• A distribuição de tensões de cisalhamento não pode ser assumida como uniforme.

RESISTÊNCIA DOS MATERIAIS IBeer •Johnston • DeWolf• TraduçãoProf. Emerson Morais Exemplos de Tensões de Cisalhamento

Cisalhamento SimplesCisalhamento Duplo

© 2002 The McGraw-Hill Companies, Inc. All rights reserved.

AFAPmed ==τ A2FA

RESISTÊNCIA DOS MATERIAIS IBeer •Johnston • DeWolf• TraduçãoProf. Emerson MoraisExemplos de Tensões de Cisalhamento 23

© 2002 The McGraw-Hill Companies, Inc. All rights reserved.

RESISTÊNCIA DOS MATERIAIS IBeer •Johnston • DeWolf• TraduçãoProf. Emerson MoraisExemplos de Tensões de Cisalhamento 24

© 2002 The McGraw-Hill Companies, Inc. All rights reserved.

RESISTÊNCIA DOS MATERIAIS IBeer •Johnston • DeWolf• TraduçãoProf. Emerson MoraisExemplos de Tensões de Cisalhamento 25

© 2002 The McGraw-Hill Companies, Inc. All rights reserved.

RESISTÊNCIA DOS MATERIAIS IBeer •Johnston • DeWolf• TraduçãoProf. Emerson Morais Tensões de Esmagamento em Conexões

• Parafusos, pinos e rebites criam tensões nos pontos de contato ou superfícies de esmagamento das peças que eles conectam 26 peças que eles conectam.

• A intensidade da força correspondente é chamada de

• A resultante da distribuição da força nas uperfícieéi gual e oposta à força exercida sobre o pino.

© 2002 The McGraw-Hill Companies, Inc. All rights reserved. dtPAPe ==σ tensão de esmagamento:

RESISTÊNCIA DOS MATERIAIS IBeer •Johnston • DeWolf• TraduçãoProf. Emerson Morais Tensões de Esmagamento em Conexões

© 2002 The McGraw-Hill Companies, Inc. All rights reserved.

RESISTÊNCIA DOS MATERIAIS IBeer •Johnston • DeWolf• TraduçãoProf. Emerson Morais Tensões de Esmagamento em Conexões

© 2002 The McGraw-Hill Companies, Inc. All rights reserved.

RESISTÊNCIA DOS MATERIAIS IBeer •Johnston • DeWolf• TraduçãoProf. Emerson Morais

• Determinar as tensões nas barras e nas conexões da estrutura apresentada.

Exemplo de Análise e Projeto de Tensões 29

• Deve-se considerar a máxima ã l AB BC

• Através da análise estática:

© 2002 The McGraw-Hill Companies, Inc. All rights reserved.

tensão normal em AB e BC,e a tensão de cisalhamento e tensão de esmagamento em cada parafuso da conexão.

(Parte 3 de 5)

Comentários