Motores Elétricos de Corrente Alternada

A corrente alternada é uma corrente elétrica cuja amplitude e direção variam ciclicamente, ao contrário da corrente contínua cuja direção permanece constante. Defendida por Nikola Tesla, que acreditava que com ela era capaz de construir um motor que não necessitasse do uso do comutador. Mas Tesla tinha um inimigo Edson, que em 1882 coloca em funcionamento um sistema de corrente contínua em Nova York.

O desenvolvimento dos motores elétricos se deu inicio com Hans Oersted (1777-1851), que descobriu o eletromagnetismo em 1820 ao verificar que a agulha magnética de uma bússola era desviada de sua posição norte-sul quando esta passava perto de um condutor no qual circulava corrente elétrica. Esta observação permitiu a Oersted reconhecer a íntima ligação entre o magnetismo e a eletricidade, dando assim, o primeiro passo para em direção ao desenvolvimento do motor elétrico.

Faraday foi o primeiro a construir uma máquina bem parecida com o motor elétrico em 1821. Sua máquina era constituída de um fio metálico suspenso, mergulhado em um copo com mercúrio, onde havia um imã preso no fundo do copo. Quando uma pilha voltaica era conectada ao sistema, o circuito se fechava e pelo mercúrio, e a corrente que passava pelo fio gerava um campo magnético. O campo eletromagnético interragia com o campo magnético existente no imã, causando a rotação do fio.

A corrente contínua tinha grandes desvantagens

como a necessidade do uso de comutadores nos geradores de corrente alternada para ser criada, sendo os comutadores fontes de freqüentes problemas e a perda de energia em transmissão a grandes distancias se fazia menor a altas voltagens, e por razoes técnicas , a construção de geradores de corrente continua de grande voltagem apresentava grandes dificuldades. Já na corrente alternada tinha a seu favor, a conversão de uma corrente alternada de alta voltagem pra uma menor era feita facilmente por meio de um transformador e o fato de não haver a necessidade da utilização dos comutadores

Um fato que trouxe mais força para a corrente alternada, foi a adoção desta por George Westinghouse, dono da Westinghouse Electric & Manufacturing Company em 1893,depois de ganhar o contrato para a construção de uma nova central elétrica de corrente alternada na fronteira entre os Estados Unidos e o Canadá, ligando as Cataratas do Niágara a Buffalo, por um preço mais baixo e numa distância impossível de ser alcançada através de corrente contínua. A corrente alternada defendida por ele ganhava cada vez mais vitórias em relação a corrente continua defendida por Thomas Edison, o que gerou grande rivalidade entre eles.

Tesla foi o primeiro a criar o motor de corrente alternada quando identificou em 1882 o principio do campo magnético girante induzido, no qual duas bobinas, posicionadas em ângulo reto e alimentadas com uma corrente alternada com noventa graus de fase entre si poderiam fazer um campo magnético girar induzindo um torque no rotor, sem a necessidade do comutador utilizado em motores de corrente contínua. Esse motor só ficou pronto em 1892 e tinha 7.5HP.

Depois de Tesla muitos outros aperfeiçoaram os motores com inúmeras modificações e melhoramentos. Uma mudança significante pode ser observada no tamanho dos motores, um motor atual de 100hp, equivale em tamanho ao motor de 7.5 hp de tesla. E também o preço dos motores, que em 1890, um motor de 5hp custava 900 dólares hoje custa 50 dólares.

Hoje em dia os motores de corrente alternada são os mais utilizados, devido a todas as suas vantagens e principalmente porque a distribuição de energia elétrica é feita normalmente em corrente alternada.

Comentários