questionario de bioquimica

questionario de bioquimica

Questionário de Bioquímica

A água e seus efeitos sobre as biomoléculas em solução

  1. Uma grande coesão interna à água líquida é conferida pelo grande número de pontes de hidrogênio entre as suas moléculas . O que permite à água a formação de tantas pontes de hidogênio ?

  2. Por que as biomoléculas polares , mas não carregadas , como os açúcares , por exemplo , dissolvem-se facilmente em água ?

  3. Estruturalmente como podem ser caracterizadas uma micela e uma bolha de sabão ?

  4. A importância da manutenção de pH em alguns sistemas biológicos é enorme. Como é conseguida essa constância de pH na natureza

  5. Por quê a molécula de água é um dipolo?

  6. Por quê em uma solução de água + soluto apolar, formam-se micelas?

  7. O que significa dizer que o pH é uma escala logarítmica?

Carboidratos

  1. Como se diferencia aldoses e cetoses ? Qual a nomenclatura para cada um?

  2. O que são centros quirais e qual é a consequência imediata de sua presença na molécula de carboidrato ?

  3. Conceitue :

  • furanose;

  • piranose;

  • hemicetal ;

  • hemiacetal;

  • carbono anomérico.

  1. O que são centros quirais ?

  2. O que caracteriza a estrutura tridimencional do amido ? Quais os dois principais componentes que formam este polissacarídeo?

  3. Qual a importância da extremidade redutora na ligação glicosídica ?

  4. Comente sobre os mais importantes polissacarídeos de reserva : amido e glicogênio .

  5. Faça um comentário sobre os mais importantes polissacarídeos estruturais : celulose e quitina.

  6. O que confere aos carboidratos seu poder redutor? Por que a sacarose é um carboidrato não redutor?

  7. O que torna a celulose insolúvel?

Lipídeos

  1. Quais são as vantagens dos lipídeos sobre os carboidratos como substâncias de reserva ? Quais as desvantagens?

  2. Relacione triacilgliceróis e sabão .

  3. Diferencie glicerofosfolipídeos , triacilgliceróis e esfingolipídeos realçando seus constituintes .

  4. Explique a importância dos esteróis para a estrutura das membranas das células eucarióticas.

  5. Relacione PF com insaturação.

Aminoácidos , peptídeos e proteínas

  1. Quais são as características comuns a todos os aminoácidos ?

  2. O que são "zwitterions"?

  3. Que parte dos aminoácidos podem liberar H+ para a ação tamponante dos aminoácidos?

  4. O que representa o ponto isoelétrico da curva de titulação dos aminoácidos ?

  5. Quais são as partes dos aminoácidos envolvidos nas ligações peptídicas ? Por que os aminoácidos envolvidos em tais ligações são chamados de resíduos?

  6. As proteínas têm muitas funções biológicas diferentes . Cite algumas dessas funções e exemplifique se possível ?

  7. Embora as ligações covalentes sejam claramente muito mais fortes , as interações fracas predominam como forças estabilizadoras da estrutura protéica . Por que ?

  8. Por que a conformação -hélice forma-se mais facilmente do que muitas outras conformações possíveis ?

  9. Quais são as restrições que afetam a estabilidade de uma -hélice ?

  10. Como se classificam os aminoácidos e em que se baseia essa classificação se todos são polares?

  11. Relacione o tipo de ligação presente em cada nível estrutural das proteínas.

  12. De que forma a estrutura primária define a estrutura terciária?

Enzimas

  1. Quais são as vantagens das enzimas em relação aos catalisadores nõa-biológicos ?

  2. Cite a importância das enzimas regulatórias nos sistemas enzimáticos .

  3. Por que as estruturas primária , secundária, terciária e quaternária das enzimas são essenciais para o exercício das atividades catalíticas ?

  4. O que é energia de ativação de uma reação ? de que maneira os catalisadores aumentam a velocidade da reação ?

  5. O que aconteceria se a energia de ativação de uma reação fosse nula ?

  6. O tradicional modelo chave-fechadura apresenta uma incoerência . Explique e corrija-o.

  7. Como os vários tipos de inibição influenciam os valores de Km e Vmax?

  8. Qual a vantagem de se utilizar um inibidor suicina na produção farmacêutica?

  9. Por que o melhor lugar para se inibir uma via glicolítica é o início ?

  10. O gráfico da cinética de uma enzima alostérica tem forma sigmóide . Neste gráfico , há um valor de [S]em que Vo = 1/2 Vmáx. este valor pode ser considerado Km ? Por que ?

  11. Por que a curva obtida para a cinética alostérica é sigmóide , e não hiperbólica ?

  12. Graficamente qual a diferença entre uma enzima com efetor e outra com inibidor alostérico ?

  13. O que é e qual a importância da canalização de enzimas?

  14. Descreva as vantagens das enzimas serem proteínas

  15. Diferencie graficamente inibição competitiva de não-competitiva

Nucleotídeos e ácidos nucléicos .

  1. A importância dos nucleotídeos é algo indiscutível. Analise suas funções e explique por quê são importantes .

  2. Diferencie bases nitrogenadas de nucleosídeos e nucleotídeos.

  3. Qual a estrutura básica de um nucleotídeo ?

  4. Quais são as partes dos nucleotídeos envolvidas em uma ligação fosfodiéster?

  5. Que fatores permitem que o DNA funcione bem como reservatório de informação genética?

  6. Compare a renaturação protéica com a renaturação de um ácido nucleico.

  7. Entre os principais nucleotídeos , encontra-se a ATP (e também GTP , UTP e CTP) . Qual é a sua função ? Por que consegue desempenhá-la tão eficientemente ?

  8. A estabilização da estrutura tridimensional dos ácidos nucléicos é feita pelo pareamento específico de bases. Qual a dupla mais estável e por quê? Que outro tipo de interação há entre bases nitrogenadas e que papel exercem na estrutura?

  9. Levando em conta a composição do DNA e RNA, como vc explicaria que oRNA seja o ácido nucléico mais dinâmicona célula, atuando no citoplasma?

Bioenergética:

  1. Explique e justifique a falta de equilíbrio nas reações metabólicas.

  2. Descreva o termo: “fosforilação no nível do substrato”

  3. Explique a razão pela qual a produção biológica de energia se faz por etapas

Glicólise

  1. Descreva o processo por que uma molécula de amido ou glicogênio entra na via glicolítica .

  2. De que modo a presença de Acetil-CoA ou ácido graxo inibem a ação da piruvato quinase ?

  1. Por que não se podem empregar integralmente as enzimas de uma via catabólica em sua correspondente via anabólica ?

  2. Como se dá o aproveitamento da frutose e da galactose como fontes de energia.

  3. Qual a importância dos intermediários fosforilados para as vias metabólicas ?

  4. Quais os principais pontos de regulação da glicólise ?

  5. Quais podem ser os destinos tomados pelo piruvato que é produzido na glicólise ? Qual a importância biológica da entrada deste na mitocôndria?

  6. Agrupe as enzimas da via quanto à função. Explique.

  7. Como as pentoses podem ser aproveitadas como fonte de energia? Que fatores controlam a interconversão entre estas e a glicose?

  8. Explique quais são as vias de reoxidação do NADH, em condições de aerobiose e anaerobiose relativas

Ciclo do Ácido Cítrico

  1. Qual é a contribuição do CAC na produção de energia , uma vez que cada volta só produz uma ATP ?

  2. Além da oxidação do acetato , qual a outra função do CAC ?

  3. O que são e como agem o NADH e o FADH ?

  4. O que são reações anapleróticas ?

  5. Relacione a piruvato carboxilase com a presença ou não de Acetil-CoA.

  6. Como ocorre a regulação do ciclo a partir do cdomplexo piruvato desidrogenase ?

  1. Explique a regulação do ciclo por cada enzima citada abaixo :

  • citrato sintase;

  • isocitrato desidrogenase;

  • -cetoglutarato desidrogenase .

8. Por que o CAC deve ficar inibido na ausência de O2 se esta via não utiliza esta molécula? Por que a glicólise não fica?

  1. Em inalteradas quantidades dos componentes do CAC, o aumento na concentração de Acetil-CoA pode aumentar o número de ciclos funcionantes?Por quê?

  2. Descreva o rendimento em ATP, CO2 produzidos e O2 consumidos quando do ciclo de krebs

  3. Interprete: “O ciclo de krebs é uma via metabólica anfibólica e anaplerótica”

Fosforilação oxidativa

  1. No que se resume a fosforilação oxidativa , qual a importância e onde ocorre este processo ?

  2. Que características da membrana mitocondrial interna possibilita o processo citado acima ?

  3. Além do NAD e das flavoproteínas , quais outros transportadores de elétrons estão envolvidos no processo de fosforilação oxidativa ?

  4. Identifique e caracterize a ação dos complexos I ,II , III e IV participantes deste processo.

  5. Como o transporte de elétrons pode gerar energia ?

  6. Como é o mecanismo de produção de energia pelo ATP sintase?

  7. Diferencie os caminhos seguidos pelos elétrons provenientes do NAD e do FAD.

  8. Como os elétrons do NADH citosólico são aproveitados pela fosforilação oxidativa , uma vez que este processo ocorre na membrana mitocondrial interna ?Explique o processo.

  9. Como ocorre a regulação da fosforilação oxidativa ?

  10. A queda no transporte de elétrons diminu a síntese de ATP e VIVE-VERSA. Explique como se dá essa influência nos dois sentidos.

  11. Quais as formas de transferência de elétrons utilizadas na CTE? Qual transportador utiliza cada forma?

  12. Por que o Complexo II não tem a mesma capacidade de gerar gradiente de prótons que o I?

  13. Se a CTE NÂO produz ATP, por que é tão comum afirmarem isso?

  14. Por que o ATP produzido não é armazenado na mitocôndria? Como ele é transportado para fora dela?

  15. De que modo o ciclo de krebs e a cadeia respiratória se inter-relacionam para a produção de energia para a célula?

Oxidação de Ácidos Graxos

  1. As mesmas propriedades que fazem dos triacilgliceróis excelentes combustíveis e bons compostos de armazenamento representam problemas quando os mesmos atuam como combustíveis . Explique .

  2. O que são quilomícrons ? Qual a função das proteínas na sua estrutura? Por que os lipídios ingeridos não são transportados, a exemplo da mobilização destes no organismo, por proteínas plasmáticas?

  3. Explique detalhadamente o mecanismo de absorção de gorduras pelo organismo. Qual o papel dos sais biliares?

  4. Como é o mecanismo de mobilização de triacilgliceróis armazenados para funcionarem como combustível ? O que acontece como o glicerol da molécula ?

  5. Como se dá o processo de entrada do acil-CoA-graxo na matriz mitocondrial? Qual a importância da formação deste composto?

  6. Por que este mecanismo de entrada tem que separar a CoA citosólica da mitocondrial ?

  7. O que acontece com o remanescente do quilomícrom após a absorção da maioria dos ácidos graxos ?

  8. Cite e explique os 4 passos do processo de ß-oxidação dos ácidos graxos saturados ?

  9. Quantos ATPs são formados pela remoção de cada unidade de dois carbonos do acil-CoA-graxo inicial ? Explique .

  10. Diferencie a ß-oxidação que ocorre num ácido graxo saturado com número par de carbono , num monoinsaturado , num poliinsaturado e em uma saturado com número ímpar de carbonos .

  11. Quais são as diferenças entre a ß-oxidação mitocondrial e a peroxossomal?

  12. De que maneiras a disponibilidade de oxaloacetado determina a via metabólica que será tomada pelo acetil-CoA na mitocôndria Hepática ?

  13. Como a produção de corpos cetônicos pelo fígado permite a oxidação de continuada de ácidos graxos , mesmo com uma oxidação mínima de acetil-CoA ?

  14. Qual o papel do resíduo ímpar da degradação de ácidos graxos também ímpares na produção de energia, uma vez que os primeiros não ersultam na formação de acetil-coa?

  15. Dê o saldo final de ATPs produzidos na ß-OXIDAÇÃO, a partir do palmitol (ácido graxo saturado)

  16. Qual o papel do quilomícrox na absorção dos triacilgliceróis?

  17. Como os ácidos graxos conseguem atravessar do espaço intermembrana mitocondrial, para a matriz mitocôndrial (descreva todo o mecanismo de transporte)

  18. Como se dá o mecanismo de oxidação de uma ácido graxo insaturado com duas duplas ligações?

  19. Quais as diferenças entre a oxidação de ácidos graxos pares e ímpares?

  20. Porque, mesmo com o acúmulo de copos atômicos no organismo, a oxidação dos ácidos graxos é continuada?

  21. O que são reações anepluróticas a até alguns compostos envolvidos?

  22. Dê o saldo final de ATPs produzidos na ß-OXIDAÇÃO, a partir do palmitol (ácido graxo saturado)

  23. Qual o papel do quilomícrox na absorção dos triacilgliceróis?

  24. Como os ácidos graxos conseguem atravessar do espaço intermembrana mitocondrial, para a matriz mitocôndrial (descreva todo o mecanismo de transporte)

  25. Como se dá o mecanismo de oxidação de uma ácido graxo insaturado com duas duplas ligações?

  26. Quais as diferenças entre a oxidação de ácidos graxos pares e ímpares?

  27. Porque, mesmo com o acúmulo de copos atômicos no organismo, a oxidação dos ácidos graxos é continuada?

  28. O que são reações anepluróticas a até alguns compostos envolvidos?

  29. Indique quais as principais vantagens do organismo armazenar lipídeos em vez de glicose?

  30. Explique como a conversão do piruvato em Acetil-CoA é regulada.

  31. É possível se obter glicose a partir do acetil-COA originado pela beta-oxidação dos ácidos graxos? Por quê?

  32. Qual a principal função intracelular da carnitina? No caso desta estar diminuída, o que ocorre? E quando aumentada?

  33. Como os triacilgliceróis são absorvidos e transportados?

Oxidação de aminoácidos e produção de uréia :

  1. Quais são as três circunstâncias metabólicas em que os aminoácidos podem sofrer degradação oxidativa ?

  2. Qual é o palpel do glutamato no catabolismo dos grupos amino dos aminoácidos no fígado ? Qual a importância da sua formação?

  3. Como o pH do conteúdo estomacal é aumentado quando este mesmo passa para o intestino delgado ?

  4. Como o pâncres se protege da autodigestão , uma vez que suas enzimas são proteolíticas ?

  5. Qual é o efeito das reações de transaminação ?

  6. Explique a importância da vitamina B6 nas transaminações demonstrando como ocorre o processo .

  7. Como os grupos amino são removidos do grupo glutamato para prepará-los para a excreção ?

  8. O que é transdesaminação ?

  9. Qual é o mecanismo presente no hepatócito utilizado para suprir a necessidade de combustível do CAC ?

  10. Descreva o mecanismo de transporte de amônia para o fígado por meio da glutamina . Por que o transporte é feito pela glutamina e não pelo glutamato .

  11. Descreva o mecanismo de transporte de amônia pelo ciclo alanina/glicose justificando sua grande "vantagem econômica ".

  12. Duas situações aparentemente antagônicas (dieta muito rica em proteínas e desnutrição ) estimulam o ciclo da uréia . Por que ?

  13. Como é feita a regulação da carbamil-fosfato-sintetase I ?

  14. A perda de energia na conversão amônia  uréia é contrabalanceada de que maneira na vaca?

  15. Como é feito o tratamento de pacientes com problemas no ciclo da uréia ?

  16. Por que mesmo em excesso de lipídios o exercício prolongado pode levar à degradação de aminoácidos?

  17. O Ciclo da Uréia pode ser considerado, ocmo um todo, uam via anaplerótica? Justifique.

  18. Como é e qual a vantagem da regulação alostérica no Ciclo da Uréia em relação à regulação na síntese de enzimas necessárias.

  19. Por que os aminoácidos cuja degradação resulta na formação de acetil-coa são ditos cetogênicos? Todos os demais são glicogêncios? Por quê?

  20. Como a amônia que está no músculo, chega até o fígado, para ser eliminada?

  21. Descreva o mecanismo da “bicicleta de Krebs”.

  22. Quais são os efeitos causados no cérebro pelo excesso de amônia?

  23. Em que pontos do ciclo da uréia existe uma regulação e quais as substâncias reguladoras?

  24. Diga os mecanismos de eliminação dos seguintes aminoácidos: glicina, metionina e leucina (eliminação de todos os fragmentos)

  25. Quais são os destinos das cadeias carbônicas oriundas da oxidação de aminoácidos?

Degradação de purinas e pirimidinas

  1. Em termos de produtos formados , como se diferenciam as purinas e pirimidinas ?

  2. Qual a principal diferença biofísica entre os dois tipos de substâncias secretadas e em que estas diferenças podem influir ?

  3. Como se dá a digestão/absorção desta moléculas?

  4. Qual a principal fonte dos nucleotídeios degradados?

  5. Sabemos que animais uricotélicos são aqueles que excretam ácido úrico(principal forma pela qual o nitrogênio do grupo amino é liberado). A partir da degradação de que compostos o ácido úrico é formado?Descreva como este é formado.

  6. Explique como os nucleotídeos são absorvidos pelo organismo.

  7. Qual o produto final da degradação das purinas em mamíferos? E nas aves?

Neoglicogênese

  1. Quais são os principais pontos de diferenciação entre a glicólise e neoglicogênese ? Por que a necessidade de desvios nestes pontos?

  2. Como outros compostos , provenientes do Ciclo dos Ácidos Cítricos podem associar-se à síntese de glicose ?

  3. Relacione a ativação da carboxiquinase citosólica ou mitocondrial com a alta concentração de NADH dentro ou fora da matriz mitocondrial. Qual a importância da alta concentração de NADH no citosol?

  4. Como os ácidos graxos podem contribuir com a neoglicogênese ?

  5. Como ocorre a regulação coordenada da glicólise e da neoglicogênese ?

  6. Como ocorre a participação de frutose 2-6 bifosfato no fígado ?

  7. O que são nucleotídeos de açúcares ? Qual a importância da formação destes?

  8. Como ocorre a síntese de glicogênio ? Descreva a formação das ramificações.

  9. Como agem as quinases na regulação recíproca da síntese e degradação do glicogênio?

  10. Por que/como o piruvato utilizado pode ser proveniente de glicólise? Não constituiria isto um ciclo fútil?

  11. Por que a ativação da neoglicogênse não se dá tão logo o nível total de glicose comece a baixar? Compare o comportamento das concentrações de glicose no fígado e sangue. Como o músculo se comportaria em cada situação (qual nível acompanharia)?

  12. Por que a carboxilação do piruvato a oxaloacetato, se este será em seguida descarboxilado a PEP?

  13. De que modo o lactato, produzido no músculo, pode ser reutilizado pelo fígado para a biossíntese da glicose?

  14. Qual a importância metabólica da neoglicogênese a partir do lactato (ciclo de Cori) ?

  15. Explique o processo de neoglicogênese que acontece no jejum:

  16. Qual o papel do glicerol, ácido lático e aminoácidos na neoglico-gênese?

Biossíntese de Lipídeos

  1. Quais as principais diferenças entre os cofatores transportadores de elétrons e dos grupos ativadores na degradação e síntese dos ácidos graxos ?

  2. Como ocorre o transporte do acetil-CoA intramitocondrial para o citosol ? Que fatores determinam a via a ser utilizada para tal?

  3. Como se dá a regulação da síntese dos ácidos graxos ?

  4. Cite exemplos e explique o que são ácidos graxos essenciais .

  5. Como pode ser formado o glicerol-3-fosfato ?

  6. Qual a importância do colesterol?

  7. Descreva o processo de síntese de colesterol.

  8. Identifique e caracterize os principais tipos de lipoproteínas . O que diferencia os quilomícrons das demais?

  9. Qual a função do LCAT ?

  10. Qual a importância da carboxilação do Acetil-Coa a ser utilizado?

  11. Como se dá a síntese de Ácidos graxos maiores ou mais insaturados que o palmitato?

  12. Como se dá a regulação coordenada da síntese de lipídios com a glicólise/neoglicogênese (hormônios e intermediários envolvidos e o papel de cada um)?

  13. Por quê para a dosagem de lipídios totais, no sangue, o paciente deve estar em jejum?

  14. Diferencie: HDL, LDL e VLDL: (diferenças e semelhanças)

  15. Quais os precursores da biossíntese de ácidos graxos? E sua localização celular?

  16. Explique como o acetil-COA que é sintetizado nas mitocôndrias, é transferido para o citoplasma da célula?

  17. Descreva os principais destinos e origens do Acetil-COA:

  18. Por quê quando aumentam os níveis de Acetil-COA há uma diminuição da glicólise anaeróbica?

Biossíntese de Aminoácidos

  1. Qual a importância da transformação de glutamato para glutamina na síntese de aminoácidos ?

  2. De onde derivam-se os aminoácidos sintetizados ?

  3. Identifique os grupos derivados de cada intermediário do ciclo do ácido cítrico citado:

  • -cetoglutarato;

  • 3-fosfoglicerato;

  • oxaloacetato;

  • piruvato.

  1. Como se dá a regulação do metabolismo do nitrogênio ?

  2. O que é e onde entra o PRPP na síntese de aminoácidos ?

  3. Como o -cetoglutarato e o succinil-CoA participam na recuperação de purinas e pirimidinas ?

  4. O que é a gota , como é causada e como pode ser tratada ? Explique cada mecanismo .

  5. Com várias vias em comum, como se dá a regulação diferenciada da biossínetse dos diferentes aminoácidos?

Biossíntese de Nucleotídeos

  1. Quais os aminoácidos envolvidos na síntese das purinas? De onde provêm os carbonos adicionais?

  2. Qual a diferença básica entre a construção do anel purínico e pirimidínico das bases nitrogenadas?

  3. Nesse caso, como se dá a regulação das vias de síntese em comum? (Diferencie da coordenação no caso dos aminoácidos).

Integração e regulação hormonal do metabolismo dos mamíferos

  1. Que caminnhos pode tomar a glicose-6-fosfato do fígado ?

  2. Ainda em relação à glicose-6-fosfato , correlacione os caminhos tomados com em preferência , de acordo com a oferta ou falta de glicose no sangue .

  3. Qual a principal diferença , em termos de local de utilização entre o glicogênio hepático e o muscular ?

  4. Quanto aos aminoácidos , quais os principais caminhos tomados por eles e o que determina quais serão os caminhos seguidos ?

  5. Quanto aos ácidos graxos , cite também seus principais destinos .

  6. Por que o músculo não pode exportar glicose ?

  7. Explique o mecanismo do ciclo de Cori .

  8. Como ocorre o mecanismo metabólico no sistema nervoso ? Quais compostos podem ser por eles utilizados como fonte de energia ?

  9. Como agem os principais hormônios no controle do nível de glicose no sangue ?

  10. O que acontece metabolicamente , de forma geral , em um caso grave de desnutrição ? Explique sequencialmente os processos de manutenção do organismo que ocorrem neste caso e as consequências finais que a máxima degradação de energia pode trazer.

  11. Explique a reversibilidade, ou não, das reações catalizadas por quinases

  12. Qual o fluxo preferencial da G-6-P quando a célula requer muita ribose-5-P e não requer NADPH? E qual o fluxo da G-6-P quando a célula requer muito NADPH e não requer ribose-6-P?

  13. Por quê os altos níveis de glucagon aumentam os corpos cetônicos?

  14. Explique por que uma dieta hiperprotéica pode levar a um aumento de ácido úrico no sangue:

Comentários