Propriedades dos Metais Alcalinos e Alcalinos Terrosos

Propriedades dos Metais Alcalinos e Alcalinos Terrosos

(Parte 3 de 3)

Formou-se outra base Mg(OH)2.

Conclusão: Sódio (Na) mais reativo que o Magnésio (Mg). Portanto os metais alcalinos são mais reativos que os alcalinos terrosos.

REAÇÃO DO SÓDIO E MAGNÉSIO COM ETANOL: a) Sódio em contato com o Etanol efervesce formando um “tijolinho branco”.

Tende a formar um etóxido de sódio, com a liberação de H2.

C2H5OH + Na C2H5-O-NA+1/2H2 b) A reação não ocorre porque os metais alcalinos terrosos não reagem com alcoóis.

REAÇÃO DE ÁCIDO SULFÚRICO COM MAGNÉSIO: Há uma rápida efervescência, onde as limalhas de Magnésio são corroídas pelo

H2SO4, dissolvendo-se. Ocorreu uma reação rápida e exotérmica.

1º Tubo – CuSO4 ( 1N ) + Na.

Observou-se uma intensa reação com efervescência (liberação de H2). Ocorreu uma reação endotérmica, formando uma solução coloidal com um precipitado azul gelatinoso.

CuSO4 + Na NaSO4 + Cu

2º Tubo – CuSO4 ( 1N ) + Mg Observa-se o Cu precipitado na placa e o Mg passa para a solução, formando

Mg(SO4). CuSO4 + Mg MgSO4 + Cu

REAÇÃO: ÓXIDO + ÁGUA (MgO + H2O) Resultado: Depois da agitação a coloração ficou branca, formando um precipitado de

MgOH, pouco solúvel em H2O.

O pH da solução ficou na faixa entre 9 – 10. (Medida feita com papel indicador Tornassol).

REAÇÃO: SAL DE METAL + BASE (CuSO4 + NaOH): Resultado: Há formação de precipitado gelatinoso de coloração azul.

CuSO4 + NaOH NaSO4 + Cu(OH)2

DESIDRATAÇÃO DE BASES Cu(OH)2 Aquecemos a cápsula de porcelana e o Cu(OH)2.

Houve desidratação do composto, propiciando a formação de CuO(s), que é caracterizado pela coloração acastanhada do produto final.

- REATIVIDADE – REAÇÃO COM ÁCIDOS PARA FORMAR SAIS MINERAIS: Formou-se um sal + água

MgO + 2HNO3 Mg(NO3)2 + H2O Precipitado branco + solução translúcida, indicando a pouca solubilidade do sal formado.

1ª Reação

NH4Cl + NaOH NaCl + NH4OH Após aquecimento da solução, há liberação de vapores da base formada, com odor característico para NH3.

2ª Reação HCl + NaOH NaCl + H2O

Após a reação, fizemos um teste para identificação do sal formado: fizemos a evaporação da solução produto e obtivemos ao fundo somente os cristais de sal NaCl.

5. QUESTIONÁRIO a. As reações foram escritas diretamente em cada tópico da respectiva reação no decorrer do relatório. b. A descrição dos fenômenos já foi feita em cada reação. c. Resposta no tópico da reação. d. A superfície brilhante exposta do sódio rapidamente torna-se opaca quando este começa a reagir com os gases do ar. Primeiramente reage com o vapor de água para formar o hidróxido de sódio, que é deliqüescente; depois, absorve mais água para formar uma solução. A equação para a reação é a seguinte:

2Na + 2H2O 2NaOH + H2 A solução de hidróxido de sódio absorve dióxido de carbono do ar para formar a solução de carbonato de sódio, que cristaliza como cristais de carbonato de sódio decahidratado:

2NaOH + CO2 Na2CO3 + H2O

Na2CO3 + 10H2O Na2CO3.10H2O Com o tempo, estes cristais eflorescem; quer dizer, perdem água para formar o pó branco de carbonato de sódio:

cristaispó branco

Quando aquecido ao ar, o sódio queima com um chama característica amarela intensa. O principal produto é o peróxido de sódio.

2Na + O2 Na2O2

• LEE, J. D., Química Inorgânica não tão Concisa. São Paulo, Editora Edgard Blücher Ltda, 1999.

• Apostila da prática 2. Metais Alcalinos e Metais Alcalinos Terrosos.

• CD do programa Série Ciências, Elementos Químicos. Positivo Informática.

• Tabela de Química Orgânica. Anglo Vestibulares.

(Parte 3 de 3)

Comentários