Posicionamento Mamografico- Tecnologia em Radiologia

Posicionamento Mamografico- Tecnologia em Radiologia

As visualizações magnificadas são re a l i z a d a s a fim de obter mais detalhes de uma lesão. Um dispositivo pequeno e especial é usado para conseguir melhor compressão na áre a de interesse. As visualizações magnificadas são realizadas em duas pro j e ç õ e s .

De s e n volvido em conjunto com: He n n y Rijken MD, National Ex p e rt e o Tr a i n i n g C e n t re for Breast Cancer Scre e n i n g , Nijmegen, Ho l a n d a .

C e n t ro de Informação ao Consumidor Ko d a k 0800 150 0

Kodak Brasileira Com. Ind. Ltda. Divisão de Imagens para a Sa ú d e Avenida Maria Coelho de Aguiar, 215 Bloco E - 6.o andar. 05804-900 São Pa u l o , S P Br a s i l

A projeção craniocaudal (C) deve mostrar o máximo possível das partes medial e lateral da mama. Uma projeção C, corre t a m e n t e realizada, mostra o músculo peitoral na b o rda posterior da mama, indicando que esta foi posicionada o mais para a fre n t e p o s s í vel. Isso pode ser realizado em a p roximadamente 50% das imagens C.

A projeção lateral (ML/LM) é re a l i z a d a como uma visualização adicional a fim de localizar a posição exata de uma lesão. Ambas as projeções médio lateral e látero - medial mostram menos tecido mamário e músculo peitoral do que a projeção médio lateral oblíqua.

Esta projeção mostra a parte mais lateral do tecido mamário, incluindo a cauda axilar. Uma lesão na parte externa mais alta da mama pode ser vista com esta pro j e ç ã o.

Os critírios para uma projeção craniocaudal ideal mostram claramente: 1 a maioria do tecido mamário, incluindo a borda medial do seio; 2 o máximo possível do aspecto lateral do seio; 3 o tecido gord u roso re t roglandular perto do músculo peitoral; 4 o músculo peitoral na borda posterior do seio; 5 o perfil do mamilo fora do tecido mamário.

A projeção médio lateral oblíqua (MLO) é a melhor visualização para se obter a imagem de todo o tecido mamário e do músculo peitoral. O tubo de raios X deve ser girado em um ângulo de 45 graus para a maioria das m u l h e res, de forma que o cassete esteja paralelo ao músculo peitoral. O ângulo pode re q u e rer ajuste individual, especialmente para m u l h e res altas e magras ou baixas e gord a s .

Os critírios para uma projeção médio lateral oblíqua ideal mostram claramente: 1 todo o tecido mamário estendido, permitindo maior visualização da mama; 2 o músculo peitoral em linha média com o mamilo; 3 o perfil do mamilo fora do tecido mamário; 4 a prega infra-mamária.

Os critírios para uma projeção lateral ideal mostram claramente: 1 tecido mamário maximizado; 2 demonstração do músculo peitoral; 3 a prega infra-mamária.

Os critírios para uma projeção craniocaudal estendida ideal mostram c l a r a m e n t e : 1 a anatomia mamária mais lateral, incluindo a cauda axilar.

Visualização magnificada CCVisualização magnificada MLO

Os critérios comuns para a avaliação da qualidade da imagem são: •posicionamento correto do dispositivo de exposição automática;

•exposição correta;

• compressão apropriada;

•tecido mamário estendido.

•Demonstração de: informações exatas do paciente e marcador; técnica de processamento adequada; imagens simétricas; qualidade de imagem ideal.

•Ausência de: dobras na pele; anatomia sobreposta (ombros, tecido mamário); movimento; artefatos pré e pós processamento.

Posicionamento para visualização C.

Kodak é uma marca registrada de Eastman Kodak Company N 5 - 1 0 0 P©Eastman Kodak Company, 2000136 2854

Posicionamento para visualização MLO .

Posicionamento para visualização ML/LM. Posicionamento para visualização C estendida.

Comentários