prova para fisioterapeuta

prova para fisioterapeuta

(Parte 1 de 7)

UnB/CESPE – PMV / SAÚDE TARDECaderno J Cargo 1: Fisioterapeuta– 1 –

Nas questões de 1 a 50, marque, em cada uma, a única opção correta, de acordo com o respectivo comando. Para as devidas marcações, use a folha de respostas, único documento válido para a correção das suas provas.

LÍNGUA PORTUGUESA Texto para as questões de 1 a 3

Dar palavra aos sentimentos

Os sentimentos de dor ou prazer são os alicerces da1 mente. É fácil não dar conta dessa simples realidade porque as imagens dos objetos e dos acontecimentos que nos rodeiam, bem como as imagens das palavras e frases que os4 descrevem ocupam toda a nossa modesta atenção, ou quase toda. Mas é assim. Os sentimentos de prazer ou de dor ou de toda e qualquer qualidade entre dor e prazer, os sentimentos7 de toda e qualquer emoção, ou dos diversos estados que se relacionam com uma emoção qualquer, são a mais universal das melodias, uma canção que só descansa quando chega o10 sono, e que se torna um verdadeiro hino quando a alegria nos ocupa, ou se desfaz em lúgubre réquiem quando a tristeza nos invade.13

Dada a ubiqüidade dos sentimentos, seria fácil pensar que sua ciência estaria já há muito elucidada. Mas não está.

Dentre todos os fenômenos mentais que podemos descrever,16 os sentimentos e os seus ingredientes essenciais — a dor e o prazer — são de longe os menos compreendidos no que diz respeito à sua biologia e em particular à sua neurobiologia.19

Isso é especialmente surpreendente quando pensamos que as sociedades avançadas cultivam os sentimentos da forma mais despudorada e os manipulam com práticas cuja única22 finalidade é o bem-estar.

António Damásio. Em busca de Espinosa: prazer e dor na ciência dos sentimentos. São Paulo: Companhia das Letras, 2004, p. 1-2 (com adaptações).

QUESTÃO 1

Quanto às idéias do texto, assinale a opção correta.

AComo os sentimentos de dor e prazer são os alicerces da mente, as pesquisas em neurociência devem concentrar-se nesses dois sentimentos.

BA pesquisa científica concentra-se apenas na linguagem e nos fenômenos naturais.

CA ciência tenta, atualmente, compreender as relações entre a composição musical e os sentimentos de alegria e tristeza dos compositores.

DA biologia e a neurobiologia de alguns fenômenos mentais têm sido compreendidas pela ciência.

EO objetivo de se estudarem os sentimentos é proporcionar bem-estar ao ser humano.

QUESTÃO 2

Considerando as idéias do texto e a sua organização, assinale a opção correta.

ANa linha 2, “dessa” é utilizado para se referir a “mente”. BO trecho “porque as imagens (...) ou quase toda” (R.2-6) contém a explicação para a afirmativa de ser fácil não dar conta de que a dor e o prazer são os alicerces da mente.

CA ubiqüidade dos sentimentos é a causa de a ciência que estuda os sentimentos não estar elucidada.

DO segmento “quando a alegria nos ocupa” (R.1-12) expressa uma condição para que a canção se torne um verdadeiro hino.

EO sentido original do texto seria alterado se o trecho “Isso é especialmente surpreendente” (R.20) fosse reescrito da seguinte forma: É essencialmente surpreendente isso.

QUESTÃO 3

Julgue os itens a seguir, referentes às estruturas lingüísticas do texto.

ISem se alterar o sentido do texto, seria gramaticalmente correto reescrever o trecho “É fácil não dar conta dessa simples realidade” (R.2) da seguinte forma: Não é fácil dar conta dessa simples realidade.

IIA palavra “uma”, em “com uma emoção qualquer” (R.9), confere sentido indefinido ao substantivo “emoção”.

IIIA partícula “que”, tanto na linha 10 quanto na 15, pertence a uma mesma classe de palavras.

IVO emprego do sinal indicativo de crase, em “no que diz respeito à sua biologia” (R.18-19) é facultativo.

A quantidade de itens certos é igual a

Assinale a opção correta de acordo com as regras de concordância verbal e nominal.

AFoi necessário, para entender como os neurônios interagem, vários experimentos científicos.

BO estudo das relações entre o corpo e a mente começam a se tornar conhecidos do público leigo.

CEquipes do Brasil e do resto do mundo, responsável pela investigação da mente, encontraram-se no mês passado.

DOs sentimentos e a mente humanos vêm intrigando filósofos e cientistas há séculos.

ENa década de 90 do século passado, houveram avanços significativos no estudo da mente humana.

QUESTÃO 5

A ciência já identificou um gene da espiritualidade e1 conseguiu mapear os circuitos neurais responsáveis pelas emoções ligadas à fé. A evolução gravou em nosso genoma a necessidade da devoção e isso ajudou a espécie a sobreviver4 à Idade do Gelo. A descoberta desse gene ou os exames de imagem capazes de mostrarem os circuitos neurais envolvidos nas emoções suscitadas pelas orações não encerram a busca7 pelas raízes da fé, uma saga que mobiliza teólogos desde o início da civilização.

Veja, 7/2/2007 (com adaptações). Haveria erro gramatical no texto caso

Aa palavra “circuitos” (R.2) estivesse grafada com acento agudo no segundo i.

Bfossem colocadas, na linha 3, uma vírgula após a forma verbal “gravou” e outra após “genoma”.

Ca forma verbal “mostrarem” (R.6) fosse empregada sem a flexão de número.

D“pelas” (R.8) fosse substituído por das. Eum travessão substituísse a vírgula após “fé” (R.8).

UnB/CESPE – PMV / SAÚDE TARDECaderno J Cargo 1: Fisioterapeuta– 2 –

Texto para as questões de 6 a 8

As duas questões mais profundas sobre a mente são:1

“O que possibilita a inteligência?” e “O que possibilita a consciência?”. Com o advento da ciência cognitiva, a inteligência tornou-se inteligível. Talvez não seja tão chocante afirmar que,4 em um nível de análise muito abstrato, o problema foi resolvido. Mas a consciência ou a sensibilidade, a sensação nua e crua da dor de dente, do rubor, do salgado e do dó central, continua sendo7 um enigma embrulhado em um mistério mágico dentro do impenetrável. Quando nos perguntam o que é a consciência, não temos melhor resposta que a de Louis Armstrong quando uma10 repórter perguntou-lhe o que era jazz: “Moça, se você precisa perguntar, nunca saberá”. Mas até mesmo a consciência não é um mistério tão consumado quanto costumava ser. Partes do mistério13 foram sondadas e transformadas em problemas científicos ordinários.

Steven Pinker. Como a mente funciona. São Paulo: Companhia das Letras, 1998, p. 71 (com adaptações).

QUESTÃO 6

Com base no texto e nas regras de pontuação prescritas pela gramática, assinale a opção incorreta.

ANo segmento “a sensação nua e crua da dor de dente, do rubor, do salgado e do dó central” (R.6-7), as vírgulas são utilizadas para separar elementos de uma enumeração.

(Parte 1 de 7)

Comentários