(Parte 1 de 5)

Refrigera Refrigeraçç ão Industrial ão Industrial e Comercial e Comercial

Ciclos de Refrigera Ciclos de Refrigeraçç ão por ão por

Compressão de Vapor Compressão de Vapor

Transparências Transparências

02/2009 P ME2513 Refrigeração Industrial e Comercialslide 2

Plano de Aula Plano de Aula

Revisão de Conceitos Revisão de Conceitos

Ter modinâ mica Transferência de Calor

Sistemas de Refrigera Sistemas de Refrigeraçç ão ão

Definições

Ciclo por Compressão de Vapor processos ciclos ideais: ciclo de Carnot e ciclo padrão ciclos ideais x ciclo real

02/2009 P ME2513 Refrigeração Industrial e Comercialslide 3

Revisão de Termodinâmica Revisão de Termodinâmica

Siste ma Siste ma quantidade de matéria com massa e identidade fixas na qual concentramos nossa atenção massa não pode cruzar a fronteira

02/2009 P ME2513 Refrigeração Industrial e Comercialslide 4

Revisão de Termodinâmica Revisão de Termodinâmica

Volume de controle Volume de controle região de interesse na qual concentramos nossa atenção massa pode cruzar a superfície de controle vamos trabalhar principal mente com VC’s

02/2009 P ME2513 Refrigeração Industrial e Comercialslide 5

Revisão de Termodinâmica Revisão de Termodinâmica

Propriedade Propriedade característica macroscópica de um VC propriedades extensivas x intensivas extensiva: valor para o todo éigual àsoma das partes massa, volume, energia...

intensiva: valores são independentes de dimensões ou extensões de um sistema ou volume de controle pressão, te mperatura...

propriedades específicas propriedades extensivas divididas pela massa ou volume massa específica, volume específico, energia específica...

02/2009 P ME2513 Refrigeração Industrial e Comercialslide 6

Revisão de Termodinâmica Revisão de Termodinâmica

Estado Estado condição de um volume de controle, descrita por suas propriedades para substâncias puras duas propriedades independentes definem o estado termodinâmico para misturas são necessárias n+1 propriedades independentes psicrometria ⇒mistura ar-vapor (dois componentes três propriedades: pressão, TBS e TBU

Equil Equilíí brio Termodinâmico brio Termodinâmico condição de balanço de forças e outras influências entre o volume de controle e o meio externo

02/2009 P ME2513 Refrigeração Industrial e Comercialslide 7

Revisão de Termodinâmica Revisão de Termodinâmica

Processo Processo caminho percorrido (sucessão de estados intermediários) por um sistema ou volume de controle em uma mudança de estado processo quase-estático processo ideal em que os estados intermediários são estados de eq uilíbrio ter modinâ mico

Ciclo Ciclo seqüência de processos que começa e termina no mesmo estado

02/2009 P ME2513 Refrigeração Industrial e Comercialslide 8

Revisão de Termodinâmica Revisão de Termodinâmica

Algu mas Algu mas defini definiçç ões ões

Subtância Subtância pura pura: substância unifor me e invariável na co mposição quí mica

Fase Fase: quantidade de matériatotal men te ho mogên ea em co mposição quí mica e es truturafísica sólida(gelo) líquida(águalíquida) gasosa(vapor d’água)

Mudan Mudanççaa de de fase fase sólido-líquido solidificação/liquefação líquido-vapor evaporação/condensação sólido-vapor subli mação

02/2009 P ME2513 Refrigeração Industrial e Comercialslide 9

Revisão de Termodinâmica Revisão de Termodinâmica

Algum as propriedades Algum as propriedades pressão pressão força exercida sobre uma área unidade SI: Pa = N/m2 (Pa ou pascal) outras unidades:

02/2009 P ME2513 Refrigeração Industrial e Comercialslide 10

Revisão de Termodinâmica Revisão de Termodinâmica

Algum as propriedades Algum as propriedades pressão pressão cálculos termodinâmicos ⇒ pressões absolutas pressões absolutas

02/2009 P ME2513 Refrigeração Industrial e Comercialslide 1

Revisão de Termodinâmica Revisão de Termodinâmica

Algum as propriedades Algum as propriedades te mperatura te mperatura noção familiar, porém definição rigorosa na termodinâmica clássica écomplicada.

sensação de quente/frio corpo quente em contato com corpo frio aquece esse último costuma-se definir

Igualdade de Temperaturas Igualdade de Temperaturas

“Se dois corpos estiverem em contato térmico, e não for observada variação de qualquer propriedade mensurável (por exemplo comprimento ou volume) em nenhum deles, diz-se então que eles estão em igualdade de temperatura”

02/2009 P ME2513 Refrigeração Industrial e Comercialslide 12

Revisão de Termodinâmica Revisão de Termodinâmica

(Parte 1 de 5)

Comentários