(Parte 4 de 7)

Furadeira de bancada

SENAI Departamento Regional do Espírito Santo24

São montadas sobre bancadas de madeira ou aço. Sua capacidade de furação é em média de até 12 m.

Furadeira de coluna

Esta furadeira tem como características o comprimento da coluna e a capacidade que é, em geral superior a de bancada.

SENAI Departamento Regional do Espírito Santo25

Furadeira Radial

A furadeira radial é destinada à furação em peças grandes em vários pontos, dada a possibilidade de deslocamento do cabeçote.

Possui avanços automáticos e refrigeração da ferramenta por meio de bomba.

Furadeira Portátil

Pode ser transportada com facilidade e pode-se operá-la em qualquer posição.

SENAI Departamento Regional do Espírito Santo26

Características

1. potência do motor 2. número de rpm 3. capacidade 4. deslocamento máximo de eixo principal

Condições de uso

1. A máquina deve estar limpa 2. O mandril em bom estado

3. Broca bem presa e centrada

Observação: Lubrificação periódica com lubrificante próprio.

Brocas

Descrição

As Brocas são ferramentas de corte, de forma cilíndrica, com canais retos ou helicoidais que terminam em ponta cônica e são afiadas com determinado ângulo.

Comentários

As brocas se caracterizam pela medida do diâmetro, forma da haste e material de fabricação, são fabricadas, em geral, em aço carbono e aço rápido. As brocas de aço rápido são utilizadas em trabalhos que exijam maiores velocidades de corte, oferecendo maior resistência ao desgaste e calor do que as de aço carbono.

Classificação

As brocas apresentam-se em diversos tipos, segundo a natureza e características do trabalho a ser desenvolvido. Os principais tipos de brocas são:

1. Broca Helicoidal • Haste Cônica

• Haste Cilíndrica

2. Broca de Centrar 3. Broca com Orifícios para Fluído de Corte 4. Broca Escalonada ou Múltipla

A Broca Helicoidal é o tipo mais usado, e apresenta a vantagem de conservar o seu diâmetro, embora se faça reafiação dos gumes várias vezes.

SENAI Departamento Regional do Espírito Santo27

As brocas helicoidais diferenciam-se apenas pela construção das hastes, pois as que apresentam haste cilíndrica são presas em um mandril, e as haste cônica, montadas diretamente no eixo da máquina.

Broca helicoidal de haste cônica.

Os ângulos das brocas helicoidais são as condições que influenciam o seu corte. O ângulo da ponta da broca deve ser de:

a- 118º, para trabalhos mais comuns b- 150º, para aços duros c- 125º, para aços tratados ou forjados d-100º, para o cobre e o alumínio

f- 60º , para baquelite, fibra e madeira.

e- 90º , para o ferro macio e ligas leves

As arestas cortantes devem ter, rigorosamente, comprimentos iguais, ou seja, A = A'

1. As brocas devem ser bem afiadas, com a haste em boas condições e bem fixadas.

Algumas medidas devem ser observadas para o perfeito funcionamento das brocas, tais como: 2. As arestas de corte devem ter o mesmo comprimento. 3. O ângulo de folga ou incidência deve ter de 9º a 15º;

SENAI Departamento Regional do Espírito Santo28

3. Evitar quedas, choques, limpá-las e guardá-las em lugar apropriado, após seu uso.

Machos de Roscar

São ferramentas de corte, constituídas de aço-carbono ou aço rápido, destinadas à remoção ou deformação do material. Um de seus extremos termina em uma cabeça quadrada, que é o prolongamento de haste cilíndrica. Dentre os materiais de construção citados, o aço rápido é o que apresenta melhor tenacidade e resistência ao desgaste, características básicas de uma ferramenta de corte.

Machos de roscar - Manual

São apresentados em jogos de 2 ou 3 peças, sendo variáveis a entrada da rosca e o diâmetro efetivo. A norma ANSI (American National Standard Institute) apresenta o macho em jogo de 3 peças, com variação apenas na entrada, conhecido como perfil completo. A norma DIN (Deutsche Industrie Normen) apresenta o macho em jogo de 2 ou 3 peças, com variação do chanfro e do diâmetro efetivo da rosca, conhecido como seriado.

SENAI Departamento Regional do Espírito Santo29

Observação:Diâmetro efetivo - Nas roscas cilíndricas, o diâmetro do cilindro é imaginário, sua superfície intercepta os perfis dos filetes em uma posição tal que a largura do vão nesse ponto é igual á metade do passo. Nas roscas, cujos filetes têm perfis perfeitos, a interseção se dá em um ponto onde a espessura do filete é igual à largura do vão.

A máquina

Os machos, para roscar a máquina, são apresentados em 1 peça, sendo o seu formato normalizado para utilização, isto é, apresenta seu comprimento total maior que o macho manual (DIN).

Características São 6 (seis) as características dos machos de roscar:

• Sistema de rosca.

• Sua aplicação.

(Parte 4 de 7)

Comentários