(Parte 1 de 3)

O s t e o l o g i a

Pescoço= 8

Tórax= 37 24 costelas 12 vértebras 1 esterno

Abdômen= 7 5 vértebras lombares 1 sacro 1 cóccix

Membro Superior= 32 Cintura Escapular= 2 Braço= 1 Antebraço= 2 Mão= 27

Membro Inferior= 31 Cintura Pélvica= 1 Coxa= 1 Joelho= 1 Perna= 2 Pé= 26

Ossículos do Ouvido Médio= 3

Número de Ossos do Corpo Humano: 206 ossos.

Osistema esquelético é composto de ossos e cartilagens.

O osso, uma forma rígida de tecido conjuntivo, forma a maior parte do esqueleto e é o principal tecido de suporte do corpo.

são órgãos esbranquiçados, muito duros, que unindo-se aos outros, por intermédio das articulações constituem o esqueleto.

O tecido ósseo participa de um contínuo processo de remodelamento dinâmico, produzindo ossonovo e degradando osso velho.

Funções do Sistema Esquelético:

Sustentação do organismo (apoio para o corpo) Proteção de estruturas vitais (coração, pulmões, cérebro) Base mecânica para o movimento Armazenamento de sais (cálcio, por exemplo) Hematopoiética (suprimento contínuo de células sangüíneas novas)

Tipos de ossos As diferenças entre os dois tipos de osso, compacto e esponjoso ou trabecular, dependem da quantidade relativa de substâncias sólidas e da quantidade e tamanho dos espaços que eles contêm. Todos os ossos tem uma fina lâmina superficial de osso compacto em torno de uma massa central de osso esponjoso, exceto onde o último é substituído por uma cavidade medular. O osso compacto do corpo, ou diáfise, que envolve a cavidade medular é a substância cortical. A arquitetura do osso esponjoso e compacto varia de acordo com a função. O osso compacto fornece forçapara sustentaro peso.

Nos ossos longos planejados para rigidez e inserção de músculos e ligamentos, a quantidade de osso compacto é máxima, próximo do meio do corpo onde ele está sujeito a curvar-se. Os ossos possuem alguma elasticidade (flexibilidade) e grande rigidez.

Periósteoe Endósteo:

O Periósteo é uma membrana de tecido conjuntivo denso, muito fibroso, que reveste a superfície externa da diáfise, fixando-se firmemente a toda a superfície externa do osso, exceto à cartilagem articular. Protege o osso e serve como ponto de fixação para os músculos e contém osvasos sangüíneos que nutrem o osso subjacente.

O Endósteo se encontra no interior da cavidade medular do osso, revestido por tecido conjuntivo.

Anatomiaaplicada Tumor de Células Gigantes Central Displasia fibrosa Osteoporose Fraturaem galho verde Osteomielite Necrose avascular

Cartilagem - é uma forma elástica de tecido conectivo semi-rígido - forma partes do esqueleto nas quais ocorre movimento. A cartilagem não possui suprimento sangüíneo próprio; conseqüentemente, suas células obtêm oxigênio e nutrientes por difusão de longo alcance.

Articulações

O sistema articular é constituído por articulações e seus ossos e ligamentos associados

Sua classificação está de acordo com a espécie de material que une ou liga os ossos envolvidos, 1. Articulações fibrosas 2. Articulações cartilaginosas 3. Articulações sinoviais

1. Articulações fibrosas Sinartrose –quantidade de movimento que ocorre em uma articulação fibrosa

1.Suturas –ocorrem sempre no crânio. Recém-nascidos –fontículos ou fontanelas (Moleira –fontanela anterior). Sinostose–fusão dos ossos nas linha de sutura

2. Sindesmose –união dos ossos por uma ampla faixa de tecido fibroso denso. Pronação e supinação do antebraço e mão.

3. Gonfose–articulação entre o dente e o osso. Movimentos nesta articulação é considerada uma condição patológica (Periodontite).

Sindromede Apert e Crouzon caracterizada pela união precoce das suturas do crânio. É também vista na mesma a sinostose prematura, que é entendida como a rápida troca de tecido conjuntivo por tecido ósseo. Com a craniosinostose precoce (fechamento precoce das suturas cranianas), ocorre a exoftalmia, a hipoplasia da maxila, o hipertelorismo, proptose ocular, braquicefalia. É comum também encontrarmos a úvula bífida e/ou fenda no palato mole e, má oclusão dentária. Mas, a principal característica, a qual diferencia a Síndrome de Apert da Síndrome de Crouzon, é a presença de sindactilia, que é a união dos dedos dos pés e/ou das mãos. Como tratamento paraesta síndrome, podemos citaro avançodo osso frontal e da maxila.

2. Articulações cartilaginosas

1.Articulações cartilaginosa primária –sicondrose –permitem ligeira inclinação durante o inicio da vida –ex. durante o desenvolvimento dos ossos longos –placa cartilaginosa epifisária.

2. Articulações cartilaginosa secundária –sínfise –articulações fortes e ligeiramente móveis –ex. entre os corpos vertebrais (discos intervertebrais fibrocartilagionosos –adaptadas para absorver choques), sínfise púbica, sínfise mentoniana

1. Articulações Sinoviais

Permite o movimento livre entre os ossos que unem e são típicas de quase todas as articulações dos membros – ombro, quadril. Possuem uma substância lubrificante chamada líquido sinovial

As articulações sinoviaispossuem: 1.Uma cavidade articular 2.Uma cartilagem articular 3.Uma cápsula articular

Anatomia aplicada

1. Artrite 2. Osteoartrite

O sistema esquelético consiste em duas partes principais:

Esqueleto Axial -Composta pelo crânio, coluna vertebral, esterno e costelas. Esqueleto Apendicular -Composta pelos ossos da cintura escapular (ombros) pélvia (quadril) e membros superiores e inferiores.

Classificação dos ossos

1.Ossos Longos 2.Ossos curtos 3.Ossos planos 4. Intermediários 1.Ossos irregulares 2.Ossos sesamóides 3.Ossos acessórios

OssosLongos

Tem o comprimento maior que a largura e são constituídos por um corpo e duas extremidades. Eles são um pouco encurvados, o que lhes garante maior resistência. O osso um pouco encurvado absorve o estresse mecânico do peso do corpo em vários pontos, de tal forma que há melhor distribuição do mesmo. Os ossos longos tem suas diáfises formadas por tecido ósseo compacto e apresentam grande quantidade de tecido ósseo esponjoso em suas epífises.

Estrutura dos Ossos Longos:

A disposição dos tecidos ósseos compacto e esponjoso em um osso longo é responsável por sua resistência. Os ossos longos contém locais de crescimento e remodelação, e estruturas associadas às articulações. Aspartes de um osso longo são as seguintes:

Diáfise: é a haste longa do osso. Ele é constituída principalmente de tecido ósseo compacto, proporcionando, considerável resistência ao ossolongo.

Epífise: as extremidades alargadas de um osso longo. A epífise de um osso o articula, ou une, a um segundo osso, em uma articulação. Cada epífise consiste de uma fina camada de osso compacto que reveste o ossoesponjoso e recobertas por cartilagem.

Metáfise:parte dilatada da diáfise mais próxima da epífise

OssosCurtos

São parecidos com um cubo, tendo seus comprimentos praticamente iguais às suas larguras. Eles são compostos por osso esponjoso, exceto na superfície, onde há fina camada de tecido ósseo compacto. Apenas no pé e no punho.

(Parte 1 de 3)

Comentários