Equilíbrio de Oxirredução

Equilíbrio de Oxirredução

(Parte 4 de 4)

Primeiro obtém a equação da reação da meia célula balanceada:

Nós escrevemos a equação de Nernst:

0,05915 ared
n aox
0,05915 a2Cr3+ a7H2O
6 aCr2O7
0,05915 aCr2O7
6 a2Cr3+ a7H2O
[Cr2O7
[Cr3+]2
[Cr2O7
2-]
[Cr3+]2
[Cr2O7
2-]
[Cr3+]2

E = + 1,36 + 0,01 log (-------------) - 0,14 pH

5.7. Efeito do equilíbrio de complexação no potencial de eletrodo.

Algumas das mais exatas determinações das constantes de estabilidade ou de formação de complexos tem sido feitas usando eletrodos iônico seletivos na presença das espécies complexantes.

Exemplo: Nós podemos calcular o potencial de um eletrodo de prata em uma solução originalmente feita com [Ag+] = 0,01 M e [NH3] = 0,1 M. Nesta solução nós temos o seguinte equilíbrio:

o qual é controlado pela constante de estabilidade:

No início, nenhum íon complexo está presente, porém no equilíbrio as concentrações aproximadas serão:

[Ag+] = 0

[NH3] = 0,10 – 2 (0,01) = 0,08 M

(1,67 x 107) [NH3]2
0,01

E = + 0,7991 + 0,05915 log 9,36 x 10-8 = + 0,3833 V

(Parte 4 de 4)

Comentários