Boas Praricas em Alimentação - Apostila 2

Boas Praricas em Alimentação - Apostila 2

(Parte 1 de 2)

Conselho Deliberativo do Sebrae-SP Presidente: Alencar Burti ACSP - Associação Comercial de São Paulo ANPEI - Associação Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento das Empresas Industriais BANESPA - Banco do Estado de São Paulo FAESP - Federação da Agricultura do Estado de São Paulo FECOMÉRCIO - Federação do Comércio do Estado de São Paulo FIESP - Federação das Indústrias do Estado de São Paulo ParqTec - Fundação Parque da Alta Tecnologia São Carlos IPT - Instituto de Pesquisas Tecnológicas Secretaria de Estado de Negócios da Fazenda SEBRAE - Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas SINDIBANCOS - SP - Sindicato dos Bancos do Estado de São Paulo B -Superintendência Estadual do Banco do Brasil CAIXA - Superintendência Estadual da Caixa Econômica Federal

Diretor Superintendente José Luiz Ricca

Diretores Operacionais Carlos Eduardo Uchôa Fagundes Carlos Roberto Pinto Monteiro

Gerentes Executivos André Gustavo C. de Melo Regina Maria Borges Bartolomei Waldir Catanzaro

Unidade Organizacional de Inovação e Acesso àTecnologia Gerente Marcelo Dini Oliveira

Coordenação Evelin Cristina Astolpho - Coordenadora do Programa Alimentos Seguros no Estado de São Paulo

Elaboração Sandra Rojas Dualibi - Consultora Técnica do Programa Alimentos Seguros Agnaldo Simão - Consultor do Programa Sebrae da Qualidade Total

Fotos e Ilustrações PAS - Programa Alimentos Seguros

Projeto Gráfico e Coordenação de Produção Assessoria de Marketing: Área de Desenvolvimento de Produtos Capa: Francisco Ferreira Projeto Gráfico: Marcelo Costa Barros Coordenação de Produção: Patrícia de Mattos Marcelino Diagramação: Grapho Soluções Gráficas Fotolito e Impressão: Garilli Gráfica e Editora LTDA

FASCÍCULO 2

1º Edição Novembro - 2004

BOAS PRÁTICAS05
O SISTEMA APPC06
VEJA SE VOCÊ APLICA BOAS PRÁTICAS07
TABULAÇÃO DAS RESPOSTAS1
AVALIAÇÃO DOS RESULTADOS1
I. QUALIDADE DA ÁGUA12
DICAS - COMO HIGIENIZAR A CAIXA D’ÁGUA13
USO DA ÁGUA POTÁVEL14
I. CONTROLE DE PRAGAS14
CUIDADOS A SEREM TOMADOS EM AMBIENTES QUE SE MANIPULA ALIMENTOS15
RECOMENDAÇÕES PARA ALIMENTOS POTENCIALMENTE PERIGOSOS15
PRODUTOS QUÍMICOS PARA ELIMINAR AS PRAGAS16
GLOSSÁRIO17

ÍNDICE BIBLIOGRAFIA ................................................................................................................. 18

Fascículo 2 - Boas Práticas 1 .................................................................................................................................. 5

As Boas Práticas nada mais são do que Práticas de Higiene recomendadas para o Manuseio de Alimentos, tendo como objetivo a obtenção de produtos seguros. São práticas preventivas e incluem aspectos que vão desde a produção no campo até a mesa do consumidor final, passando pela industrialização, a distribuição e a comercialização.

Alguns fatores devem ser observados para que uma empresa aplique as Boas Práticas, como por exemplo:

•Higiene pessoal, como higiene das mãos, uso de roupas protetoras e adequadas para se manipular alimentos; •Limpeza e sanificação de equipamentos e utensílios;

•Examinar regularmente áreas internas e externas para detectar infestação de pragas, como baratas, ratos, entre outros;

•Assegurar a qualidade da água, que deve ser potável para preparo de alimentos (como ingrediente), para fazer a limpeza, etc.

A aplicação das Boas Práticas em uma empresa seja indústria ou comércio, ou até no campo, permite a obtenção de produtos com maior qualidade e com segurança. Conseqüentemente, a empresa terá uma redução nos desperdícios, redução no custo de produção, redução do número de reclamações dos clientes, além de um ambiente de trabalho mais agradável, limpo e livre de riscos para os manipuladores.

As Boas Práticas são práticas internacionais, utilizadas em quase todos os países do mundo e têm com base o Codex Alimentarius.

Em 1993: Adoção do “Guidelines for the Application of the HACCP System” - Guia para aplicação do Sistema APPCC (Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle) pela Comissão Codex Alimentarius. A aplicação do Sistema APPCC tem como pré-requisito a aplicação das Boas Práticas.

Em 1994: Indicação do Codex Alimentarius como referência pela Organização Mundial do Comércio (OMC).

6 ............................................................................................................................. ..... Fascículo 2 - Boas Práticas 1

O Sistema APPCC se baseia na identificação e no controle de perigos de natureza biológica, física ou química, relacionados com a saúde do consumidor, em pontos específicos do preparo dos alimentos. Esses pontos ou etapas do preparo de alimentos são os chamados pontos críticos de controle, ou seja, são as etapas que temos que tomar maior cuidado, para prevenir os perigos ou eliminá-los ou reduzílos a níveis seguros.

• Identificar os alimentos e os procedimentos que podem provocar doenças de origem alimentar;

• Desenvolver procedimentos que reduzam o risco de um surto de doença transmitida por alimentos; • Monitorar os procedimentos para conservar os alimentos seguros e,

• Verificar se o alimento servido é efetivamente seguro.

A falta das Boas Práticas pode levar a contaminação dos alimentos e, conseqüentemente, causar males aos indivíduos.

Veja a seguir os itens das Boas Práticas que devem ser adotados pelas empresas e que podem também ser praticados em nossa casa:

• I. Qualidade da água; • I. Controle de pragas;

• I. Higiene e comportamento pessoal;

• IV. Controle da saúde do manipulador;

• V. Higiene do ambiente, das superfícies, utensílios e equipamentos;

• VI. Controle de matérias primas e fornecedores;

• VII. Regras para visitantes (para empresas que produzam e comercializam alimentos);

• VIII. Estrutura física da empresa e suas instalações (para empresas que produzam e comercializam alimentos); • IX. Recolhimento (recall).

Fascículo 2 - Boas Práticas 1 .................................................................................................................................. 7

Instruções Para cada questão, existem 3 possibilidades. Escolha apenas uma resposta.

A) A caixa d´água da sua casa ou da sua empresa:

1. Você não sabe onde fica. 2. Limpa 1 vez por ano ou 1 vez a cada 2 anos. 3. Lava e desinfeta de 6 em 6 meses.

B) Como se encontra a caixa d´água da sua casa ou empresa?

1. Destampada. 2. Tampada, porém com a tampa rachada ou quebrada. 3. Tampada e sem rachaduras ou qualquer parte quebrada.

C) O gelo que você utiliza é:

1. Não sei se foi fabricado com água potável. 2. Fabricado com água potável, mas sem embalagem. 3. Fabricado com água potável, protegido por embalagem e com identificação.

D) Quando você está com sede, bebe água:

1. De bicas, sem se preocupar qual a procedência. 2. Da torneira que vem da rede pública, porém que ficou em caixa d´água sem limpeza. 3. Que vem da rede pública e que ficou armazenada em caixa d´água limpa ou fervida ou água mineral.

E) O cesto de lixo da sua cozinha fica:

1.Aberto e sem saco plástico. 2.Com tampa e sem saco plástico ou sem tampa e com saco plástico. 3.Com tampa e com saco plástico.

8 ............................................................................................................................. ..... Fascículo 2 - Boas Práticas 1

F) Você controla as pragas (moscas, baratas) da sua cozinha:

1. Matando a praga que você avistou. 2. Procurando o foco e jogando inseticida no local. 3. Fazendo uma desinsetização com regularidade.

G) Se na sua cozinha há formigas, o que você faz?

1. Nada, afinal formigas fazem bem para os olhos. 2. Mata todas que encontra. 3. Faz uma desinsetização no ambiente para evitar que elas voltem a aparecer.

H) Na sua cozinha:

1. Sempre há a presença de gatos e/ou cachorros. 2. Às vezes há a presença de gatos e/ou cachorros. 3. Nunca há gatos e/ou cachorros.

I) Quando está manipulando alimentos você:

1. Canta e assobia feliz ou conversa com todos que aparecem ao seu lado. 2. Conversa com aqueles que aparecem ao seu lado apenas de vez em quando. 3. Procura não conversar para não prejudicar a qualidade do alimento que você está manipulando.

J) Se você está manipulando alimentos e dá uma vontade de fumar, você:

1. Fuma, mas deixa o cigarro num cantinho na pia. 2. Fuma, mas lava as mãos com água sempre que tem um tempinho. 3. Pára de manipular o alimento, sai da cozinha para fumar e, antes de voltar a manipular, lava as mãos com água e sabão.

K) Ao sair do banheiro você:

1. Não lava as mãos. 2. Lava as mãos com água. 3. Lava as mãos com água e sabão.

L) Enquanto você está manipulando alimentos, os seus cabelos:

1. Ficam soltos. 2. Ficam presos. 3. Ficam protegidos por uma rede ou lenço.

Fascículo 2 - Boas Práticas 1 .................................................................................................................................. 9

M) Se você vai manipular alimentos e está com as unhas compridas e pintadas, você:

1. Deixa as unhas compridas e com esmalte. 2. Tira o esmalte. 3. Tira o esmalte e corta as unhas.

N) Quando você interrompe a manipulação de algum alimento para atender ao telefone ou à campainha, ou ainda, mexer com dinheiro, você:

1. Volta a manipular o alimento sem lavar as mãos. 2. Lava as mãos com água. 3. Lava as mãos com água e sabão.

O) Antes de iniciar a manipulação de um alimento, você:

1. Não lava as mãos. 2. Lava as mãos com água. 3. Lava as mãos com água e sabão.

P) Quando você manipula alimento, você:

1. Sempre usa relógio, anéis, brincos. 2. Eventualmente usa relógio, anéis, brincos. 3. Nunca usa relógio, anéis, brincos.

Q) Se você usa luvas descartáveis para manipular alimentos, você:

1. Põe as luvas sem lavar as mãos. 2. Põe as luvas após lavar as mãos com água. 3. Põe as luvas após lavar as mãos com água e sabão.

R) Ao usar luvas para manipular alimentos, você:

1. Não as retira para fumar, ir ao banheiro, atender ao telefone ou campainha ou mexer com dinheiro. 2. Retira as luvas para fumar, ir ao banheiro, atender ao telefone ou campainha ou mexer com dinheiro e, ao retornar, veste luvas novas sem lavar as mãos. 3. As retira para fumar, ir ao banheiro, atender ao telefone ou campainha ou mexer com dinheiro e, ao retornar, veste luvas novas após lavar as mãos com água e sabão.

10 ............................................................................................................................ ...... Fascículo 2 - Boas Práticas 1

S) A sua tábua de carne é:

1. De madeira. 2. De madeira, porém forrada com fórmica. 3. De polipropileno.

T) Se a colher caiu no chão, você:

1. Pega do chão e a utiliza. 2. Passa uma água e a utiliza novamente. 3. Lava com água e sabão antes de usá-la.

U) Para fazer a limpeza geral da cozinha, você:

1. Varre. 2. Lava com água. 3. Lava com água e sabão.

V) Quando você compra os produtos alimentícios:

1. Não confere a embalagem e a validade. 2. Confere sempre a validade. 3. Observa a data de validade e se a embalagem não está violada ou danificada.

X) Quando um produto, que ainda está no prazo de validade, apresentar sinais de deterioração, você:

1. Come mesmo assim. 2. Joga no lixo. 3. Reclama com o fabricante e solicita a troca.

Z) Quando sua família se reúne e vão todos para a cozinha, para preparar salgadinhos, docinhos, ou mesmo uma refeição, como se comportam?

1. Chegam na sua casa, vão direto para a cozinha e iniciam a tarefa sem lavar as mãos. 2. Chegam na sua casa, vão para a cozinha e iniciam a tarefa após lavar as mãos com água. 3. Chegam na sua casa, vão para a cozinha e iniciam a tarefa após lavar as mãos com água e sabão.

Fascículo 2 - Boas Práticas 1 .................................................................................................................................. 1

1. Marque na tabela abaixo o número da resposta escolhida em cada questão. Por exemplo, se você escolheu a resposta 1 para a questão A, marque 1 no espaço ao lado da letra A, e assim até a letra Z.

2. Some os valores e marque o total ao lado do espaço respectivo. Esse é o resultado do quanto você aplica as Boas Práticas. Veja abaixo o que ele representa.

De 24 a 45 pontos - você ou a sua empresa precisam de maior empenho para aplicar as Boas Práticas.

De 46 a 64 pontos - você está no caminho certo. Já está aplicando um pouquinho das Boas Práticas, mas não pode parar de buscar a forma correta para preparar um alimento de forma adequada.

De 65 a 72 pontos - você aplica as Boas Práticas. Procure melhorar ainda mais.

As respostas que demonstram a melhor forma de aplicar as Boas Práticas são as de número 3. Veja a seguir, neste fascículo e nos fascículos 3 e 4, cada uma delas e entenda como aplicá-las para que você prepare alimentos de forma segura.

12 ............................................................................................................................ ...... Fascículo 2 - Boas Práticas 1

A água utilizada para beber ou preparar os alimentos deve ser sempre potável, ou seja, límpida, inodora, insípida e livre de contaminações químicas e bacteriológicas.

Geralmente a água da rede pública é tratada e pode ser usada no preparo dos alimentos. Mas, se isso não acontece na sua cidade use água filtrada, fervida ou mineral.

Para garantir a qualidade da água vinda da rede pública deve-se garantir também a higiene das caixas d´água e cisternas. Para isso deve-se observar:

• Que sejam mantidas tampadas para evitar a entrada de insetos ou animais.

• Realizar a higienização logo após a instalação.

• Repetir a higienização a cada seis meses ou segundo a legislação sanitária local, ou ainda se ocorrer algum acidente que possa ter causado a contaminação da água.

A falta ou falha de qualquer um dos itens anteriores, pode por em risco a qualidade e/ou potabilidade da água.

Fascículo 2 - Boas Práticas 1 .................................................................................................................................. 13

Muita ATENÇÃO ao DESPERDÍCIO de água, essa é uma preocupação mundial.

Use-a de forma consciente!

• fechar a entrada da caixa d´água;

• esvaziar parcialmente a caixa d´água mediante consumo, deixando aproximadamente 4 dedos de água;

• antes de iniciar a limpeza, vedarvedarvedarvedarvedar as saídas de água da caixa;

• esfregar as paredes internas e o fundo, utilizando-se de um escovão ou vassoura que nunca tenham sido usados;

• retirar os resíduos com auxílio de pano e balde;

• após lavar bem desobstruir a saída da caixa d´água;

• fechar a saída da caixa, abrir a entrada e deixar entrar 100 litros de água;

• preparar solução usando 200 mililitros (ml) de água sanitária a 2,5% para cada 20 litros de água, ou de acordo com a recomendação do fabricante;

• banhar as paredes e deixar agir por pelo menos 2 horas;

• esvaziar a caixa abrindo todas as torneiras;

14 ............................................................................................................................ ...... Fascículo 2 - Boas Práticas 1

Formigas não fazem bem para os olhos! Elas são uma praga como qualquer outra. Também carregam contaminantes para os nossos alimentos.

Moscas, baratas, formigas, ratos, pássaros, gatos e outros animais transmitem microrganismos. Por isso, não podem estar presentes nos locais de preparo ou estoque de alimentos.

Geralmente as pragas ficam escondidas em frestas ou tocas. Nós geralmente vemos indícios como, por exemplo, fezes de ratos, asas de insetos, etc. Será possível ver as pragas no ambiente se houver infestação. Nesse caso, as providências para eliminá-las devem ser muito rápidas.

• Beber• Preparar alimentos • Descongelar alimentos• Lavar os utensílios e equipamentos

• Produzir gelo• Produzir vapor que entra em contato com os alimentos

(Parte 1 de 2)

Comentários