meio ambiente

meio ambiente

Faculdade de Tecnologia e Ciências

FTC – EaD

Ednaldo Italo Sousa Santos

“A Ética, Moralidade e Educação Ambiental”

SALVADOR

2007

Faculdade de Tecnologia e Ciências

FTC – EaD

Ednaldo Italo Sousa Santos

“A Ética, Moralidade e Educação Ambiental”

Trabalho apresentado como pré-requisito para obtenção de nota do Curso de Licenciatura em Geografia, Disciplina Fundamentos Histórico-Filosóficos da Educação – FHFE.

Orientador(a): Alexandra Santos

SALVADOR

2007

Resumo: A Ética, Moralidade e Educação Ambiental

Parece fácil dialogar sobre estes temas, relacionados ao quotidiano humano.

Alguns desde o inicio da existência humana, outros devido à necessidade do ser humano de preservá-la fez-se no sentido de urgência. Mas, a realidade é que estes temas interagem entre si. A ética e a moral, donas dos valores da sociedade, modeladora da postura padrão humana estão inseridas no contexto junto à Educação ambiental. No sentido de despertar no indivíduo a capacidade de entender que ecologia é muito mais do que uma simples disciplina na formação básica e sim uma forma de entender o mundo a sua volta e poder contribuir, e não atrapalhar, com a sua continuidade.

Durante séculos a sociedade preocupou-se unicamente em seus valores Monetários, e seus progressos. Porém, o aquecimento global e diversos fenômenos inesperados mudaram radicalmente as formas de vida. Não mais seria o mundo que não se preocuparia com o que ocorre ou o que deixa de ocorrer, e sim, agora é o mundo que quer continuar existindo e manter o verde.

Daí entram os valores éticos e morais, moldadores do pensamento e atitudes humanas, seriam eles capazes de “modelar” o pensamento de “preservação” do mundo. Não estariam alheios a estes fenômenos, e sim participam diretamente com os mesmos. Sendo eles os causadores de seus desastres e fenômenos mal sucedidos. Estariam mudando radicalmente a vida no planeta.

Estudando melhor um dos valores éticos pode-se notar que é possível a ética ajudar neste caso. “Não faça aos outros o que não gostaria que fizessem à si mesmo” – Refletindo melhor sobre esta frase pode-se notar que o ser humano destrói, e logo teriam que parar de destruir porque eles não gostariam que fizessem o mesmo a si próprio. Qual o ser que gostaria de se destruir? Então esta e outras frases vão tentando mudar o pensamento. Assim, restando a esperança de que este modelo seja seguido. Conseguindo resolver esta difícil tarefa. A da preservação do ecossistema.

Comentários