(Parte 1 de 2)

A Demonstração das Origens e

Aplicações de Recursos (DOAR) é um relatório necessário ao embasamento de decisões na área financeira. Ela demonstra a dinâmica patrimonial, na medida em que evidencia as variações ocorridas no patrimônio das entidades em determinado período, ou seja, é um instrumento facilitador do planejamento e da tomada de decisão.

Demonstração possui outras denominações tais com: Demonstração das Fontes e Usos de Recursos e Demonstração das Mutações da Posição Financeira, ou seja, demonstra-nos a política financeira da empresa com relação a forma de captar recursos (CAPITAL PRÓPRIO e CAPITAL de TERCEIROS), para suprir suas necessidades de investimentos (ORIGENS de RECURSOS), assim como, a forma como emprega o dinheiro nos seus negócios capital de giro, permanente, etc. (APLICAÇÕES de RECURSOS).

O termo Recursosnão significa o dinheiro em si. Abrange um conceito bem mais amplo: o Capital

Circulante Líquido –CCL–A

diferença ou subtração entre o Ativo

Circulante ( Contas que estão constantemente em giro ) e o

Passivo Circulante ( obrigações exigíveis que serão liquidadas até um ano de exercício seguinte ).

É importante salientar que CAPITAL CIRCULANTE LÍQUIDO não tem o mesmo significado de CAPITAL CIRCULANTE OU CAPITAL DE GIRO.

Ativo Circulante160.0,0
Ativo Permanente340.0,0
Total do Ativo50.0,0
Passivo Circulante120.0,0
Exigível a Longo Prazo10.0,0
Patrimônio Líquido280.0,0
Total do Passivo50.0,0

Ativo Circulante 160.0,0 ( - ) Passivo Circulante120.0,0 Capital Circulante Líquido 40.0,0

Exemplo 01: A Empresa Cia. Souza, que apresentou em 31/12/2001, o seguinte Balanço Patrimonial: *CCL Positivo:

Ativo Circulante110.0,0
Ativo Permanente390.0,0
Total do Ativo50.0,0
Passivo Circulante140.0,0
Exigível a Longo Prazo10.0,0
Patrimônio Líquido260.0,0
Total do Passivo50.0,0

Ativo Circulante 110.0,0 ( - ) Passivo Circulante140.0,0 Capital Circulante Líquido ( 30.0,0 )

Exemplo 02: A Empresa Cia. Souza, que apresentou em 31/12/2002, o seguinte Balanço Patrimonial: *CCL Negativo:

Ativo Circulante140.0,0
Ativo Permanente360.0,0
Total do Ativo50.0,0
Passivo Circulante140.0,0
Exigível a Longo Prazo10.0,0
Patrimônio Líquido260.0,0
Total do Passivo50.0,0
Ativo Circulante140.0,0
( - ) Passivo Circulante140.0,0
Capital Circulante Líquido- 0 -

Exemplo 03: A Empresa Cia. Souza, que apresentou em 31/12/2003, o seguinte Balanço Patrimonial: *CCL Neutro:

Éa de evidenciar a variação do Capital Circulante da Empresa, através da demonstração das variações sofridas pelo Ativo

Circulante e o Passivo Circulante, apresentando de forma ordenada as informações referentes às operações de financiamentos e investimentos da empresa.

MAS O § 6° DO ART.176 DA LEI

LÍQUIDO , NA DATA DO BALANÇO NÃO SUPERIOR A $ 1.0.0,0

Tornando obrigatório a partir de

1976, através do art. 176 da Lei

6.404, a DOAR éum instrumento importante, pois através de sua análise podemos obter as seguintes informações:

1º-Conhecimento sobre a política de inversões e as fontes de recursos correspondentes;

2º-Identificação dos recursos gerados pelas operações da empresa;

3º-Conhecimento sobre a política

de administração de capital de giro;

4º-Verificação sobre a compatibilidade de dividendo com situação financeira da empresa.

Origens de recursossão representadas pelos aumentos no CCL, e as mais comuns são:

das atividades operacionais;

dos acionistas ( integralização de capital);

de terceiros ( empréstimos a longo prazo, alienação de bens do Ativo Permanente e transferência de R.L.P. para o curto prazo e seu recebimento).

Aplicações de recursossão representados pelas diminuições no

CCL, e a mais comuns são:

inversões permanentes derivadas;

Transferência de empréstimos a L.P. e / ou seu pagamento;

Remuneração a acionistas, derivada dos dividendos distribuídos.

Aquisição de bens do ativo Permanente ( Investimento ou

imobilizado ) que serápaga a longo prazo;

Integralização de capital com bens do Ativo Permanente;

Venda de bens do ativo Permanente recebíveis a longo prazo.

ATIVO
ATIVO CIRCULANTE
Disponível70.0,0 5.0,0
Estoques30.0,0 50.0,0
Terrenos85.0,0
TOTAL DO ATIVO10.0,0 140.0,0

2004 2005 ATIVO PERMANENTE

Fornecedores20.0,0 25.0,0
Tributos e Encargos a Pagar5.0,0
Capital Social80.0,0 10.0,0
Lucros Acumulados10.0,0
TOTAL DO PASSIVO10.0,0 140.0,0

PASSIVO PASSIVO CIRCULANTE PATRIMÔNIO LÍQUIDO Balanço Patrimonial

Receita Operacional52.0,0
( -) Deduções da Receita Bruta( 2.50,0 )
( = ) Receitas Operacionais Líquidas50.0,0
( -) Custo das Mercadorias Vendidas( 30.0,0)
( = ) Lucro Operacional Bruto20.0,0
Despesas com Vendas( 4.20,0 )
( = )Lucro Operacional Líquido10.0,0
( -)Provisão p/ Imposto de Renda e Contribuição0,0

Demonstração do Resultado do Exercício (DRE) ( -) Despesas Operacionais Despesas Gerais e Administrativos ( 5.80,0 ) (10.0,0) ( = )Lucro líquido do exercício 10.0,0

Demonstração das Origens e Aplicações de Recursos

a) Das Operações10.0,0
Integralização de Capital( 2 ) 20.0,0

I–ORIGENS Lucro Líquido do exercício ( 3 ) b) Dos Acionistas TOTAL DAS ORIGENS30.0,0

Aquisições de terrenos( 1 ) 85.0,0

I–APLICAÇÕES TOTAL DAS APLICAÇÕES85.0,0 I–DIMINUIÇÃO NO CAPITAL CIRCULANTELÍQUIDO55.0,0

A DOAR bem elaborada e devidamente utilizada pela administração, éuma peça importante na geração de

informações para o processo decisorial da empresa, possibilitando averiguar o passado e suas conseqüências em relação ao futuro, tal como analisar com maior clareza no momento e planejar as políticas de captação e conseqüente aplicação de recursos.

Os Palhaços Bolados, pirando os cabeções na DOAR

RodrigoMauro o “TU SAAABIS”

Pow! Pirei o

(Parte 1 de 2)

Comentários