relatorio -inorganica

relatorio -inorganica

10

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANHÃO- UEMA

CENTRO DE EDUCAÇÃO DE CIÊNCIAS EXATAS E NATURAIS- CECEN

CURSO DE QUIMICA LICENCIATURA

DISCIPLINA: QUIMICA INORGÂNICA

Nome do professor

Meu nome

NORMAS DE SEGURANÇA EM LABORATÓRIO

São Luis

2010

Meu nome

Relatório apresentado à disciplina de Química Inorgânica do Curso de Química Licenciatura para obtenção de nota.

Nome do prof

São Luis

2010

SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO............................................................................................................4

2 OBJETIVOS.................................................................................................................5

3 MATERIAIS E METODOS........................................................................................6

4 RESULTADOS E DISCUSSÃO.................................................................................7

5 CONCLUSÃO...............................................................................................................9

REFERÊNCIAS.............................................................................................................10

1 INTRODUÇÃO

O laboratório de química é um lugar no qual são realizadas tarefas específicas numa determinada área de conhecimento. Sendo assim, difere de outros locais por ser necessário adotar procedimentos especiais nas atividades que lá se realizam e, por esta razão, é um local de risco. Os riscos oferecidos por um laboratório químico são devidos a vários fatores, entre os quais podem ser citados a absorção cumulativa, pelo organismo, de pequenas quantidades de substâncias presentes na atmosfera laboratorial (seja por inalação, absorção cutânea ou ingestão), a contaminação em grande escala por acidentes com produtos químicos (explosões, projeção de ácidos, etc.) e a má utilização de materiais de vidro, equipamentos elétricos e outros.

O profissional que exerce funções nestes locais, seja de que natureza forem, deve tomar consciência de que a atividade ali exercida deve ser precedida das orientações necessárias para diminuir ao máximo a possibilidade de acidentes. Tais orientações são adquiridas, geralmente, através de treinamentos e cursos oferecidos, em sua maioria, pela própria instituição onde trabalha. Em muitos casos, os cursos superiores fornecem grande parte das informações necessárias para o desempenho seguro destas funções.

Neste contexto, a observância das orientações e das normas de segurança é muito importante, pois a compreensão dos riscos decorrentes do manuseio das substâncias e materiais químicos é fundamental para a observação de medidas de prevenção inerentes ao uso seguro do laboratório.

Desta maneira, ao projetar e montar um laboratório, é necessário que toda a sua estrutura atenda aos padrões mínimos de segurança. Isto significa que deve possuir um bom “lay-out”, um acondicionamento adequado dos reagentes, a instalação correta dos equipamentos, entre outros. Tais fatores , incluindo outros, foram observados nos Laboratórios 1 e 2 do Curso de Química Licenciatura da Universidade Estadual do Maranhão- UEMA,Campi de São Luis - MA. Aliado a isto, é necessário também um conhecimento dos riscos existentes na atividade laboratorial e a observância das regras de segurança recomendadas neste trabalho. Um laboratório de química pode ser uma das áreas de trabalho mais perigosas, especialmente quando o laboratório não é tratado com respeito.

2 OBJETIVOS

•Conhecer as Normas de Segurança em Laboratório;

•Apontar quais itens de Segurança existem ou não nos Laboratórios 1 e 2 do Curso de Química Licenciatura da Universidade Estadual do Maranhão, Campi São Luis - MA.

3 MATERIAIS E METODOS

Os Materiais utilizados foram : material de apoio sobre as Normas de Segurança em Laboratório e Explanação do Professor.

Os Métodos usados para chegar- se aos objetivos do presente relatório, continham a explicação do professor sobre as Normas de Segurança em Laboratório e questionamentos feitos oralmente aos alunos, além da observação minuciosa feita pelos alunos nos laboratório 1 e2 .Apontou-se algumas orientações para fazer do laboratório ou área de trabalho um local seguro. Tais como:

  1. Medidas de Segurança Relativa a Operações Especificas, que refere- se ao que devemos fazer ou não antes ou durante algum experimento, pó exemplo: Ler os rótulos dos frascos dos reagentes antes de usá- los; Não trabalhar com material imperfeito ou defeituoso; Não pipetar líquidos com a boca, entre outros.

  2. Medidas de Segurança Relativas ao Pessoal: diz respeito às condutas que poderão ou não serem realizadas no âmbito laboratorial , envolvendo desde o planejamento do que irá realizar- se no laboratório até as vestimentas adequadas aos professores e alunos. Algumas dessas medidas são: Não se deve provar qualquer substância do laboratório; Serão exigidos de professores e alunos o uso de jaleco e sapatos fechados;Não jogue pedaços de vidro em recipiente de lixo, entre outros.

4 RESULTADOS E DISCUSSÃO

De acordo com as observações feitas, chega- se ao resultado que as Normas de Segurança no Laboratório determinam os requisitos básicos para a proteção da vida e da propriedade nas suas dependências, onde são manuseados produtos químicos e equipamentos. Essas normas se aplicam a todas as pessoas alocadas no Instituto de Química e também àquelas que não estejam ligadas ao mesmo, mas que tenham acesso ou permanência autorizadas às suas dependências.  

O trabalho desenvolvido num laboratório químico envolve o manuseamento de materiais, que pelas suas características, podem vir a constituir um risco para os que aí laboram. Daí que o conhecimento, por parte do operador, tanto das condições de segurança do trabalho laboratorial como das características do laboratório se revela fundamental para uma prática eficiente e segura.Observou- se também, que os laboratórios 1 e 2 da UEMA não possuem alguns itens de segurança, tais como:

Saídas de emergência;

Caixa de primeiros socorros: deverá conter materiais adequados ao trabalho de cada laboratório para dar o primeiro atendimento, principalmente nos casos de pequenos cortes ou queimaduras;

Cobertor anti-fogo;

Caixa de areia: para uso nos casos de derramamento de líquidos, ou mesmos de incêndio;

Luvas de Amianto, que são utilizadas exclusivamente nos trabalhos com muflas;

Luvas de Borracha, são utilizadas nos trabalhos com substâncias tóxicas e/ou corrosivas;

Óculos de Segurança, é utilizado quando estiver trabalhando com vácuo ou com reações que podem produzir projeções de material;

Sabe-se que nenhum material protege contra todos os produtos químicos.Logo, é imprescindível a presença desses itens em qualquer laboratório. Algumas sugestões seriam:

•Para a caixa de areia: poderá ser usado uma caixa ou lata pequena que contenha areia peneirada;

•Para as Luvas: substância tóxicas são usadas com maior freqüência que o forno mufla, logo necessitaria- se comprar as Luvas de Borracha. E ao invés das luvas de amianto, ao manusear o forno, a pinça poderia ser utilizada;

•Para a Caixa de primeiros socorros: Deve- se ter uma ao alcance de todos no laboratório, com os materiais principais paraprimeiro atendimento, ou apenas para casos de pequenos cortes ou queimaduras.

•Àqueles itens que na qual não foi-se sugerido alternativas, deve-se ao fato de que suas presenças no laboratório são necessários de acordo com o material que manuseia-se, ou acidente que possa ocorrer.

5 CONCLUSÃO

Portanto, laboratórios são lugares de trabalho que necessariamente não são perigosos, desde que certas precauções sejam tomadas.Todo laboratório deve possuir Itens de Segurança, para que possíveis acidentes possam ser minimizados . Porém, observou-se no laboratório da UEMA a deficiência de alguns itens necessários, que podem ser supridos de acordo com as sugestões dadas.

Mas apenas isso não garante a total segurança de alguém no laboratório, é preciso que quem trabalha nesse local tenha responsabilidade no seu trabalho e evite atitudes ou pressa que possam acarretar acidentes e possíveis danos para si e para os demais. Deve prestar atenção a sua volta e se prevenir contra perigos que possam surgir do trabalho de outros, assim como do seu próprio. O usuário de laboratório deve, portanto, adotar sempre uma atitude atenciosa, cuidadosa e metódica no que faz.Além de guiar- se sempre pelas Normas de Segurança no Laboratório, pois essas determinam os requisitos básicos para a proteção da vida e da propriedade nas dependências do laboratório.

REFERÊNCIAS

  1. http://www2.unifal-mg.edu.br/riscosquimicos/?q=node/72. Acesso 2 de Julho de 2010 às 17hs e 40min.

  2. http://search.conduit.com/ResultsExt.aspx?ctid=CT2233703&q=EPC%20no%20laboratorio. Acesso 2 de Julho de 2010 às 18hs.

  3. http://ccmm.fc.ul.pt/vnunes/ensino/seguranca.pdf. Acesso 2 de Julho de 2010 às 18hs e 10min.

  4. https://woc.uc.pt/quimica/genericpagefiles/GUIA_Seguranca.pdf. Acesso 2 de Julho de 2010 às 18hs e 15min.

  5. http://www.ebah.com.br/busca.buscar.logic?q=seguran%E7a%20em%20laboratorio&p=2. Acesso 2 de Julho de 2010 às 18hs e 30min.

  6. http://www.ebah.com.br/apostila-de-seguranca-em-laboratorio-pdf-a50904.html. Acesso 2 de Julho de 2010 às 18hs e 40min.

  7. http://www.ebah.com.br/seguranca-em-laboratorio-pdf-a21153.html. Acesso 2 de Julho de 2010 às 18hs e 50min.

  8. http://www.ebah.com.br/relatorio-sobre-instrumentos-de-quimica-doc-a7950.html. Acesso 2 de Julho de 2010 às 19hs e 03min.

  9. http://www.ebah.com.br/busca.buscar.logic?q=seguran%E7a+em+laboratorio. Acesso 2 de Julho de 2010 às 19hs e 20min.

  10. http://lqes.iqm.unicamp.br/institucional/o_laboratorio/olaboratorio_normas_seguranca.html. Acesso 2 de Julho de 2010 às 19hs e 50min.

  11. http://search.conduit.com/Results.aspx?q=itens+de+seguran%C3%A7a+em+um+laboratorio&meta=all&hl=ptBR&gl=br&SelfSearch=1&SearchSourceOrigin=13&ctid=CT2233703. Acesso 2 de Julho de 2010 às 20hs e 20min.

Comentários