Manual drogas e lactação 2010

Manual drogas e lactação 2010

(Parte 6 de 7)

Gentamicina Uso compatível com a amamentação. Kanamicina Uso compatível com a amamentação.

Netilmicina Uso criterioso durante a amamentação. Não existem dados sobre transferência para o leite materno. Contudo, a excreção deve ser insignificante, como para os demais aminoglicosídeos

Tobramicina Uso criterioso durante a amamentação. Não há dados sobre transferência para o leite materno. Contudo, a excreção deve ser insignificante, como para os demais aminoglicosídeos.

4.7.1.5 Sulfonamidas

Orientação geral: a excreção destas drogas no lactente varia muito. Interferem na ligação da bilirrubina com a albumina, aumentando o risco de Kernicterus. O risco diminui com a idade. O uso deve ser criterioso no recém-nascido pré-termo no primeiro mês de vida e nas crianças com hiperbilirrubinemia e/ou com deficiência de Glicose-6-fosfato desidrogenase (G-6-PD). Observar icterícia, exantema e diarréia no lactente. Preferir as sulfonamidas de ação curta e intermediária.

Primeira escolha: Sulfisoxazol

Sulfacetamida Uso criterioso durante a amamentação. Não há dados sobre segurança para uso durante o período da lactação.

Sulfadiazina Uso criterioso durante a amamentação. Não há dados sobre segurança para uso durante o período da lactação.

Sulfadiazina de prata Uso criterioso durante a amamentação. O componente de prata não é absorvido pela pele. No entanto, a sulfadiazina é parcialmente absorvida. Evitar uso em áreas extensas e em mães de recém-nascidos pré-termo e/ou com deficiência de G-6-PD.

Sulfadoxina Uso criterioso durante a amamentação. Comercializada em associação com Pirimetamina como antimalárico. Elevada biodisponibilidade. Pico de concentração no plasma materno em 4 horas após o uso.

Sulfametazina Uso criterioso durante a amamentação. Não há dados sobre segurança para uso durante o período da lactação.

Sulfametizol Uso criterioso durante a amamentação. Não há dados sobre segurança para uso durante o período da lactação. Elevada biodisponibilidade.

Sulfametoxazol + trimetropin (co-trimoxazol)

Uso criterioso durante a amamentação. Compatível com a amamentação em crianças nascidas a termo e maiores de um mês de vida. Evitar em neonatos com hiperbilirubinemia, crianças menores de um mês de vida, prematuras ou deficientes em G-6-PD. Observar hemólise e icterícia no lactente. O trimetropin é compatível com a amamentação.

SuIfametoxipiridazina Uso criterioso durante a amamentação. Não há dados sobre segurança para uso durante o período da lactação. Fármaco de ação prolongada.

Sulfasalazina Uso criterioso durante a amamentação. Somente um terço da dose é absorvida pela mãe. Observar diarréia e desconforto abdominal no lactente. Descrito um caso de hipersensibilidade (reação alérgica).

Sulfisoxazol Uso compatível com a amamentação. Considerada a melhor opção entre as sulfonamidas pela reduzida transferência para o leite materno. Excretada para o leite materno em pequenas quantidades: menos de 1% do fármaco é excretado no leite, o que, possivelmente, é insuficiente para produzir reações em recém-nascidos normais. Usar com precaução em recém-nascidos prétermo e em crianças com hiperbilirubinemia.

4.7.1.6 Quinolonas

Orientação geral: não são habitualmente recomendadas em pacientes pediátricos devido ao risco em potencial de afetar o desenvolvimento da cartilagem de crescimento. Porém, estudos e revisões recentes têm assinalado a segurança das quinolonas na faixa etária pediátrica. A dose excretada no leite materno é muito baixa para causar artropatia. Há relato de um caso de colite pseudomembranosa em lactente após uso materno de ciprofloxacin. Possuem boa biodisponibilidade após administração oral, exceto norfloxacin.

Primeira escolha: Ofloxacin.

Ácido nalidíxico Uso criterioso durante a amamentação. Observar anemia hemolítica e icterícia no lactente, sobretudo se for portador de deficiência de G-6-PD. A Academia Americana de Pediatria considera esta droga compatível com a amamentação.

Ciprofloxacina Uso criterioso durante a amamentação. Excretada para o leite materno em quantidades elevadas. Relatado um caso de colite pseudomembranosa em um lactente cuja mãe usou Ciprofloxacina por seis dias.

Enoxacina Uso criterioso durante a amamentação. Não existem dados sobre transferência para o leite materno. Contudo, teoricamente atinge altas concentrações no leite. Pode afetar a cartilagem de crescimento.

Grepafloxacin Uso criterioso durante a amamentação. Meia-vida elevada (15,7 horas), alto volume de distribuição e capacidade de concentração no leite de roedores (16 vezes mais elevada que a concentração no plasma). Preferir ofloxacin ou norfloxacin.

Levofloxacina Uso criterioso durante a amamentação. Provavelmente os níveis no leite materno são idênticos aos da ofloxacina. O uso das fluorquinolonas tem aumentado em pacientes pediátricos pela sua baixa toxicidade. O pico plasmático ocorre em 5 horas após o uso do fármaco pela nutriz. A meia-vida é estimada em 7 horas e após 48 horas são detectadas quantidades insignificantes no leite. Observar mudanças na flora intestinal, candidíase ou diarréia no lactente.

Lomefloxacina Uso criterioso durante a amamentação. Não há dados sobre segurança para uso durante o período da lactação.

Moxifloxacin Uso compatível com a amamentação.

Norfloxacina Uso criterioso durante a amamentação. Excretada para o leite materno em pequenas quantidades. Observar diarréia no lactente. Pico de concentração no plasma materno entre 1 e 2 horas após o uso.

Ofloxacina Uso compatível com a amamentação. As concentrações da ofloxacina no leite materno são 37% menores do que as descritas para a ciprofloxacina. Observar diarréia no lactente.

Perfloxacina Uso criterioso durante a amamentação. Preferir a ofloxacina.

Trovafloxacin Uso criterioso durante a amamentação. Não há dados sobre segurança para uso durante o período da lactação. Risco de hepatotoxicidade. Preferir ofloxacin.

4.7.1.7 Macrolídeos

Azitromicina Uso compatível com a amamentação. Claritomicina Uso compatível com a amamentação.

Diritromicina Uso criterioso durante a amamentação. Não há dados sobre segurança para uso durante o período da lactação.

Eritromicina Uso compatível com a amamentação. Roxitromicina Uso compatível com a amamentação.

Telitromicina Uso criterioso durante a amamentação. Não há dados sobre transferência para o leite materno. Contudo, a excreção provavelmente é baixa pelo alto peso molecular.

4.7.1.8 Outros anti-infecciosos

Ácido clavulânico (clavulanato) Uso compatível com a amamentação. Clindamicina Uso compatível com a amamentação.

Cloranfenicol Uso criterioso durante a amamentação. A dose relativa na criança corresponde a 3,2% da dose materna. Evitar, se possível, sobretudo em mães de recém-nascidos. Observar discrasias sanguíneas, anemia aplástica e icterícia no lactente. Teoricamente há risco de depressão de medula óssea, mas essa condição nunca foi relatada associada à ingestão da droga por meio do leite materno.

Clortetraciclina Uso compatível com a amamentação. Consultar “Tetraciclina”.

Daptomicina Uso criterioso durante a amamentação. Não há dados sobre segurança para uso durante o período da lactação. Excreção para o leite materno improvável ou desprezí- vel pelo elevado peso molecular. Observar diarréia no lactente.

Doxiciclina Uso criterioso durante a amamentação. Meia-vida longa: após uma dose oral de 100mg foi encontrada 0,77mg/L no leite materno e 0,380mg/L 24 horas após. Possibilidade de manchas nos dentes.

Espiramicina Uso compatível com a amamentação. Furazolidona Uso compatível com a amamentação. Lincomicina Uso compatível com a amamentação.

Linezolida Uso contraindicado durante a amamentação. Não há dados sobre segurança para uso durante o período da lactação. Relato de mielossupressão em animais e trombocitopenia em adultos.

Metronizadol Uso compatível com a amamentação. Quando administrado por via venosa, recomendar interrupção da amamentação por 2 horas. A excreção da droga pode conferir gosto amargo ao leite materno. A maioria dos estudos não relatou efeitos colaterais nos lactentes. No entanto, observar perda de apetite, vômitos e diarréia. Quando utilizado por via vaginal ou tópico, os níveis no leite materno são insignificantes.

Minociclina Uso compatível com a amamentação quando utilizada por período menor que 3 semanas.

Nitrofurantoína Uso compatível com a amamentação em crianças a termo. Uso criterioso durante a amamentação de crianças pré-termo, menores de um mês, com hiperbilirrubinemia e/ou deficiência de G-6-PD devido ao risco adicional de hemólise.

Novobiocina Uso compatível com a amamentação.

Oxitetraciclina Uso compatível com a amamentação. Consultar “Tetraciclina”.

Quinupristina-dalfopristina Uso criterioso durante a amamentação. Não há dados sobre segurança para uso durante o período da lactação. Excreção para o leite materno improvável.

Sulbactan Uso compatível com a amamentação. Teicoplanina Uso compatível com a amamentação.

Tetraciclinas Uso compatível com a amamentação. Atingem baixos níveis no leite materno. Apesar de serem contraindicadas para gestantes, são consideradas seguras no período da lactação quando utilizadas por até três semanas. Evitar uso mais prolongado, mesmo quando por via tópica, como para o tratamento da acne. A Academia Americana de Pediatria considera seu uso seguro na amamentação.

Rifaximin Uso criterioso durante a amamentação. Não há dados sobre segurança para uso durante o período da lactação.

Trimetropim Uso compatível com a amamentação. Vancomicina Uso compatível com a amamentação.

4.7.2 Antifúngicos (sistêmicos)

Orientação geral: os antifúngicos utilizados exclusivamente para uso tópico são descritos na seção de “Fármacos para pele e mucosas”.

Anfotericina B Uso criterioso durante a amamentação. Não há dados sobre segurança para uso durante o período da lactação. É improvável que a quantidade no leite seja relevante para o lactente. Pico de concentração no plasma materno menor que 1 hora após o uso.

Cetoconazol Uso criterioso durante a amamentação. Preferir fluconazol. Fluconazol Uso compatível com a amamentação.

Fluocitosina Uso criterioso durante a amamentação. Não há dados sobre segurança para uso durante o período da lactação. Risco de depressão da medula óssea.

Griseofulvina Uso compatível com a amamentação.

Itraconazol Uso criterioso durante a amamentação. Absorção pelo lactente é improvável, pois depende de um meio muito ácido para absorção, o que não é esperado numa dieta a base de leite. Preferir fluconazol.

Nistatina Uso compatível com a amamentação.

4.7.3 Antivirais

Aciclovir Uso compatível com a amamentação. Concentrações significativas no leite materno após administração sistêmica.

Amantadina Uso criterioso durante a amamentação. Possível bloqueio da produção de prolactina. Observar volume de leite. Evitar, se possível.

Didanosina Uso criterioso durante a amamentação. Não há dados sobre segurança para uso durante o período da lactação.

Fanciclovir Uso criterioso durante a amamentação. Efeitos colaterais mínimos. Preferir aciclovir.

Foscarnet Uso criterioso durante a amamentação. Não há dados sobre segurança para uso durante o período da lactação. Estudos em animais mostram níveis no leite três vezes maiores que no plasma. Observar toxicidade renal, convulsões e deposição nos ossos e dentes no lactente.

Ganciclovir Uso contraindicado durante a amamentação. Não há dados sobre segurança para uso durante o período da lactação. Efeito carcinogênico e mutagênico em ratos.

Idoxuridina Uso compatível com a amamentação. É possível que torne o gosto do leite materno desagradável.

Interferon Uso compatível com a amamentação para os subtipos alfa-N3, beta-1a e beta-1b.

Lamivudina Uso compatível com a amamentação.

Nevirapina Uso criterioso durante a amamentação. Observados níveis moderados no leite e elevados (supraterapêuticos) no plasma do lactente. Possível anemia discreta no lactente.

Oseltamivir Uso compatível com a amamentação. Níveis estimados no latente 0,5% dos níveis da mãe, quantidade improvável para determinar efeitos adversos.

Penciclovir Uso criterioso durante a amamentação. Não há dados sobre segurança para uso durante o período da lactação. Excreção significativa para o leite materno improvável.

Ribavirina Uso criterioso durante a amamentação. Efeitos mínimos quando usada por períodos curtos. Contraindicada para exposição acima de seis meses.

Rimantadina Uso criterioso durante a amamentação. Concentração no leite é o dobro da do plasma materno. Fabricante do fármaco faz alusão a efeitos colaterais tóxicos, mas não os descreve.

Saquinavir Uso criterioso durante a amamentação. Não há dados sobre segurança para uso durante o período da lactação.

Valaciclovir Uso compatível com a amamentação.

Vidarabina Uso criterioso durante a amamentação. Não há dados sobre segurança para uso durante o período da lactação.

Zanamivir Uso criterioso durante a amamentação. Presente no leite de roedores. Não há dados sobre segurança para uso durante o período da lactação em humanos.

Zidovudina Uso criterioso durante a amamentação. Nível plasmático no lactente muito elevado (2,5 vezes os níveis maternos). Observar anemia no lactente.

4.7.4 Fármacos antiamebíase e antigiardíase

Diloxanida Uso criterioso durante a amamentação. Não há dados sobre segurança para uso durante o período da lactação.

Etofamida Uso criterioso durante a amamentação. Não há dados sobre segurança para uso durante o período da lactação.

Furazolidona Uso criterioso durante a amamentação apenas para mães de recém-nascidos com poucos dias de vida. Compatível para os demais, devido à baixa absorção pela mãe e pela criança.

Metronidazol Uso compatível com a amamentação.

Nimorazol Uso criterioso durante a amamentação. Não há dados sobre segurança para uso durante o período da lactação.

Secnidazol Uso criterioso durante a amamentação. Não há dados sobre segurança para uso durante o período da lactação.

Teclozan Uso criterioso durante a amamentação. Não há dados sobre segurança para uso durante o período da lactação.

Tinidazol Uso compatível com a amamentação.

4.7.5 Fármacos antileshimaniose

Anfotericina B Uso criterioso durante a amamentação. Não há dados sobre transferência para o leite materno. Contudo, acredita-se que seja clinicamente irrelevante. Baixa biodisponibilidade oral.

Antimoniato de meglumina Uso compatível com a amamentação. Recém-nascido e lactente não ficam expostos a níveis tóxicos de antimônio pentavalente, pois o nível encontrado no leite materno é baixo.

Pentamidina Uso compatível com a amamentação.

4.7.6 Fármacos antimalária

Amodiaquina Uso criterioso durante a amamentação. Excretada no leite materno.

Artemether Uso compatível com a amamentação.

Artesunato Uso criterioso durante a amamentação, apesar de não haver relato de efeitos tóxicos sobre o lactente.

Atebrina Uso criterioso durante a amamentação. Não há dados sobre segurança para uso durante o período da lactação.

Cicloguamil Uso criterioso durante a amamentação. Não há dados sobre segurança para uso durante o período da lactação.

Clindamicina Uso compatível com a amamentação. Consultar “Antibióticos”.

Cloroquina Uso compatível com a amamentação. Mefloquina Uso compatível com a amamentação.

(Parte 6 de 7)

Comentários