Atlas da Biodiversidade de Minas Gerais

Atlas da Biodiversidade de Minas Gerais

(Parte 2 de 2)

Antrópicas

54Província Cárstica deÁrea de migração de aves raras e ameaçadas,

Lagoa Santaespécies de invertebrados endêmicas e ameaçadas. 60Serra do AmbrósioAlta riqueza de espécies da flora endêmicas. 75Região de CaratingaImportante remanescente de Mata Atlântica, alta riqueza de espécies da fauna, alta riqueza de primatas ameaçados. 77Região de CarangolaEspécies de mamíferos ameaçadas, remanescentes significativos de Mata Atlântica. 80Complexo da Serra doMaciços serranos isolados e com elevadas

Brigadeiroaltitudes, alta riqueza de espécies endêmicas e ameaçadas de extinção. 81Região de Porto FirmeAlta riqueza de espécies endêmicas e ameaçadas. 84Florestas da Borda Leste doAlta riqueza de espécies de aves raras,

Quadriláteroendêmicas e ameaçadas de extinção, e de espécies em geral. 86Área Cárstica de Arcos/PainsAlta riqueza de invertebrados de caverna, espécie de besouro ameaçada de extinção. 88Alto Rio São FranciscoAlta riqueza de espécies de peixes ameaçadas.

89Entorno da Serra da CanastraMaior população conhecida do pato Mergus octosetaceus, alta riqueza de espécies da fauna. 94Região de Poços de CaldasPresença de falconiforme endêmico

(Falco deiroleucus). 99Serra de São JoséAlta riqueza de espécies da fauna e da flora ameaçadas. 102Rio PombaAlta riqueza de peixes endêmicos, fenômeno biológico especial: migração de peixes diádromos. 103Matas de PirapetingaAlta riqueza de espécies da fauna e da flora ameaçadas.

Número da Área

Nome da Área Recomendações específicas

Justificativas para inclusão Pressões

Antrópicas

174 IMPORTÂNCIA BIOLÓGICA EXTREMA

Número da Área

Nome da Área Recomendações específicas

Justificativas para inclusão Pressões

Antrópicas

5Cabeceiras do UrucuiaAlta riqueza de anfíbios, peixes e plantas. 12Bacia do Alto Rio PardoRemanescente com alto grau de conectividade, alta riqueza de espécies, presença de espécies ameaçadas. 13Região de Pedra Azul /Alta riqueza de espécies de mamíferos

Águas Vermelhasameaçadas de extinção. 17Reservatório de São SimãoAlta riqueza de primatas ameaçados. 23Rio PampãAlta riqueza de espécies de peixes. 25Alto MucuriMédia riqueza de espécies de aves ameaçadas.

Remanescentes significativos de mata. 26Região de Itinga/AraçuaíAlta riqueza de espécies da fauna e da flora ameaçadas. 27Médio JequitinhonhaRemanescente lótico com presença de espécies ameaçadas. 32Região de BrasilândiaGrande remanescente de Cerrado em bom estado de conservação com alta riqueza de fauna. 34Região de ParacatuAlta riqueza de espécies da flora e da fauna ameaçadas. 35Vereda GrandeRemanescente significativo de floresta estacional, alta riqueza de espécies da fauna e da flora ameaçadas. 37Matas de ItumbiaraRemanescente de mata semidecidual expressivo para o Triângulo, alta riqueza de aves endêmicas e ameaçadas. 41Reserva do PangaAlta riqueza de borboletas e plantas ameaçadas, alta riqueza de abelhas. 44Reservatório de MirandaAlta riqueza de espécies da fauna ameaçadas de extinção. 47Ribeirão do SalitreProvável ocorrência do pato mergulhão, alta riqueza de répteis e anfíbios. 48Região de AraxáAlta riqueza de aves com vários endemismos. 56Tributários do Rio das VelhasPresença de espécies de peixes ameaçadas, remanescente lótico com alto grau de conectividade. 58Florestas da Encosta LesteAlta riqueza de espécies da fauna e da flora. do Espinhaço Meridional 62Bacia do Rio Suaçuí GrandeGrande remanescente lótico do rio Doce, espécies ameaçadas. 65Região de Aimorés / ItuetaAlta riqueza de aves ameaçadas de extinção.

Número da Área

Nome da Área Recomendações específicas

Justificativas para inclusão Pressões

Antrópicas

68RPPN Fazenda MacedôniaImportante remanescente de Mata Atlântica, alta riqueza de espécies da fauna, alta riqueza de primatas ameaçados. 69Serra de JaguaruçuImportante remanescente de Mata Atlântica, alta riqueza de espécies da fauna, alta riqueza de primatas ameaçados. 72Pingo D'águaImportante remanescente de Mata Atlântica, alta riqueza de espécies da fauna, alta riqueza de primatas ameaçados. 73Entre FolhasImportante remanescente de Mata Atlântica, alta riqueza de espécies da fauna, alta riqueza de primatas ameaçados. 74Complexo Caratinga /Importante remanescente de Mata Atlântica,

Sossegoalta riqueza de espécies da fauna, alta riqueza de primatas ameaçados. 76RPPN Mata do SossegoImportante remanescente de Mata Atlântica, alta riqueza de espécies da fauna, alta riqueza de primatas ameaçados. 82Região de ViçosaEspécie rara de mamífero, alta riqueza de espécies da fauna e flora ameaçadas de extinção, fragmentos com potencial para conectividade. 83Rio PirangaAlta riqueza de espécie em geral, remanescente significativo com alto grau de conservação e presença de espécie ameaçada. 91Região de Passos / CarmoAlta riqueza de heteróptero, importante locado Rio Clarolidade tipo para diversas espécies de aranhas. 92Região de GuaxupéRemanescente significativo de Mata Atlântica. 93Região de Monte BeloPresença de espécie de ave rara no Estado

(Dolichonyx oryzivorus). 97Região de ItumirimAlta riqueza de espécies da flora típicas de campos rupestres. 101Alto Rio PombaAlta representatividade de espécies ameaçadas e endemismos atlânticos. Alta riqueza de espécies em geral. 105RegiãodeSãoJoãodeNepomucenoRemanescentes significativos de Mata Atlântica. 106Região de Juiz de ForaAlta riqueza de espécies de aves raras e ameaçadas. 109Alto Rio Grande / AiuruocaPresença de espécies de peixes raras e ameaçadas. 110Rio Preto / Afluente doAlta riqueza de espécies ameaçadas de extinção.

ParaibunaPresença do cágado Phrynops hogei. 111Região de Luminárias / SãoVegetação frágil, cavernas com inscrição Tomé das Letrasrupestre.

Número da Área

Nome da Área Recomendações específicas

Justificativas para inclusão Pressões

Antrópicas

9Rio São Francisco e GrandesRemanescentes lóticos significativos com alta

Afluentesconectividade; presença de espécies ameaçadas. 18Região de Jacinto / RubimAlta riqueza de espécies em remanescentes significativos de Mata Atlântica. 20Pequenas Bacias do LesteAlta riqueza de peixes. 21Região de JoaímaOcorrência de várias espécies ameaçadas e alta riqueza geral de espécies de aves. 22Região de Novo Oriente deCavernas, alta riqueza de espécies raras de

Minas invertebrados. 28Rio PretoRemanescente com alta conectividade, alto grau de integridade do sistema. 39Reservatório de Salto e PonteÁrea com alta riqueza de aves, com várias espécies ameaçadas de extinção e raras regionalmente. 45Região de ConquistaAlta riqueza de aves, incluindo espécies raras e ameaçadas. 49Estação Ecológica deRemanescente significativo de Cerrado.

Pirapitinga 50Fazenda Santa CruzAlta riqueza de espécies de aves aquáticas. 51Rio ParaopebaAlta riqueza de espécies de peixes. 53Caverna do SalitrePresença de espécie de invertebrado troglomórfico. 61BraúnasAlta riqueza de espécies de aves endêmicas e ameaçadas. 63Baixo Rio DoceRemanescente lótico significativo com elevada riqueza e presença de espécies ameaçadas. 64Parque Estadual Sete SalõesComplexo de cinco remanescentes significativos de Mata Atlântica, alta riqueza de espécies de primatas e invertebrados. 66Rio Manhuaçu e José PedroAlta riqueza de espécies de peixes, com ocorrência de duas ameaçadas. 67Entorno do Parque EstadualZona de amortecimento para o parque. do Rio Doce 87Caverna do PeixePresença de espécie de peixe troglomórfico. 95Várzeas do Rio SapucaíPresença de espécies migratórias de peixes. 96Bacia do Rio do CervoMaior remanescente lótico entre a represa de Furnas e a barragem de Funil. 98Rio das Mortes e CapivariAlta riqueza de peixes, provável presença de espécies raras. 104 RegiãodeAlém-Paraíba/ Pirapetinga Remanescentes significativos de Mata Atlântica. 108Região de Bom JardimAlta diversidade de espécies dos campos rupestres.

Recomendações

Educação ambiental Fiscalização Inventários Monitoramento Plano de manejo Promover conectividade Recuperação Regularização fundiária Unidades de Conservação

Pressões Antrópicas

Agropecuária e Pecuária Agricultura Assoreamento Barramento Caça Desmatamento Espécies exóticas invasoras Expansão urbana Extração de madeira Extração vegetal Isolamento Mineração Monocultura Pesca predatória Piscicultura Queimada Turismo desordenado

(Parte 2 de 2)

Comentários