Medidas Elétricas

Medidas Elétricas

(Parte 7 de 9)

Precisão nos instrumentos dos tipo eletrodinâmico

A escala graduada dos instrumentos de medida do tipo eletrodinâmico é heterogênea.

A graduação é mais concentrada no início, pois a distância entre o número zero e o número 20 é menor que a distância entre o número 20 e o número 40.

Note que as distâncias vão aumentando até o centro da escala, decrescendo a seguir e voltando a concentrar-se no final. Essa variação é devido a este tipo de instrumento ter duas bobinas cruzadas, responsáveis pela variação do ponteiro (uma fixa A e outra móvel B que se repelem mutuamente com a passagem da corrente).

A repulsão, no início da passagem da corrente, é mais fraca, aumentando de intensidade até que bobina móvel B atinja o centro do fluxo magnético da bobina fixa A. A partir desse ponto a repulsão volta a enfraquecer.

Com a passagem dos primeiros 10 A o ponteiro deflexionará 2 m.

Espírito Santo _

Departamento Regional do Espírito Santo 39

Com a passagem de 60 para 70 A o ponteiro deflexionará 10mm. Com a passagem de 70 para 80 A o ponteiro deflexionará 1m.

Esse tipo de instrumento apresenta precisão aceitável, nas medições de valores situados nos pontos intermediários de sua escala graduada, e é empregado com maior freqüência nos medidores de potência elétrica, como os wattímetros.

Espírito Santo _

40 Companhia Siderúrgica de Tubarão

Erro por efeito paralaxe

É o erro de leitura que ocorre quando qualquer instrumento de medida analógico é lido de ângulo desfavorável.

Para tentar evitar esse tipo de erro alguns instrumentos contem dispositivo que facilita a leitura de sua escala graduada.

Os instrumentos de serviço tem o ponteiro no formato de lâmina bem fina.

Para fazer a leitura de sua escala, devemos ficar de frente ao instrumento , de tal forma que possamos ver somente o fino perfil do ponteiro.

Estando bem posicionado não lhe será possível visualizar as faces do ponteiro, mas somente o seu perfil.

Espírito Santo _

Departamento Regional do Espírito Santo 41

Na posição abaixo o leitor está visualizando as faces do ponteiro. Isso provavelmente causará um erro de leitura, por efeito paralaxe.

Os instrumentos de precisão (usados em laboratório) também apresentam os ponteiros em forma de lâmina, bem fina.

Diferem dos instrumentos de serviço por possuírem um espelho, logo abaixo da escala graduada.

Para leitura da escala graduada desse tipo de instrumento devemos ficar em posição frontal ao aparelho, de tal forma que possamos ver o ponteiro refletindo no espelho.

Espírito Santo _

42 Companhia Siderúrgica de Tubarão

Na posição abaixo, o leitor está fazendo a leitura do instrumento de um ângulo desfavorável. Ele está vendo a sombra do ponteiro refletida no espelho. A leitura efetuada estará errada, por efeito paralaxe.

Classe de Precisão dos Instrumentos

É a margem de erro percentual que se pode obter na medição de uma determinada grandeza, por meio de um instrumento de medidas elétricas.

Os instrumentos de precisão para laboratório tem classe de precisão de 0, 1; 0,2 ou 0,5. Os instrumentos de serviço para fins normais tem, classe de precisão 1,0; 1,5; 2,5 ou 5,0.

Consideremos a medição de tensão indicada em 120V por um voltímetro de serviço da classe precisão 1,5 e cuja escala graduada seja de 0 a 300 V.

Espírito Santo _

Departamento Regional do Espírito Santo 43

Esse resultado indica que os 120 V lidos no instrumentos são na realidade 120 ± 4,5 V, ou seja, pode variar de 115,5 a 124,5 V.

Simbologia dos Instrumentos de Medidas Elétricas

Para ter segurança no uso dos instrumentos de medidas elétricas você deverá escolher aquele que tem as características necessárias à medição a ser feita.

Para tanto, observe que os instrumentos se distinguem por símbolos gravados em seus visores.

Classe de precisão: A precisão do instrumento é indicada pelo seu erro em porcentagem do seu valor, no fim da escala.

Classe

Instrumentos de alta precisão Instrumentos para fins normais

0,1 0,2 0,5 1,0 1,5 2,5 5,0 Erro em percentagem do valor, no final da escala ± 0,1 ± 0,2 ± 0,5 ± 1,0 ± 1,5 ± 2,5 ± 5,0

Exemplo: Qual é o erro de um amperímetro para 60 A da classe 1,5, quando o instrumento indica 40 A?

Erro de medição ± 1,5% de 60 A = 0,015 x 60 = ± 0,9 A O valor real está entre 39,1 e 40,9 A.

Espírito Santo _

4 Companhia Siderúrgica de Tubarão

Simbologia quanto às unidades de medidas

A = Ampères Amperímetro

V = Volts Voltímetro

Ω = Ohm Ohmímetro

W = Watts Wattímetro f ou Hz = freqüência

(Parte 7 de 9)

Comentários