Leitura e Interpretação de Desenho Técnico

Leitura e Interpretação de Desenho Técnico

(Parte 2 de 6)

FORMATOS PADRÃO As dimensões estão em milímetros.

Centro de Educação Tecnológica do Estado da Bahia Unidade de Camaçari

Todas as cotas necessárias à caracterização da forma e da grandeza do objeto devem ser indicadas no desenho. Além das cotas, devem ser incorporadas ao desenho informações em todos os detalhes do objeto. As cotas devem ser indicadas com clareza, sendo indispensável a repetição das mesmas. As linhas de cotas são representadas por linhas finas cheias, para contrastar com as linhas mais grossas que representam o contorno do objeto. São limitadas nas extremidades pelas linhas de extensão ou chamada, tendo por sua vez as suas extremidades terminadas por flechas ou outros marcadores.

ESCALAS Escala é a relação entre a distância gráfica e a distância natural.

Exemplo a b c d f g

Arestas e contornos visíveis

Corte e seções

Arestas e contornos invisíveis

Ruptura curta

Linhas de cota e de extensão

Hachuras e diagonais Eixos de simetria e linhas de centro

Ruptura longa g e c d f

e SEÇÃO A-A’ e e

Centro de Educação Tecnológica do Estado da Bahia Unidade de Camaçari

EXERCÍCIOS 1) Desenhe no bloco as linhas obedecendo as orientações abaixo (linhas pedidas)

A – Horizontal e vertical com linhas grossas; B - 45° com linhas finas; C - 45° com linhas grossas; D - 60°, com a horizontal, com linhas finas; E - 30°, com a horizontal, com linhas grossas; F – Circunferências e arcos com linhas finas e grossas.

Obs.: desenhe em cada folha três retângulos com as respectivas linhas.

Geometria – ramo da matemática que se preocupa com as propriedades do espaço utilizando pontos, linhas, superfícies e sólidos. A palavra Geometria vem do grego géo, “terra”, e metrun, “medir”, nascida da necessidade prática de medir o tamanho das propriedades agrícolas. O Desenho Geométrico é a expressão gráfica da geometria e se preocupa em representar as figuras, planas ou tridimensionais, a partir dos seus conceitos essenciais, fazendo uso dos instrumentos de desenho cuja utilização exige algumas habilidades necessárias ao manuseio.

O desenho é a expressão gráfica da forma, e deste modo não é possível desenhar sem o conhecimento das formas a serem representadas. Chamam-se elementos fundamentais da geometria o ponto, a linha e o plano. Este último é um caso particular da superfície.

LINHAPLANO A

PONTO m α

Centro de Educação Tecnológica do Estado da Bahia Unidade de Camaçari

FORMAS GEOMÉTRICAS PLANAS Uma figura qualquer é plana quando todos os seus pontos situam-se no mesmo plano. EXERCÍCIOS 1) Desenhe a mão livre as figuras que representam: (quadro abaixo) Ângulos, Triângulos, Polígonos Regulares e Circunferências

Centro de Educação Tecnológica do Estado da Bahia Unidade de Camaçari

2) Dê o nome a cada uma das figuras abaixo:

AJ _
BK _
CL _
DM _
EN _
FO _
GP _
HQ _
IR _

CONSTRUÇÕES GEOMÉTRICAS – desenhar no bloco

MEDIATRIZ DE UM SEGMENTO – É uma reta perpendicular que passa pelo ponto médio de um segmento. AB = 4,5cm

Centro em A, abertura maior que a metade de AB, (raio r) traça-se um arco.

Centro em B, mesma abertura traça-se outro arco, que corta o anterior em C e D.

Unindo C e D, obtém-se a mediatriz maior de AB.

Centro de Educação Tecnológica do Estado da Bahia Unidade de Camaçari

BISSETRIZ DE UM ÂNGULO – é a semi-reta que tem origem no vértice e divide o ângulo em dois ângulos congruentes (mesma medida).

Dividir um ângulo reto em três partes iguais.

TRIÂNGULO ISÓSCELES - 2 lados iguaisAB = 3,0cm MC= 4,0cm

TRIÂNGULO EQUILÁTERO - 3 lados iguais AB = 3,0cm

Traça-se um arco qualquer com centro em V.

Centros em A e B determina-se C.

Unindo V com C determinase o ângulo de 45°.

Centro em V e abertura qualquer se traça o arco AB.

Centros em A e B, mesmo raio anterior traçam arcos obtendo os pontos 1 e 2.

Unindo 1 e 2 com V obtêm os três ângulos iguais.

Traça-se AB igual a α. Centros em A e B traçamse dois arcos com raio α que se cruza em C.

Unindo-se os pontos obtémse o triângulo eqüilátero.

Traça-se AB igual a α. Traça-se a mediatriz de AB e marca-se MC igual a h.

Unindo-se os pontos obtémse o triângulo isósceles.

Centro de Educação Tecnológica do Estado da Bahia Unidade de Camaçari

TRIÂNGULO ESCALENO – 3 lados diferentes.

TRIÂNGULO RETÂNGULO – AB =4,0cm AC = 3,0 cm

retosAB = 4,0cm

QUADRADO é um polígono regular de quatro lados iguais e paralelos dois a dois e formam quatro ângulos Construção:

Traça-se AB igual ao lado α. Centro em A, raio igual a b traça-se um arco. Centro em B, raio c traça-se outro arco. C é o encontro dos arcos.

Unindo-se A com C, B com C ter-se-á o triângulo.

Traça-se AB igual ao lado α. Por A traça-se uma perpendicular a marca-se AC igual a b.

(Parte 2 de 6)

Comentários