Leitura e Interpretação de Desenho Técnico

Leitura e Interpretação de Desenho Técnico

(Parte 5 de 6)

- diâmetroESF – diâmetro
R – raioR ESF – raio esférico

Alguns símbolos devem preceder cotas, com objetivo de facilitar a interpretação do desenho. esférico - quadrado

Em situação de evidência da forma representada deve-se omitir os símbolos de diâmetro e quadrado.

Centro de Educação Tecnológica do Estado da Bahia Unidade de Camaçari

c) Havendo Necessidade de representar uma perspectiva cotada, as cotas deverão estar também

perspectivadas, afim de não causar distorções, respeitando-se as demais regras que se aplicam a uma cotagem. Na execução de um desenho técnico, a cotagem deve ser feita ao final do mesmo.

Para cotagem de diâmetros e raios deverá ser utilizada uma das formas apresentadas.

Ainda para cotagem de raios, quando estes forem relativamente grandes, estando o centro do arco além dos limites do desenho, deverá ser empregada uma das formas a seguir:

a) O centro situa-se no eixo. b) O centro situa-se fora do eixo.

Centro de Educação Tecnológica do Estado da Bahia Unidade de Camaçari

EXERCÍCIOS: Cotagem e Escala.

Centro de Educação Tecnológica do Estado da Bahia Unidade de Camaçari

Centro de Educação Tecnológica do Estado da Bahia Unidade de Camaçari

Centro de Educação Tecnológica do Estado da Bahia Unidade de Camaçari

Centro de Educação Tecnológica do Estado da Bahia Unidade de Camaçari

Perspectiva é a representação do objeto como ele se apresenta no espaço, introduzida no século XV pelos pintores flamengos e italianos na busca pela formulação de regras para desenhar objetos e figuras que necessitavam dar a ilusão de profundidade. O desenho, para transmitir essa idéia, precisa recorrer a um modo especial de representação gráfica: a perspectiva. Ela representa graficamente as três dimensões de um objeto em um único plano, de maneira a transmitir a idéia de profundidade e relevo.

PERSPECTIV90A ISOMÉTRICA

A perspectiva Isométrica nos dá uma visão muito próxima do real e é amplamente usada para a representação de peças. Seus eixos principais estão inclinados em 120º uns dos outros e por esse motivo o par de esquadros facilitará muito o desenho.

EIXO ISOMÉTRICO – Formam entre si, ângulos de 120º.

Obs.: O eixo vertical (a) pode situar-se abaixo ou acima do vértice. Usualmente, a posição, no papel, do eixo Oz é sempre vertical – escala das alturas . Para o traçado das direções dos eixos Ox e Ou, que fazem ângulos de 30° com a direção horizontal, é comum ser usado um esquadro-gabarito:

Centro de Educação Tecnológica do Estado da Bahia Unidade de Camaçari

Traçado de perspectiva isométrica do prisma

EXERCÍCIO: Desenhe na figura 1.

O prisma é usado como base para o traçado da perspectiva isométrica de qualquer objeto. O traçado pode

0102
0304

ser feito sobre o reticulado como mostra as figuras abaixo. 05 06

Centro de Educação Tecnológica do Estado da Bahia Unidade de Camaçari

Passos para o traçado da perspectiva isométrica EXERCÍCIOS: Desenhe no bloco seguindo os passos. 1) Dados arbitrários.

2) Dados: unidade 5mm.

PERSPECTIVA ISOMÉTRICA DE ELEMENTOS OBLÍQUOS Esses elementos são oblíquos porque têm linhas não paralelas aos eixos isométricos.

Prisma chanfrado: c = comprimento; l = largura e h = altura.

Centro de Educação Tecnológica do Estado da Bahia Unidade de Camaçari

EXERCÍCIOS: Desenhe no bloco as formas abaixo. Unidade 5mm.

Centro de Educação Tecnológica do Estado da Bahia Unidade de Camaçari

PERSPECTIVA ISOMÉTRICA DA CIRCUNFERÊNCIA. A representação mais freqüente e pratica, e feita pelo traçado aproximado da elipse isométrica de quatro centros.

Passo a passo da construção: Exemplo - 01

EXERCÍCIOS: Desenhe no bloco as formas abaixo. Unidade 5mm

Centro de Educação Tecnológica do Estado da Bahia Unidade de Camaçari

Centro de Educação Tecnológica do Estado da Bahia Unidade de Camaçari

Centro de Educação Tecnológica do Estado da Bahia Unidade de Camaçari

Desenhar no bloco A4 as perspectivas isométricas na escala de 1/ 2unidade- cm

Centro de Educação Tecnológica do Estado da Bahia Unidade de Camaçari

Centro de Educação Tecnológica do Estado da Bahia Unidade de Camaçari

Para o estudo deste sistema, devem considerar três planos perpendiculares entre si. Por suas posições, serão chamados de: plano vertical que corresponderá à vista de frente, plano horizontal que corresponderá à vista superior ou de cima e plano de perfil que corresponderá à vista de uma das laterais.

Exemplo

Centro de Educação Tecnológica do Estado da Bahia Unidade de Camaçari

Determinadas as três vistas, é necessário que os três planos de projeções sejam representados num mesmo plano. Para isto, é necessário fazer o rebatimento dos planos: o plano de perfil é rebatido lateralmente sobre o plano vertical, num giro de 90° em torno da sua intersecção, e o plano horizontal é rebatido para baixo, formando assim, a representação plana das vistas ortográficas.

Centro de Educação Tecnológica do Estado da Bahia Unidade de Camaçari

Eliminam-se as linhas de intersecção dos planos e as linhas de chamada (linha que deixa as projeções num mesmo alinhamento).

Fixação

Centro de Educação Tecnológica do Estado da Bahia Unidade de Camaçari

LINHAS INVISÍVEIS OU OCULTAS – são arestas ou contornos que ficam ocultos para uma determinada posição do objeto. No exmplo abaixo a aresta AB como linha invisível ou oculta em relação ao observador colocado à esquerda do objeto. Ao ser desenhada na vista ortográfica (vistas técnica), representa-se a linha invisível convencionalmente com linha tracejada.

LINHAS DE CENTRO E EIXO DE SIMETRIA - quando o sólido apresenta a forma de revolução (cilindro e cone), utilizam-se o eixo de simetria e a linha de centro, representados convencionalmente com traços e pontos.

Centro de Educação Tecnológica do Estado da Bahia Unidade de Camaçari

EXERCÍCIOS: Complete as projeções

(Parte 5 de 6)

Comentários