Cuidando do idoso

Cuidando do idoso

(Parte 6 de 9)

2. O que fazer em casos de acidentes com queimaduras? O cuidador DEVE:

se as roupas estiverem em chamas, evitar que a pessoa corra; se necessÆrio, colocar a pessoa no chªo, cobrindo-a com cobertor, tapete ou casaco, ou fazŒ-la rolar no chªo; secar o local delicadamente com um pano limpo ou chumaços de gaze;

cobrir o ferimento com compressas de gaze;

manter a regiªo queimada mais elevada do que o resto do corpo, para diminuir o inchaço; dar bastante líquido para a pessoa ingerir se estiver consciente.

O cuidador NˆO DEVE:

tocar a Ærea afetada com as mªos; nunca furar as bolhas;

tentar retirar pedaços de roupa grudados na pele. Se necessÆrio recorte em volta da roupa que estÆ sobre a regiªo afetada; usar manteiga, pomada, creme dental ou qualquer outro produto domØstico sobre a queimadura; cobrir a queimadura com algodªo;

usar gelo ou Ægua gelada para resfriar a regiªo.

30Manual de Cuidadores do Idoso

3. E se a queimadura for com produtos químicos?

retirar as roupas da vítima tendo o cuidado de nªo queimar as próprias mªos; lavar o local com Ægua corrente por 10 minutos, enxugar delicadamente e cobrir com curativo limpo e seco; procurar ajuda mØdica imediata.

4. Como proceder com um corpo estranho nos olhos?

nªo deixe a vítima esfregar ou apertar os olhos; pingue algumas gotas de soro fisiológico ou de Ægua morna no olho atingido; se isso nªo resolver, cubra os 2 olhos com compressas de gaze, sem apertar; se o objeto estiver cravado no olho, nªo tente retirÆ-lo; cubra os 2 olhos;

se nªo for possível fechar os olhos, cubra-os com um cone de papel grosso (por exemplo, um copo); procure ajuda mØdica imediata.

5. E se o idoso engolir um corpo estranho? Como proceder?

nunca tente puxar os objetos da garganta ou abrir a boca para examinar o seu interior; deixe a pessoa tossir com força; este Ø o recurso mais eficiente quando nªo hÆ asfixia; se a pessoa nªo consegue tossir com força, falar ou chorar, Ø sinal de que o objeto estÆ obstruindo as vias respiratórias, o que significa que hÆ asfixia;

6. E se estiver ocorrendo asfixia?

vocŒ deve posicionar-se de pØ, ao lado e ligeiramente atrÆs da vítima; a cabeça da pessoa deve estar mais baixa que o peito;

em seguida, dŒ 4 pancadas fortes no meio das costas, rapidamente com a mªo fechada; a sua outra mªo deve ser colocada sobre o peito do paciente;

31Manual de Cuidadores do Idoso

se o paciente continuar asfixiado, fique de pØ, atrÆs, com seus braços ao redor da cintura da pessoa. coloque a sua mªo fechada com o polegar para dentro, contra o abdome da vítima, ligeiramente acima do umbigo e abaixo do limite das costelas; agarre firmemente seu pulso com a outra mªo e exerça um rÆpido puxªo para cima; repita, se necessÆrio, 4 vezes numa seqüŒncia rÆpida; procure auxílio mØdico.

7. Como proceder em caso de envenenamentos? (medicamentos, plantas, produtos químicos, substâncias corrosivas)

VocŒ pode provocar vômitos:

se a vítima estiver consciente; apenas nos casos de ingestªo de medicamentos, plantas, comida estragada, Ælcool, bebidas alcoólicas.

VocŒ NˆO deve provocar vômitos:

se a vítima estiver inconsciente; se a substância ingerida for corrosiva ou derivada de petróleo como removedor, gasolina, querosene, polidores, ceras, aguarrÆs, thinner, graxas, amônia, soda cÆustica, Ægua sanitÆria, etc.

Observaçªo: a induçªo ao vômito Ø feita atravØs da ingestªo de uma colher de sopa de óleo de cozinha e um copo de Ægua, ou estimulando a garganta com o dedo.

8. Como reconhecer que um idoso estÆ apresentando convulsıes? O cuidador deve observar os seguintes sinais:

perda sœbita de consciŒncia, salivaçªo excessiva; movimentaçªo brusca e involuntÆria dos mœsculos;

enrijecimento da mandíbula, travando os dentes;

32Manual de Cuidadores do Idoso

pode apresentar arroxeamento dos lÆbios e extremidades devido à dificuldade de respiraçªo; pode ocorrer relaxamento dos esfíncteres com perda de urina e fezes.

9. O que fazer com uma pessoa em estado de convulsªo?

afastar a vítima de lugar que ofereça perigo, como fogo, piscina etc; retirar objetos pessoais e aqueles que estiverem ao seu redor que possam feri-la, como óculos, gargantilhas, pedras etc; proteger a cabeça, deixando-a agitar-se à vontade;

proteger a língua, colocando uma trouxinha de pano (nªo forçar se os dentes estiverem travados); retirar próteses quando houver;

afrouxar as roupas, se necessÆrio;

observar a respiraçªo durante e após a crise convulsiva;

procurar socorro mØdico.

Observaçªo:. Nªo se deve jogar Ægua ou oferecer algo para cheirar durante a crise. VocŒ nªo precisa ter receio com a salivaçªo ("baba") do paciente, ela nªo Ø contagiante.

33Manual de Cuidadores do Idoso

PARADA CARDIO-RESPIRATÓRIA 1. Como saber se uma pessoa estÆ em parada cardíaca?

Observar se o paciente estÆ consciente, perguntando se estÆ tudo bem.

Tentar palpar pulso em artØrias, principalmente as carótidas, que se situam ao lado da traquØia no pescoço (localizar inicialmente a cartilagem tireóide, tambØm conhecida como pomo de adªo, e depois mover lateralmente os dedos, atØ conseguir palpar o pulso carotidiano).

Observar a ausŒncia de movimentos respiratórios, olhando para o peito se hÆ ou nªo movimento do tórax;

Observar ainda se unhas e lÆbios estªo roxos, pupilas dilatadas e fixas, e manchas arroxeadas em todo o corpo.

2. O que fazer quando uma pessoa estÆ em parada cardíaca?

Deve-se proceder às manobras iniciais de ressuscitaçªo cardíaca denominadas de Suporte BÆsico de Vida. Lembre-se que vocŒ deve agir rapidamente, pois o cØrebro suporta somente atØ 4 minutos sem oxigenaçªo adequada.

34Manual de Cuidadores do Idoso

Inicialmente, vocŒ deve colocar a vítima de costas em local plano e duro (no chªo, por exemplo) e iniciar, imediatamente, enquanto providencia a equipe de Resgate, as 3 etapas do Suporte BÆsico de Vida:

a) Abertura de vias aØreas

(Parte 6 de 9)

Comentários