Cuidando do idoso

Cuidando do idoso

(Parte 9 de 9)

revezar, entre os membros da família e amigos, horÆrio com disponibilidade interna para conversar, com o paciente, com muito carinho e ternura.

46Manual de Cuidadores do Idoso

O ser humano tem certamente duas grandes Æreas na vida: a material (carnal) e a espiritual.

Se de um lado com o passar dos anos o carnal se deteriora, do outro lado, o espiritual se aprimora, ou melhor, quanto maior vivŒncia, maior potencial de discernimento e entendimento, que pode levar a pessoa a uma visªo de mundo onde os valores humanos estªo mais para sentimentos e paz interior do que para satisfaçªo do corpo físico.

Entender esta evoluçªo Ø aproximar-se da maneira de pensar do idoso. Entender esta visªo de mundo Ø ajudar o idoso no fortalecimento do seu homem interior.

Sabemos que, quando hÆ distœrbios no nosso íntimo, o corpo pode apresentar doenças. Sªo as famosas doenças de origem psicossomÆtica. Hoje Ø conhecido que perto de 80% das lombalgias (dores lombares) tŒm origem psicossomÆtica; outra manifestaçªo relativamente freqüente em idoso - a mªo reumatóide tem, em 2/3 dos casos, origem no amargor!

Portanto, um bem estar íntimo Ø fundamental para uma boa qualidade de vida, principalmente numa etapa em que o indivíduo tem maior sensibilidade - 3“ idade.

A ciŒncia hoje identifica, no íntimo, duas grandes Æreas:

a psiquŒ (tambØm conhecida como alma), sede das emoçıes; o espírito (força vital), sede do entendimento.

Ter estas Æreas em harmonia, seja consigo próprio, seja com Deus (quando na crença em um ser superior), certamente sªo passos vitais para

47Manual de Cuidadores do Idoso um envelhecimento saudÆvel.

A Bíblia destaca essa forma de açªo. Em Filipenses 4:6 a 8 lemos:

Nªo estejais inquietos por coisa alguma, antes as vossas petiçıes sejam em tudo conhecidas diante de Deus pela oraçªo e sœplicas, com açıes de graças.

E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardarÆ os vossos coraçıes e os vossos sentimentos em Cristo Jesus.

Quanto ao mais, irmªos, tudo que Ø verdadeiro, tudo que Ø honesto, tudo que Ø justo, tudo que Ø puro, tudo que Ø amÆvel, tudo que Ø de boa fama, se hÆ alguma virtude, e se hÆ algum louvor, nisso pensai!

Para o dia-a-dia, hÆ mais uma recomendaçªo, na carta de Paulo aos Romanos 8:2. A saber:

Nªo vos conformeis com esse mundo, mas transformai-vos pela renovaçªo do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradÆvel e perfeita vontade de Deus.

Valorizar o espiritual Ø valorizar o idoso!

48Manual de Cuidadores do Idoso

para se cuidar, descansar..., relaxar..., realizar alguma atividade física ou de
lazer como: caminhada, ginÆstica, tricô, crochŒ, pinturas, desenhos,

É fundamental que o CUIDADOR reserve alguns momentos do seu dia

1. Enquanto estiver assistindo à TV:

movimente os dedos das mªos e dos pØs para mantŒ-los flexíveis; massageie os pØs com as mªos, ou com rolinhos de madeira ou com bolinhas...

maneiras possíveis; espreguice todo o corpocomece bem o dia...

2. Ao se levantar pela manhª, alongue os mœsculos de todas as

3. Ao sentar-se por longos períodos de tempo, nªo se esqueça de reservar um tempo para intervalos de "exercícios". Simplesmente movendo o corpo e as juntas a cada 15 minutos...

preocupado

4. Pratique exercícios de relaxamento quando estiver perturbado,

5. Compressas quentes (bolsas tØrmicas, tecidos umedecidos em Ægua quente) auxiliam no relaxamento muscular...

6. Ria vÆrias vezes por dia. A risada Ø um maravilhoso exercício que envolve diversos sistemas e aparelhos do corpo...

49Manual de Cuidadores do Idoso

do precisartorne a sua vida mais leve e saudÆvel...

8. Sempre que possível, aprenda uma atividade nova, leia um livro novo, aprenda mais sobre algum assunto de seu interesse, participe das atividades de lazer do seu bairro, faça novos amigos e peça ajuda quan-

9. Rodizie os cuidados com outros membros da família (ou outro cuidador) para que vocŒ possa ter um período de fØrias !!...

50Manual de Cuidadores do Idoso

RODRIGUES, R.A. P. & DIOGO, M.J.D. Como Cuidar dos Idosos. Editora Papirus, 2“ ediçªo, 1996

Guia PrÆtico Para Cuidadores Informais - Secretaria Municipal de Saœde de Campinas-SP

DUTRA DE OLIVEIRA, JS, MARCINE JS. CiŒncias Nutricionais Ed Sarvier, Sªo Paulo, 1998

MAHAN L, ESCOTT-STUP SC. Alimentos, Nutriçªo e Dietoterapia. Sªo Paulo Ed Roca, 1998

BEHLAU, M. & PONTES, P. Avaliaçªo e Tratamento da Disfonias. Sªo Paulo: Lovise, 1995

BEHLAU, M. & PONTES, P. Higiene Vocal. Cuidando da Voz. Rio de Janeiro: Revinter,1999

FERREIRA, L.P. e outros. Temas de Fonoaudiologia. Sªo Paulo: Loyola, 1984

MURDOCH, B.E. Desenvolvimento da Fala e Distœrbios da Linguagem.

Uma abordagem Neuroanatômica e Nejurofisiológica. Rio de Janeiro: Revinter,1997

DODDS, W.J. The Physiology of Swallowing. Dysphagia 3:171-178 (1989) BELON, J.P. Consejos en la Farmacia. Barcelona: Ed Masso S.A., 1995

ZUBIOLI, A. A Farmacia Clínica na FarmÆcia ComunitÆria. Brasília: Ethosfarma:Cidade GrÆfica, 2001

(Parte 9 de 9)

Comentários