(Parte 1 de 5)

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS Bacharelado em Sistemas de Informação

Construção de um sistema de Blackboard para gestão de documentos usando XML

Lucas Gonçalves de Oliveira

Lucas Gonçalves de Oliveira

Construção de um sistema de Blackboard para gestão de documentos usando XML

Trabalho de Conclusão de Curso apresentado ao Curso de Sistemas de Informação da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais

Orientadora: Elza Marisa Paiva de Figueiredo Orientador de Conteúdo: Hermes Pimenta de Moraes Júnior

Agradeço a DEUS e a todas as pessoas que, direta ou indiretamente, me ajudaram a vencer todas as batalhas que foram impostas à minha formação. Agradeço em especial, a minha família e amigos. Agradeço ainda, a todos os professores que passaram por minha vida nesta instituição, agradecendo especialmente a Professora Elza Marisa e o Professor Hermes Moraes, os quais tanto me ajudaram no desenvolvimento deste trabalho.

Com o aumento da utilização de recursos tecnológicos, há uma crescente busca por mecanismos que garantam maior proveito das redes de computadores. Um destes mecanismos é o trabalho em grupo, que permite maior comunicação entre pessoas. Como exemplo, é possível citar os fóruns digitais, onde várias pessoas se comunicam, independentemente de sua localização geográfica.

Além disso, procura-se cada vez mais a padronização, como princípio básico para o crescimento de qualquer organização, seja em processos de produção, ou administrativos trazendo para a empresa melhor desempenho e maior organização.

Neste trabalho é proposto realizar a padronização e a evolução na comunicação, já que os documentos padronizados serão apresentados virtualmente para os alunos, podendo esta apresentação ser considerada como comunicação entre os gestores dos documentos e os alunos. Esta padronização só poderá ser feita por um determinado grupo de pessoas e a comunicação se estenderá por todos os alunos da instituição que estejam interessados nos documentos.

Desta forma, esta pesquisa estabelece um ponto aceitável de padronização e aumenta a evolução na apresentação da informação, gerando assim uma melhoria na comunicação.

FIGURA 2.1 – Documento XML válido36
FIGURA 2.2 – Documento XML inválido36
FIGURA 2.3 – Processamento de estilos37
FIGURA 2.4 – XSL com diferentes finalidades38
FIGURA 3.1 – Quadro de avisos47
FIGURA 3.2 – Fórun do Learnloop49
FIGURA 3.3 – Arquitetura blackboard50
FIGURA 4.1 – Arquitetura do sistema52
FIGURA 5.1 – Estrutura do documento XML usado65
FIGURA 5.2 – Blackboard do sistema68
FIGURA 5.3 – Sistema gerente do blackboard69
FIGURA 5.4 – Autenticação dos usuários70
FIGURA 5.5 – Criação de novos documentos de palestra71
FIGURA 5.6 – Documento de palestra72
FIGURA 5.7 – Remoção de avisos do blackboard73
FIGURA 5.8 – Inclusão de novos usuários74
FIGURA 5.9 – Exclusão de usuários74

ANSI – American National Standards Institute (Instituto Nacional Americano de Padrões) ASCII – American Standard Code (Código Americano Padrão) CSS – Cascading Style Sheet (Folhas de Estilos em Cascata) DSSSL – Document Style Semantics and Specification Language (Linguagem de Especificação e Semântica de Estilos de Documentos) DTD – Document Type Definitions (Definição de Tipo de Documento) EAD – Ensino a Distância GML – Generalized Markup Language (Linguagem de Marcação Generalizada) HTML – HyperText Markup Language (Linguagem de Marcação de Hipertexto) IAD – Inteligência Artificial Distribuída IBM – International Business Machines ISO – Internacional Organization for Standardization (Organização Internacional de Padronização) PHP – PHP Hypertext Preprocessor (Préprocessador de Hipertexto PHP) RTF – Rich Text Format (Formato Rico de Texto) SGBD – Sistema Gerenciador de Banco de Dados SGML – Standard Generalized Markup Language (Linguagem de Marcação Generalizada Padrão) TEI – Text Encoding Initiative (Iniciativa de codificação de Texto) TeX – Technical (Linguagem para Preparação de Documentos) URL – Universal Resource Locator (Localização Universal do Recurso) W3C – World Wide Web Consortium WAP – Wireless Application Protocol (Protocolo de Aplicação sem Fio) XHTML – eXtensible HyperText Markup Language (Linguagem de Marcação de Hipertexto Extensível) XML – eXtensible Markup Language (Linguagem de Marcação Extensível) XSL – eXtensible Style Language (Linguagem de Estilo Extensível) Xlink – eXtensible Link (Link Extensível)

1. INTRODUÇÃO8
1. 1. Justificativa9
1. 2. Contextualização de temas pertinentes1
1. 3. Objetivos13
1. 3.1. Objetivo geral13
1. 3.2. Objetivos específicos13
1. 4. Metodologia Utilizada14
1. 5. Resultados esperados15
1. 6. Estrutura do trabalho15
2. XML17
2.1. Introdução17
2.2. Linguagem de marcação18
2.3. Linguagens de marcação utilizadas na Internet20
2. 3.1. HTML20
2. 3.2. O surgimento da XML2
2. 3.3. XML25
2. 3.4. Relações entre HTML e XML28
SGML31
2. 3.6. XHTML3
2. 3.7. A XML nos navegadores35
2.4. Folhas de estilo36
3. BLACKBOARD40
3.1. Introdução40
3.2. Trabalho cooperativo42
3. 2.1. Comunicação43
Percepção43
3. 2.3. Coordenação4
3. 2.4. Negociação4
3. 2.5. Co-realização e Compartilhamento45
3.3. Utilização do blackboard46
3. 3.1. Blackboard como quadro de avisos46
3. 3.2. Blackboard auxiliando o ensino a distância47
3. 3.3. Blackboard na inteligência artificial distribuída49
3.4. Blackboard e este trabalho51
4. ARQUITETURA DO SISTEMA52
4.1. Usuários52
Blackboard53
4.3. Geradores dos documentos5
4.4. Segurança56
4.5. Sistema de geração dos documentos58
5. SISTEMA DE PADRONIZAÇÃO DOS DOCUMENTOS62
5.1. Linguagens utilizadas62
5. 1.1. HTML62
5. 1.2. PHP63
5. 1.3. XML65
5. 1.4. XSL6
5.2 Ferramentas utilizadas67
5. 2.1. MySQL67
5.3. Funcionalidades do sistema68
5. 3.1. Blackboard68
Sistema gerente do blackboard69
5. 3.3. Criação de novos documentos70
5. 3.4. Remoção de avisos do blackboard72
5. 3.5. Controle de usuários73
6. CONCLUSÕES E TRABALHOS FUTUROS75

8 1. INTRODUÇÃO

No Curso de Sistemas de Informação da Pontifícia Universidade Católica de Minas

Gerais, situada na cidade de Arcos, existem várias coordenações diferentes, as quais realizam trabalhos pertinentes ao funcionamento do Curso. Dentre elas, é possível citar a coordenação do curso, a coordenação de estágios, a coordenação de atividades complementares e a coordenação de extensão.

As coordenações citadas acima produzem documentos como declarações, editais, resultados de seleções e convocações. Os editais geralmente são para divulgação de inscrições em algum evento novo. Os resultados anunciam os inscritos selecionados em alguma atividade. A convocação intima os alunos em geral para realização de alguma tarefa.

Os documentos criados pelos setores mencionados são feitos de forma padronizada.

Contudo, a forma de padronização é constituída na hora em que o documento está sendo gerado. Tais documentos, hoje, são gerados em programas editores de texto, no caso descrito, o Microsoft Word. Porém, o mercado atual apresenta várias soluções para automatização de padronização. Hoje em dia, não faz sentido usar normas de padronização não automatizadas, já que a instituição referida possui ferramentas e conhecimentos para a padronização de forma automatizada.

Uma outra forma de se avaliar a praticidade e a validade desta padronização é a facilidade gerada na gerência de documentos. Na atual situação em que se encontra a instituição, a tendência é de aumentar a quantidade de documentos confeccionados e utilizados para algum fim. Com a padronização, um documento poderá ser criado com uma facilidade maior, o que economizará tempo das pessoas que os criam (CARUSO, 1999).

Para resolver os problemas citados acima, estão sendo propostas uma forma de padronização e representação diferente e mais evoluída tecnologicamente. Trata-se de um blackboard digital, ou seja, um mural eletrônico onde todos os documentos serão apresentados aos alunos e será tratado neste trabalho no Capítulo 3. Esta apresentação ocorre de forma virtual, de modo que os documentos fiquem disponibilizados em uma página da Internet e os alunos possam verificar os avisos, editais, seleções e outros documentos criados a todo instante. Para criar os documentos, a fim de poderem ser apresentados neste mural, haverá um sistema de interface com os professores responsáveis pelos setores especificados que construirá os documentos a partir de dados obtidos junto a estes professores.

Sendo assim, o trabalho a ser realizado será o de padronização de documentos da instituição referida, utilizando-se da linguagem XML (eXtensible Markup Language – Linguagem de Marcação Extensível) no processo de desenvolvimento. Este trabalho conduzir-se-á de forma escrita e de forma implementada.

Os documentos criados estarão aptos a serem apresentados para os alunos do curso? O tipo de sistema a ser construído tem viabilidade de utilização pelos setores apresentados? Após o término deste, é esperado que todas essas respostas sejam obtidas de forma prática e positiva com a utilização do sistema.

1.1. Justificativa

A escolha deste tema para a pesquisa proposta baseia-se no fato de ainda não existir este tipo de ferramenta na instituição. Esta pesquisa é de extrema importância, porque, com a realização deste trabalho, haverá um acúmulo de conhecimentos em áreas consideradas promissoras para um futuro bem próximo. Além disso, a coordenação poderá preparar documentos padronizados, independentemente das suas finalidades.

A pesquisa também assume um caráter de grande importância, tendo em vista que a maior parte das grandes empresas presentes no mundo realiza projetos de padronização desde a produção até os serviços mais técnicos. Não se pode esquecer dos trabalhos realizados por essas grandes empresas que garantem um processo de padronização reconhecido internacionalmente, lembrando que esses processos não avaliam apenas a produção da empresa e, sim, ela como um todo (BRANDÃO, 2004). Então, essa instituição não pode ficar distante das grandes intenções do mercado.

Existem várias formas de se representar os documentos criados. A forma de representação, que é utilizada hoje pelos criadores dos documentos, é de forma impressa. Estes documentos são impressos e são apresentados para as turmas por meio de um mural presente em cada sala do curso.

Contudo, esta forma que está sendo utilizada pode ser considerada não tão adequada, levando-se em consideração as formas encontradas hoje, em termos tecnológicos. O problema maior desse tipo de apresentação é que os documentos, que estão presentes no mural, geralmente excedem a data do evento. Além disso, muitas vezes, avisos que não teriam de ser obrigatoriamente lançados em sala de aula são impressos e disponibilizados no mural, pois esta é a única forma de apresentação dos documentos, gerando assim uma impressão sem necessidade, o que conseqüentemente gera custos desnecessários.

Um outro motivo para a realização deste trabalho é a necessidade de documentos padronizados, em todas as áreas atuais. Como todas as empresas da atualidade, todos têm de buscar um processo de produção de serviço que atinja uma melhor qualidade. Uma forma de se alcançar tal melhora é a padronização de processos realizados em uma empresa, ou, como neste caso, na Instituição. Por meio desta padronização será possível se entender melhor o sentido dos documentos, já que todos eles terão uma estrutura semelhante (BRANDÃO, 2004).

Outra vantagem encontrada após a padronização dos documentos é o aumento da facilidade na hora da criação de tais documentos. Isso ocorre porque o processo de construção deverá seguir uma forma estruturada e padronizada de confecção, o que tornará mais efetivo a produção desses documentos (CARUSO, 1999).

Este trabalho ainda poderá, futuramente, ser agregado a um outro trabalho em desenvolvimento na mesma instituição e no mesmo período, por Diego Zuquim sob orientação do Professor Marco Rodrigo (ZUQUIM, COSTA, 2004). Esta agregação tem por finalidade chegar a um sistema completo de padronização de documentos administrativos e acadêmicos.

1.2. Contextualização de temas pertinentes

Há um trabalho desenvolvido por um aluno do Curso de Ciência da Computação da

UNIVALI (Universidade do Vale do Itajaí – SC), coordenada pelo Centro de Ciências Tecnológicas da Terra e do Mar. Este aluno pretende desenvolver um editor de artigo, utilizando a tecnologia XML. Tal trabalho torna-se interessante e assume um caráter semelhante ao desta pesquisa, já que esses artigos que ele pretende padronizar, denominado por ele de periódicos, são de interesse da instituição da qual ele participa. O autor acredita que da forma que os periódicos são desenvolvidos, a padronização se encontra de forma distante daquela que pretende ser alcançada. Considera este problema de falta de padronização provindo da falta de material, interpretação errada dos fatos ou até mesmo falta de domínio dos autores dos periódicos. Contudo esse trabalho está sendo desenvolvido com o intuito de facilitar a criação de documentos que já são criados padronizados, o que não é o caso deste.

Outro trabalho que também foi verificado é um fomentado pelo CNPq (Centro

Nacional de Pesquisas) juntamente com as universidades UFSC, UNICAMP, UFRJ, USP, UFRGS, UFBA e UFRN, com o intuito de padronizar um currículo utilizado para verificações de pós-graduação, denominado Currículo Lattes. Tal trabalho é muito interessante, já que o âmbito da pesquisa, que é a padronização, não se limita em território nacional. O padrão criado será utilizado por mais países pan-americanos. Este trabalho gera grande facilidade, considerando a facilidade a qual este currículo padronizado traz para as instituições as quais avaliam-nos, já que, uma vez padronizados, será mais fácil e eficiente classificar e qualificar tais currículos.

Um outro trabalho analisado vem da Universidade Estadual de Campinas, onde os realizadores do trabalho pretendem padronizar o ambiente colaborativo de ensino e aprendizagem. Os alunos responsáveis por este trabalho acreditam que a utilização de XML para padronizar documentos de educação poderia permitir a identificação de campos dos tipos: "título", "palavras-chave" e "links", facilitando assim a busca de documentos por conteúdo e por estrutura.

Porém, o trabalho que mais interessa e estimula é um que está sendo desenvolvido por uma aluna da USP, no Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina. Tal trabalho pretende transformar documentos criados em texto livre para documentos padronizados, usando a linguagem XML e folhas de rosto XSL (eXtensible Style Language – Linguagem de estilo extensível), assim como este trabalho.

Vale ressaltar que trabalhos que envolvem as mesmas ferramentas e linguagens que aqui estão sendo utilizadas, ainda não foram realizados. Além disso, a padronização e uma melhor apresentação de documentos se torna cada vez mais imperativo e realizar essa padronização e melhorar a apresentação desses documentos de tão grande importância acadêmica é algo extremamente relevante. Por estes motivos, este trabalho se destaca de todos os demonstrados anteriormente, já que apesar de todos possuírem um objetivo semelhante, que é a padronização de documentos, este utiliza uma apresentação dos documentos mais evoluída.

1.3. Objetivos

1.3.1. Objetivo geral

O objetivo geral deste trabalho é a padronização automatizada dos documentos criados pelo Curso de Sistemas de Informação, da PUC Minas Arcos. Espera-se que estes documentos sejam construídos com alto índice de padronização e conseqüentemente, qualidade.

1.3.2. Objetivos específicos

Têm-se como objetivos específicos os seguintes itens: • criar, de forma automatizada, a estruturação de cada documento;

• criar o sistema de automatização da padronização;

• estabelecer um maior grau de facilidade na criação destes documentos;

14 • oferecer um sistema de representação mais evoluído tecnologicamente.

1.4. Metodologia Utilizada

Questões como o que possuem os documentos e como são construídos, quais bancos de dados devem ser criados para o sistema, foram estudadas e discutidas com quem realmente utiliza o sistema, ou seja, com os responsáveis pelas coordenações citados nas seções anteriores.

Pesquisas em livros foram realizadas para buscar as informações necessárias para a realização deste sistema, ou seja, a cada ponto essencial do sistema, o qual não estivesse completamente apto a realizar, foi realizada uma pesquisa, seja em livros, artigos de fontes confiáveis ou até mesmo em grupos de trabalho da linguagem especificada a fim de sanar o problema encontrado.

Outra questão importante e relevante a este trabalho é o fato de este não ficar apenas em documentos impressos. Como foi dito anteriormente, este trabalho foi implementado de forma a se possuir um sistema que solucione todos os problemas citados e existentes na instituição.

15 1.5. Resultados esperados

Ao término desta pesquisa, espera-se a criação do sistema que resolverá o problema da padronização e apresentação dos documentos. Também é esperado que as coordenações para as quais o sistema está sendo desenvolvido, e os alunos do curso de Sistemas de Informação desta Instituição, utilizem o recurso apresentado.

Outro fator importante e relevante que também é esperado após o término deste, é a padronização de tais documentos, analisando o fato que, na atualidade, a busca por padrões e qualidade é cada vez maior (BRANDÃO, 2004). Sendo assim, não se pode “ficar para trás”, levando em consideração o fato de esta ser uma entidade de renome internacional.

(Parte 1 de 5)

Comentários