NBR 6118 - Projeto de estruturas de concreto - Procedimento (Out 02)

NBR 6118 - Projeto de estruturas de concreto - Procedimento (Out 02)

(Parte 1 de 17)

Sede: Rio de Janeiro Av. Treze de Maio, 13 / 28º andar CEP 20003-900 – Caixa Postal 1680 Rio de Janeiro – RJ Tel.: PABX (21) 3974-2300 Fax: (21) 2220-6436 Endereço eletrônico: w.abnt.org.br

ABNT – Associação Brasileira de

Normas Técnicas

Copyright © 2002, ABNT–Associação Brasileira de Normas Técnicas Printed in Brazil/ Impresso no Brasil Todos os direitos reservados

OUT 2002 Projeto NBR 6118

Projeto de estruturas de concreto - Procedimento

Palavra(s)-chave: Projeto. Estruturas. Concreto simples.

Concreto armado. Concreto protendido. 154 páginas

Sumário

Prefácio 0 Introdução 1 Objetivo 2 Referências normativas 3 Definições 4 Simbologia 5 Requisitos gerais de qualidade da estrutura e avaliação da conformidade do projeto 6 Diretrizes para durabilidade das estruturas de concreto 7 Critérios de projeto visando a durabilidade 8 Propriedades dos materiais 9 Comportamento conjunto dos materiais 10 Segurança e estados limites 1 Ações 12 Resistências 13 Limites para dimensões, deslocamentos e abertura de fissuras 14 Análise estrutural 15 Instabilidade e efeitos de segunda ordem 16 Princípios gerais de dimensionamento, verificação e detalhamento 17 Dimensionamento e verificação de elementos lineares 18 Detalhamento de elementos lineares 19 Dimensionamento e verificação de lajes 20 Detalhamento de lajes 21 Regiões especiais 2 Elementos especiais 23 Ações dinâmicas e fadiga 24 Concreto simples 25 Interfaces do projeto com a construção, utilização e manutenção ANEXOS A (Informativo) Efeito do tempo no concreto estrutural B (Informativo) Índice geral C (Informativo) Índice remissivo

Origem: NBR 6118:1978 CB-02 - Comitê Brasileiro de Construção Civil

CE-02:124.15 - Comissão de Estudo de Estruturas de Concreto Simples, Armado e Protendido

NBR 6118 – Design of structural concrete - Procedure

Descriptors: Design. Structural. Plain concrete. Reinforced concrete. Prestressed concrete

Esta Norma substitui a NBR 6118:1978 Esta Norma cancela e substitui as NBR 6119:1980 e NBR 7197:1989

Projeto NBR 6118:2002 2

Prefácio

A ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas - é o Fórum Nacional de Normalização. As Normas Brasileiras, cujo conteúdo é de responsabilidade dos Comitês Brasileiros (ABNT/CB) e dos Organismos de Normalização Setorial (ABNT/ONS), são elaboradas por Comissões de Estudo (CE), formadas por representantes dos setores envolvidos, delas fazendo parte: produtores, consumidores e neutros (universidades, laboratórios e outros).

Os projetos de Norma Brasileira, elaborados no âmbito dos ABNT/CB e ABNT/ONS, circulam para Consulta Pública entre os associados da ABNT e demais interessados.

Esta Norma contém os anexos A, B e C de caráter informativo.

Devido à mudança de escopo desta Norma, com relação ao documento de origem (NBR 6118:1978), estabeleceuse a necessidade de revisão da NBR 7187:1987 Projeto e execução de pontes de concreto armado e protendido – Procedimento e também da NBR 8681:1984 - Ações e segurança nas estruturas – Procedimento. Esta informação tem por finalidade alertar os usuários quanto à conveniência de consultarem as edições atualizadas dos documentos citados.

Para facilitar a consulta e a aplicação desta Norma, tendo em vista sua extensão e abrangência, as tabelas e figuras estão identificadas em função da seção em que estão inseridas. Dessa forma, o número de identificação de cada tabela ou figura tem inicialmente o número da seção, seguido pela numeração sequencial dentro da seção.

Esta Norma entra em vigor a partir de 12 meses da sua publicação. Introdução

Para a elaboração desta Norma foi mantida a filosofia das anteriores: NBR 6118 (historicamente conhecida como NB-1), NBR 7197, NBR 6119 e NB 49, de modo que a esta Norma cabe definir os critérios gerais que regem o projeto das estruturas de concreto, sejam elas de edifícios, pontes, obras hidráulicas, portos ou aeroportos, etc. Assim, ela deve ser complementada por outras normas que fixem critérios para estruturas específicas.

1 Objetivo

1.1 Esta Norma fixa as condições básicas exigíveis para projeto de estruturas de concreto simples, armado e protendido, excluídas aquelas em que se empregam concreto leve, pesado ou outros especiais.

2 0 kg/m3, não excedendo 2 800 kg/m3, do grupo I de resistência (C10 a C50), conforme classificação da

1.2 Esta Norma aplica-se às estruturas de concretos normais, identificados por massa específica seca maior do que NBR 8953. Entre os concretos especiais excluídos desta Norma estão o concreto-massa e o concreto sem finos.

1.3 Esta Norma estabelece os requisitos gerais a serem atendidos pelo projeto como um todo, bem como os requisitos específicos relativos a cada uma de suas etapas.

1.4 Esta Norma não inclui condições exigíveis para evitar os estados limites gerados por certos tipos de ação, como sismos, impactos, explosões e fogo.

1.5 No caso de estruturas especiais, tais como de elementos pré-moldados, pontes e viadutos, obras hidráulicas, arcos, silos, chaminés, torres, estruturas off-shore, ou em que se utilizam técnicas construtivas não convencionais, tais como formas deslizantes, balanços sucessivos, lançamentos progressivos, concreto projetado, as condições desta Norma ainda são aplicáveis, devendo no entanto ser complementadas e eventualmente ajustadas em pontos localizados, por Normas Brasileiras específicas.

Projeto NBR 6118:2002 4

2 Referências normativas

As normas relacionadas a seguir contêm disposições que, ao serem citadas neste texto, constituem prescrições para esta Norma. As edições indicadas estavam em vigor no momento desta publicação. Como toda norma está sujeita a revisão, recomenda-se àqueles que realizam acordos com base nesta que verifiquem a conveniência de se usarem as edições mais recentes das normas citadas a seguir. A ABNT possui a informação das normas em vigor em um dado momento.

NBR 5674:1999 – Manutenção de edificações – Procedimento

NBR 5732:1991 – Cimento Portland comum – Especificação NBR 5733:1991 – Cimento Portland de alta resistência inicial – Especificação NBR 5735:1991 – Cimento Portland de alto-forno – Especificação NBR 5736:1991 – Cimento Portland pozolânico – Especificação NBR 5737:1992 – Cimento Portland resistente a sulfatos – Especificação

NBR 5738:1994 – Moldagem e cura de corpos-de-prova cilíndricos ou prismáticos de concreto – Procedimento

NBR 5739:1994 – Concreto – Ensaio de compressão de corpos-de-prova cilíndricos – Método de ensaio NBR 6004:1984 – Arames de aço - Ensaio de dobramento alternado – Método de ensaio NBR 6120:1980 – Cargas para o cálculo de estruturas de edificações – Procedimento NBR 6122:1996 – Projeto e execução de fundações – Procedimento NBR 6123:1988 – Forças devidas ao vento em edificações – Procedimento NBR 6152:1992 – Materiais metálicos - Determinação das propriedades mecânicas à tração – Método de ensaio NBR 6153:1988 – Produto metálico - Ensaio de dobramento semi-guiado – Método de ensaio

NBR 6349:1991 – Fios, barras e cordoalhas de aço para armaduras de protensão – Ensaio de tração – Método de ensaio

NBR 7190:1997 – Projeto de estruturas de madeira

NBR 7222:1994 – Argamassa e concreto - Determinação da resistência à tração por compressão diametral de corpos-de-prova cilíndricos – Método de ensaio

NBR 7477:1982 – Determinação do coeficiente de conformação superficial de barras e fios de aço destinados a armaduras de concreto armado - Método de ensaio

NBR 7480:1996 – Barras e fios de aço destinados a armaduras para concreto armado – Especificação NBR 7481:1990 – Tela de aço soldada – Armadura para concreto – Especificação NBR 7482:1991 – Fios de aço para concreto protendido – Especificação NBR 7483:1991 – Cordoalhas de aço para concreto protendido – Especificação

NBR 7484:1991 – Fios, barras e cordoalhas de aço destinados a armaduras de protensão – Ensaios de relaxação isotérmica – Método de ensaio

NBR 7680:1983 – Extração, preparo, ensaio e análise de testemunhos de estruturas de concreto – Procedimento

NBR 8522:1984 – Concreto - Determinação do módulo de deformação estática e diagrama tensão-deformação – Método de ensaio

NBR 8548:1984 – Barras de aço destinadas a armaduras para concreto armado com emenda mecânica ou por solda – Determinação da resistência à tração – Método de ensaio

NBR 80:1986 – Projeto e execução de estruturas de aço de edifícios (Método dos estados limites) – Procedimento NBR 8953:1992 – Concreto para fins estruturais - Classificação por grupos de resistência – Classificação

NBR 8965:1985 – Barras de aço CA 42S com características de soldabilidade destinadas a armaduras para concreto armado – Especificação

NBR 9062:1985 – Projeto e execução de estruturas de concreto pré-moldado – Procedimento NBR 11578:1991 – Cimento Portland composto – Especificação NBR 11919:1978 – Verificação de emendas metálicas de barras de concreto armado – Método de ensaio

NBR 12142:1991 – Concreto – Determinação da resistência à tração na flexão em corpos-de-prova prismáticos – Método de ensaio

(Parte 1 de 17)

Comentários