(Parte 6 de 9)

MAURÍCIO FRANCO 2001

CEFETCAMPOS Comandos Elétricos

♦ Relé de sobrecorrente

forma

Por terminais apropriados se faz fluir por este relé a corrente da carga que se pretende proteger e quando a corrente assume um valor superior ao selecionado, o relé atua seus contatos. No tipo mais simples chamado térmico, a corrente flui por elementos que se aquecem e o aquecimento atua em um par bimetálico, cuja torção promove a atuação das chaves. São três os elementos pelos quais flui a corrente monitorada, um para cada fase, e mesmo que haja sobrecorrente em uma só das fases o relé age da mesma

As chaves atuadas retornam ao repouso assim que a corrente volta ao normal, mas podem se manter atuados desde que a função de rearme manual esteja selecionada.

Outro tipo de relé, para maiores valores de corrente, funciona associado a um transformador de corrente (tc). O ajuste do valor de corrente é feito em botão presente no painel do relé.

♦ Relé de sobretensão e de subtensão

Caso a tensão que alimenta ou ativa o relé se torne maior ( no caso do relé de sobretensão) ou menor (relé de subretensão) que o valor selecionado o relé atua suas chaves. Há um relé que atua tanto no caso de subtensão quanto no caso de sobretensão. No painel do relé se encontra o botão de ajuste do valor de tensão.

♦ Relé de falta de fase

Destinado a proteger circuitos trifásicos, principalmente motores, contra os danos provenientes da permanência da alimentação com falta de fase. O mais comum é que se utilize uma chave NA desse relé, que é atuada enquanto há a presença da três fases. Assim se houver falta de alguma fase tal chave se abre, desligando o motor protegido, em cujo comando tal chave se conecta em série com a bobina.

MAURÍCIO FRANCO 2001

CEFETCAMPOS Comandos Elétricos

24 MAURÍCIO FRANCO 2001

CEFETCAMPOS Comandos Elétricos

Símbolos dos relés

Alguns relés têm simbologia própria como é o© caso dos temporizadores e dos de sobre corrente térmicos.

As chaves desses relés quando separadas de seu atuador também têm símbolos específicos.

MAURÍCIO FRANCO 2001

CEFETCAMPOS Comandos Elétricos

Sistemas simples de comandos Comando de motor trifásico com botão de retenção mecânica

Circuito de força a2 a1 C1

B1 F

F1 F2 F3 C1

MAURÍCIO FRANCO 2001

CEFETCAMPOS Comandos Elétricos

Comando de motor trifásico com auto-retenção, sinalização e proteção por relé térmico

Circuito de força a2 a1 C1

C1 C1 C1 B1

M1 3~

F1 F2 F3

C1 R1

MAURÍCIO FRANCO 2001

CEFETCAMPOS Comandos Elétricos

Sistema simples de comando por sensor com saída a transistor (PNP) C1 é uma chave magnética com bobina de 24Vcc e poderá acionar cargas de tensão alternada como a bobina de outra chave magnética por exemplo, através da qual pode-se por exemplo acionar um grande motor de indução.

a1 C1

+ ZS 0001

F1 F2 F3

C2 R1

a1 C2

220V C2 C2

MAURÍCIO FRANCO 2001

CEFETCAMPOS Comandos Elétricos

Sistema de controle de nível por chaves de nível com indicação de ligada e desligada a1 C1

C1 LSL 0001

LSH 0001

Sistema análogo ao anterior com alarme de nível muito alto intertravado com o acionamento da

LIGADA DESLIGADA bomba de modo a impedi-la de funcionar até que cesse a condição de alarme e haja reconhecimento.

a1 C1 a1 C2

C2 C2 B3 r REARME

LSL 0001

LSH 0001

(Parte 6 de 9)

Comentários