apostila de gramatica

apostila de gramatica

(Parte 7 de 16)

a) () a - à - a - a
b) () a - à - à - à
c) () à - à - a - à
d) () à - a - a - à
e) () à - a - à - a

87) Assinale a alternativa que completa corretamente as frases abaixo: I - De ponta _ ponta da rua, viam-se cartazes. I - Estamos _ procura de melhores oportunidades. I - Agradeço _ você pelas sugestões que me deu. IV - A promoção será realizada de 27 _ 29 de julho do corrente ano.

a) () Você já esteve em Roma? Eu irei a Roma logo.
b) () Refiro-me à Roma antiga, na qual viveu César.
c) () Fui a Lisboa de meus avós, pois gosto da

8) Assinale a alternativa com erro de crase:

d) () Já não agrada ir a Brasília.

Lisboa de meus avós.

a) () a - à - as - a - à
b) () à - à - às - a - à
c) () a - a - as - a - a
d) () a - à - as - à - à
e) () a - à - as - a - a

89) Eu já conhecia _ fazenda, por isso fui _ cidade apreciar _ praças onde fiz referências _ V.Sa e não _ senhora que o acompanha.

a) () a - a - há
b) () há - a - a
c) () há - à - há
d) () à - a - a
e) () a - à - há

90) Estamos _ poucas horas da cidade _ que vieram ter, _ tempos nossos avós.

a) () as - à - a
b) () às - à - à
c) () às - à - a
d) () as - a - à
e) () às - a - a

91) No Brasil, _ estatísticas o demonstram, _ cada trinta minutos uma pessoa sucumbe _ tuberculose.

a) () a - a - a - a
b) () há - à - à - a
c) () a - à - a - à
d) () há - a - à - a
e) () há - a - a - à

92) Quando _ dois dias disse _ ela que ia _ Itália para concluir meus estudos, pôs-se _ chorar.

93) Daqui _ pouco vai começar o exame.

a) () à - a - a - à
b) () há - na - à - a
c) () a - há - na - à
d) () há - na - à - à
e) () a - à - à - a

Compareci _ cerimônia de posse do reitor. Não tendo podido ir _ faculdade hoje, prometo assistir _ todas as aulas amanhã. 94) Assinale a opção onde a crase está correta:

a) () Não se esqueça de chegar à casa cedo.
b) () Prefira isso aquilo, já que ao se fazer o bem
c) () Já que pagaste àquelas dívidas, à que situação
d) () Chegaram até à região marcada e daí
e) () Suas previsões não deixaram de ter razão, pois

não se olha à quem. aspiras? avançaram até à praia. à uma hora da madrugada, é perigoso andar à pé, sozinho.

a) () a - à - a
b) () a - à - há
c) () há - a - há
d) () há - à - a
e) () a - a - a

95) Não nos víamos _ tanto tempo, que _ primeira vista não _ reconheci.

a) () Há - à - à
b) () A - a - a
c) () À - à - à
d) () À - a - há
e) () A - à - a

96) _ noite, todos os operários voltaram _ fábrica e só deixaram o serviço _ uma hora da manhã.

a) () Chegou a noite.
b) () Chegou à noite.
c) () Ficarei até a noite chegar.
d) () Ficarei até à noite chegar.

97) Marque a alternativa com erro de crase:

a) () Aspiravam ao pó, até que um belo dia,
b) () Aspiravam o pó da mina todos os dias, aspirando,
c) () Preferiam aspirar o pó, dentro da mina, a
d) () Aspiravam a encontrar o pó de ouro na mina,
e) () n.d.a.

98) Marque a alternativa com erro: naquela, que era a maior mina de ouro do país, encontraram-no em abundância. como todos faziam, ao pó de ouro. aspirar o ar de fora, sem chances de enriquecimento. aspirando o enriquecimento.

a) () Uma lei sempre está ligada a alguma outra. As
b) () Obedecer aqueles princípios é necessário. É
c) () Alguns parlamentares anuíram a proposta de
d) () Estamos sujeitos a muitas leis. São contrários a
e) () O presidente atendeu a reivindicação do

9) Assinale a opção em que o acento indicativo da crase é obrigatório nas duas ocorrências. leis estão subordinadas a Lei-Mãe. direito que assiste a autora rever a emenda. emenda. Agiram contra a lei. lei. ministro. Procurou-se assistir as populações atingidas pela seca.

Re p rod u ç ão ou revend a p roi bid os .

a) () a - a - a
b) () a - à - a
c) () a - à - à
d) () à - a - à
e) () à - à - à

100) Não sei _ quem devo dirigir-me: se _ funcionária desta seção, ou _ da seção de protocolo.

a) () a - à - há - à
b) () há - a - à - a
c) () à - há - à - à
d) () a - à - à - à
e) () há - a - há - a

101) Daqui _ vinte quilômetros, o viajante encontrará, logo _ entrada do grande bosque, uma estátua que _ séculos foi erigida em homenagem _ deusa da mata.

a) () a - a - a
b) () a - à - à
c) () a - à - a
d) () a - à - à
e) () à - à - a

102) O fenômeno _ que aludi é visível _ noite e _ olho nu.

a) () à - à - a
b) () a - à - a
c) () a - a - à
d) () à - a - à
e) () à - à - à

103) Já estavam _ poucos metros da clareira _ qual foram ter por um atalho aberto _ facão.

a) () Há cinco anos vivendo em São Paulo, um
b) () Assustado com os efeitos do trânsito sobre os
c) () Em Salvador, a prefeitura recorreu à parceria
d) () Ele entregou a documentação a uma das
e) () Quanto àquele problema de falta de verbas, o

104) Assinale a alternativa incorreta no que se refere ao emprego da crase. cidadão abandonou a sua tradicional pontualidade. Para ir à casa de seus alunos, ele enfrenta horas de trânsito ruim. índices de poluição, o Secretário Estadual de Meio Ambiente pregou a necessidade de restringir à circulação de carros. com a iniciativa privada para alargar as avenidas mais importantes. funcionárias do Departamento e ficou à espera do resultado. diretor resolveu dirigir-se diretamente a Sua Excelência.

a) () O dia 28 de outubro é consagrado a todas as
b) () O ponto era facultativo somente a
c) () João foi a tarde ao ING.
d) () Ele galgava a parede quando o vigia o

105) Marque a opção em que deve ocorrer a crase. pessoas que trabalham no serviço público. funcionárias do ING. encontrou.

a) () A obsessão à qual sacrificou a juventude não
b) () Sentavam-se nas pedras do caminho à espera
c) () Na imaginação, porém, ele voltava àquele
d) () Depois de refletir, dirigi-me, decididamente,
e) () Tenho certeza de que os documentos não

106) Marque a opção em que a crase foi usada incorretamente. o persegue mais. da comitiva do peão. mundo de sonho e fantasia. à casa de meu amigo. fazem referência à nada do que dizes.

a) () Os detritos cósmicos viajam a mais de 3.200
b) () A essa velocidade, uma esfera de metal do
um objeto maior
c) () ... libera energia equivalente a explosão de
d) () Os menores devem desintegrar-se. Os
e) () Na prática, isso já vem ocorrendo em escala

107) Marque a opção com emprego incorreto do a e à. km por hora, 2,6 vezes a velocidade do som. tamanho de uma unha que se chocar contra uma granada. O futuro desses objetos é um dia precipitarem-se sobre a terra. maiores podem chegar à superfície quase intactos. menor: em algumas de suas missões, também o ônibus espacial já retornou à Terra com avarias provocadas por colisões em órbita.

deixavamdesejar.
a) () à - a - as - à
b) () a - à - às - a
c) () a - a - às - a
d) () à - a - as - à

108) Assustada _ família com os versos em que o via sempre ocupado, foi reclamar ao grande mestre que não o via estudar em casa, ao que lhe foi respondido que _ sua assiduidade e aplicação _ aulas nada e) ( ) à - a - às - a

Re p rod u ç ão ou revend a p roi bid os .

Respostas - Lista 02 - Crase

Re p rod u ç ão ou revend a p roi bid os .

Ortografia

As principais regras são:

• PÔR, QUERER, USAR são verbos conjugados sempre com a letra s. Ex.: puser, quiser, pusemos, quisemos, quis, pus, usamos, usado, puseste, usaste, etc.

¾ A letra s, sozinha entre duas vogais, sempre dá o som de z. Ex.: casa, vaso, gasoso, etc.

¾ Jamais se usa o dígrafo s após consoantes. Ele só é usado entre vogais.

Ex.: diverssão (errado) Æ diversão (correto) aniverssário (errado) Æ aniversário (correto)

¾ Usa-se o dígrafo s entre duas vogais para se evitar o som de z. Ex.: quisesse, usasse, pusesse, falasse, fosse, etc.

• OSA, OSA, ISA quando se acrescentam estes sufixos em relação à palavra primitiva, são grafados obrigatoriamente com s.

¾ oso, osa é sufixo que significa cheio de. ¾ isa é sufixo indicador de feminino.

gás Æ gasoso / gasosa poeta Æ poetisa cheiro Æ cheiroso / cheirosa papa Æ papisa bom Æ bondoso / bondosa profeta Æ profetisa feio Æ feioso / feiosa bispo Æ episcopisa

A palavra gozo não é exceção, pois o final da palavra (ozo) não é sufixo e não foi acrescentado. Temos sufixo na palavra gozoso, como vemos abaixo: Ex.: A igreja reza os mistérios dolorosos, gozosos e gloriosos.

Î Se os verbos terminados em TER, TIR, DER e DIR tiverem todo este final cortado, usa-se o s ou s. Ex.: reverter Æ reversão permitir Æ permissão pretender Æ pretensão progredir Æ progressão ascender Æ ascensão expandir Æ expansão

Lembre-se: usa-se s após consoantes. Usa-se s entre duas vogais p/ se evitar o som de z.

Î Se os verbos terminados em TER, TIR, DER e DIR tiverem apenas o r cortado, usase o ç. Ex.: obter Æ obtenção competir Æ competição conter Æ contenção partir Æ partição

Este n é uma consoante de ligação.

Î Se as palavras terminadas em TO tiverem este final cortado, usa-se o ç.

Ex.: correto Æ correção distinto Æ distinção exceto Æ exceção discreto Æ discrição (discreção é errado)

Em Português, é necessário analisar todos os componentes formadores da regra.

Re p rod u ç ão ou revend a p roi bid os .

Î ÊS, ESA são usados para escrever títulos, nacionalidades e palavras que indicam origem. Ex.: marquês, marquesa, holandês, holandesa, camponês, camponesa, burguês, etc.

¾ Toda nacionalidade é escrita com s.

Î EZ, EZA são usados para escrever o substantivo abstrato derivado de adjetivo. Ex.: belo/beleza, sensato/sensatez, pobre/pobreza, viúvo/viuvez, altivo/altivez, etc.

(Parte 7 de 16)

Comentários