Folheto: Conservação do Solo

Folheto: Conservação do Solo

Manual - Conservação do soloManual 24 - Conservação do solo

Manual - Fire

O que Vocé deve saber sobre solos e como evitar a erosão

O Movimento GAIA Manual 24

Intr odução

Uma floresta natural onde as árvores nunca foram derrubadas, onde a terra não é arada, onde não tem fogos frequentes e onde animais e insectos não são matadas, pode ser descrita como em equilíbrio. Portanto este equilíbrio natural não existe para a maior parte de terras sob agricultura, porque muitas praticas agrícola perturbam o equilíbrio natural. Muitas vezes isto resulta em perda de solo através de erosão e reduza a fertilidade do solo. Com boas praticas agrícolas, portanto, é possível fazer muito para restaurar a fertilidade do solo.

Conservação do solo inclui todas as práticas que nos aplicamos para manter ou melhorar o solo. É também necessário de aprender sobre algumas práticas agrícolas de uso de solo que resultam em infertilidade do solo, assim que podemos evita-los.

Este manual foi elaborado por:

Ajuda de Desenvolvimento de Povo para Povo (ADPP), Ajuda as Crianças e Meio Ambiente,

Monze, Zambia.

8. Praticar a lavragem mínima Lavragem mínima assegura que o solo não está desintegrado em pequenas partículas que podem facilmente ser levadas pelo vento ou água. Lavragem mínima pode ser feito usando enxadas para fazer linhas com buracos permanentes para as culturas. Ou pode ser feita com animais ou tractor com uma ferramenta abrindo linhas finas na ter ra.

9. Evite queimadas Nunca queima os resíduos agrícolas. Corte os em pedaços e espalhe no campo. Isto protegerá os solo contra as acções destrutivas das gotas de chuva. No mesmo tempo fornecerá o solo com matéria orgânica, que vai melhorar a fertilidade do solo . Evite queimar a mata no meio ou fim do tempo seco porque vai deixar o solo descoberto. Se precisa queimar deve se ser feito no inicio do tempo seco, ou não queime.

w .gaia-mo vement.org

Manual - Conservação do soloManual 24 - Conservação do solo

Manual - Fire

Estrutura do solo

A camada superficial de uma terra fértil é preta porque contem húmus. Húmus consiste de matéria orgânica de plantas e animais mortes parcialmente decomposta. Mais húmus que tem na camada superficial, o mais fértil o solo. Isto é porque o húmus da a terra uma boa estrutura de forma que ar e água podem penetrar. A camada superficial é um parte muito importante do solo.

As plantas que nos cultivamos tem a maior parte de raízes nesta camada. É aqui que as plantas adquiram os nutrientes e água que eles precisam para crescer. A camada superficial é frequentemente 20-30 cm de espessura. O subsolo pode ser muito raso ou muito profundo. Esta camada tem um cor mais claro, e não tem tanto nutrientes como a camada superf icial.

O que é erosão

Erosão do solo é quanto solo está levado por água ou vento. Cada ano milhares de toneladas da camada fértil estão levados dos campos. Isto acontece especialmente onde o solo fica sem cobertura de plantas, e fica mais séria em declives e colinas. Erosão de vento é especialmente um problema em áreas áridas e planas com pouco vegetação .

ligado está ligado na cima do quadro.

Marcar as linhas de contorno Corte ume número de pequenas varas de mais ou menos 30 cm. Inicie medir o contorno. Quando a linha fica na marca no meio da vara horizontal, as duas pernas marcam o contorno. Coloque uma vara cada vez que vira o quadr o para marcar um novo ponto. Lavrar ou cavar ao longo dos contornos. Ou lavre algumas vezes ao longo do contorno, ou cave com enxada. Capim Vetiver Se material do capim vetiver está disponível é bom plantar este capim ao longo do contorno em lugar de cavar ou lavrar. O capim vai reduzir o fluxo de água, e solo vai acumular em frente da cerca. Depois alguns anos terraços vão ser formados. Isto é uma maneira barato e simples de fazer cumeeiras de contornos. As plantas devem ser plantadas com uma distancia de 15 cm.

7. Plante cercas de v etiver atra vessando barrancos e em volta de lagoas para pr oteger contra a erosão.

Manual 24 - Conservação do solo

Manual - Conservação do soloManual 24 - Conservação do solo

Manual - Fire

Tipos de erosão

Erosão em sulcos São números pequenos córregos no campo, que leva o solo fértil embora.

As colheitas não crescerão bem. Erosão de barrancos Erosão de sulcos pode resultar em a formação de grande ravinas na terra - como rios no terreno. Estes barrancos podem tornar-se muito grandes depois de alguns anos e o campo fica destruído. Erosão laminar Este tipo de erosão e mais difícil observar, porque só uma pequena parte da camada fértil é levada da toda área. Frequentemente é causada pelo vento. Erosão laminar (ou em lençol) pode ser iden- tificado observando se raízes e pequenas pedras ficam posicionadas em cima do resto da superfície. Se continuar por alguns anos, a camada fértil desaparecerá e o agricultor não poderá cultivar mais a terra. Erosão do vento O vento carrega as partículas soltas

Métodos agrícolas que resultam em erosão

1. Pastio descontrolado Isto é um grande problema em muitos partes de África. Demais animais pastam em áreas muito pequenas e assim destroem a vegetação. Isto então resulta em erosão do solo. 2. Falta de matéria orgânica

A rotação deve incluir leguminosas, porque eles melhorará a fertilidade do solo. A rotação também previne que doenças se acumulam no solo, e assim manterá as culturas saudáv eis. 5.Lavragem em contorno Isto significa arar ao longo dos contornos. É muito importante para prevenir a água levar o solo. Somente quando o terreno é totalmente plano, não é necessário arar em contorno . 6. Estabelecer cumeeiras Nas áreas inclinadas o camponês deve estabelecer cumeeiras ou cercas de capim vetiver ao longo dos contornos. É possív el marcar os contornos usando uma quadro “A”. Construir um quadro “A” O quadro “A” consiste de 3 varas retas, por exemplo de bambu. As duas pernas tem exactamente o mesmo comprimento . A parte horizontal é colocado na mesma altura da terra em ambas pernas Os 3 varas são ligados com cor da. Uma marca é feita exactamente no meio da vara horizontal. Uma linha com uma pedra

Manual 24 - Conservação do solo

Manual - Conservação do soloManual 24 - Conservação do solo

Manual - Fire

Solo que contem húmus (matéria orgânica como resíduos de plantas e animais par cialmente decompostos) fica mais resistente á erosão. O húmus funciona como cola que agrega as partículas do solo. Estes unidades não são facilmente levados pelo vento ou a água. Solo com matéria orgânica também funciona como uma esponja e absorva água. Assim solos são menos expostos á erosão quando a matéria orgânica fica no solo . 3. Lavragem A lavragem aumenta o risco de erosão. Isto é porque a lavragem destrua o solo e forma grandes quantidades de material em pó. Depois da lavragem o solo fica descoberto.

Quando a chuva bate na terra solta, barro está formado que pode facilmente ser levado com a água. 4. Monocultura Plantando a mesma cultura ano após ano reduz a fertilidade do solo, porque estes plantas tiram as mesmas nutrientes. Monocultura também aumenta o risco de doenças no solo que reduz a colheita. 5. Lavragem Se a lavragem está feito transv ersalmente dos contornos, mesmo nos campos poucos inclinados, isto pode resultar em erosões sérias.

6. Falta de protecção de campos em terrenos inclinados Agricultura em áreas inclinados sem construir cumeeiras seguindo os contornos ou estabelecer cercas de capim vetiver, resultará em erosão séria. 7. Falta de quebra-ventos em volta de campos gr andes Isto resultará em erosão de vento. Especialmente se o campo foi lavrado e fica descober to.

Como conservar o solo e melhorar a fertilidade

1.Produza e use composto . Composto é um fonte de matéria orgânica para o solo. Matéria orgânica melhora a capacidade do solo em reter água e prover nutrientes valiosos. 2. Use esterco de animais no campo Esterco fornece nutrientes que ajuda a manter a fertilidade do solo 3. Plante quebra-ventos Se plantar um quebravento no lado do campo onde costuma ventar, isto prevenirá muito erosão de vento 4. Usa rotação de cultura Usando rotação de culturas resultará em um solo mais fértil. Isto significa não plantar a mesma cultura no campo cada ano. Um exemplo de um bom rotação de cultura: 1º ano - milho. 2º ano - algodão. 3º ano amendoim. 4º ano milho.

Manual 24 - Conservação do solo

Comentários