Quimica analitica quantitativa

Quimica analitica quantitativa

(Parte 7 de 14)

Ocorre a formação do precipitado hidróxido de ferro (I). Excesso de íons amônio não favorece a formação do precipitado. O mesmo é observado para os outros elementos divalentes do mesmo grupo: níquel, cobalto, zinco, manganês e também o magnésio (grupo V).

3- Gás sulfídrico

Não ocorre precipitação em solução ácida. Com adição de acetato de sódio em conjunto com os íons sulfetos favorece a precipitação parcial do sulfeto de ferro (I) (FeS).

Centro de Educação Tecnológica do Estado da Bahia Unidade de Camaçari

4- Solução de Sulfeto de amônio Precipitado preto de sulfeto de ferro (I) (FeS). É solúvel em ácidos com liberação de gás sulfídrico.

5- Solução de tiocianato de amônio Não se obtém nenhuma coloração com os sais de ferro (I) puros (distinção dos íons ferro (II)).

Produtos de análise: Quase todos os produtos naturais, minérios (hepatita- Fe2O3; limonita- Fe2O3.1,5H2O; magnetita- Fe3OI4; siderita- FeCO3; pirita- FeS2), meteoritos, ligas (aço), silicatos, hemoglobina.

4.3.2- Ferro, Fe- Ferro (I) As características mais importantes do metal foram descritas no item 4.3.1.

Utiliza-se uma solução de cloreto de ferro (I), FeCl3.6H2O para o estudo destas reações. As principais reações:

1- Solução de Amônia

Precipitado gelatinoso, marrom avermelhado, de hidróxido de ferro (I), Fe(OH)3, insolúvel em excesso do reagente, mas solúvel em ácidos:

2- Solução de Hidróxido de Sódio

Precipitado marrom avermelhado de hidróxido de ferro (I), insolúvel em excesso de reagente (distinção do alumínio e cromo):

Em solução acidificada, reduz os íons ferro (I) a ferro (I) e forma-se enxofre como um precipitado branco leitoso:

3 2 2 2Fe H S Fe H S+ + ++ → + + ↓ 4- Solução Sulfeto de Amônio Forma-se um precipitado preto de sulfeto de ferro (I) e enxofre:

O ácido clorídrico dissolve o precipitado preto de sulfeto de ferro (I), tornando-se visível a coloração branca do enxofre. A partir de soluções alcalinas, obtém-se o sulfeto de ferro (I) preto (Fe2S3).

5- Solução de tiocianato de Amônio

Em solução ligeiramente ácida, forma-se uma intensa coloração vermelha (diferença dos íons ferro (I)), devida à formação de um complexo não dissociado de tiocianato de ferro (II):

Centro de Educação Tecnológica do Estado da Bahia Unidade de Camaçari

O alumínio é um metal branco, dúctil e maleável; seu pó é cinza. Funde a 659ºC. Os objetos de alumínio expostos ao ar são oxidados na superfície, mas a camada de óxido protege o objeto de oxidação posterior. Dos ácidos clorídrico, sulfúrico e nítrico diluídos, somente o primeiro dissolve o metal facilmente, sendo que o processo de dissolução nos dois últimos ácidos pode ser acelerado por adição de cloreto de mercúrio (I). Os mesmos ácidos só que concentrados dissolvem o alumínio facilmente. Ele é trivalente em todos os seus compostos (Al3+).

Emprega-se uma solução de cloreto de alumínio, AlCl3, ou uma solução de sulfato de alumínio,

Al2(SO4)3.16H2O, ou alume de potássio, K2SO4.Al2(SO4)3.24H2O, para o estudo destas soluções. As principais reações:

1- Solução de Amônio

Precipitado branco, gelatinoso, de hidróxido de alumínio (Al(OH)3) pouco solúvel em excesso do reagente.

2- Solução de Hidróxido de Sódio

Precipitado branco de hidróxido de alumínio. É dissolvido em excesso do reagente, formando íons tetrahidroxialuminato ([Al(OH)4-].

3- Solução de Sulfeto de Amônio

Precipitado branco de hidróxido de alumínio:

4- Ensaios por Via Seca (ensaio do maçarico de sopro): aquecendo os compostos de alumínio com carbonato de sódio sobre carvão vegetal em uma chama de maçarico, obtém-se um sólido branco infusível, que brilha quando aquecido. Se o resíduo for aquecido com 1-2 gotas de solução de nitrato de cobalto e novamente aquecido, obtém-se uma massa azul infusível.

Produtos de Análise: Minérios (bauxita- Al2O3.2H2O, mica, caolim, feldspato, corindon- Al2O3), utensílios domésticos, edifícios (35% de Al), ligas (magnalium- Al.Mg, duralumínio- Al.CuMn.Mg), material elétrico,

espelhos de telescópios, térmita (anticorrosivo do aço), folhas para a conservação de balas e chocolates

O cromo é um metal branco, cristalino e não consideravelmente dúctil ou maleável. Funde a 1765ºC.

Em soluções aquosas, o cromo forma três tipos de íons; os cátions cromo (I) e (II) e o ânion cromato (e dicromato), no qual o cromo tem um estado de oxidação de +6.

O íon cromo (I) ou cromoso, Cr2+, é derivado do óxido de cromo (I) CrO. Esses íons formam soluções de cor azul. Eles são os mais instáveis.

Centro de Educação Tecnológica do Estado da Bahia Unidade de Camaçari

Os íons cromo (I) ou crômicos, Cr3+, são estáveis e são derivados do trióxido de dicromo, Cr2O3. Em soluções eles são verdes ou violetas, dependendo dos íons complexos formados.

Nos ânions cromato CrO42- ou dicromato Cr2O72-, o cromo é hexavalente com um estado de oxidação

+6. Estes íons são derivados do trióxido de cromo, CrO3. Os íons cromatos são amarelos, enquanto que os dicromatos têm uma cor laranja. Em soluções ácidas os cromatos são facilmente transformados em dicromatos. Em soluções neutras (ou alcalinas), o íon cromato é predominante.

Para o estudo destas reações, é empregada uma solução de cloreto de cromo (I), CrCl3.6H2O, ou uma solução de sulfato de cromo (I), Cr2(SO4)3.15H2O. As principais reações:

1- Solução de Amônia

Precipitado gelatinoso, verde cinzento a azul cinzento, de hidróxido de cromo (I) (Cr(OH)3). É pouco solúvel em excesso do reagente, formando, a frio, uma solução violeta ou rosa, contendo o íon complexo hexaminocromato (I) ([Cr(NH3)6]3+). Ao aquecer a solução, o hidróxido de cromo é precipitado.

2- Solução de Hidróxido de Sódio Precipitado de hidróxido de cromo (I):

Essa reação torna-se reversível na presença de ácidos, dissolvendo o precipitado. Ele é também precipitado em excesso do reagente com a formação do íon tetrahidroxicromato (I) (ou íon cromito)

([Cr(OH)4]-). Sendo essa última também reversível na presença de ácidos.

3- Solução de Sulfeto de Amônio

Precipitado de hidróxido de cromo (I)

4- Ensaios por Via Seca: Fusão com carbonato de sódio e nitrato de potássio, em uma alça de fio de platina ou sobre uma lâmina de platina ou sobre a tampa de um cadinho de níquel, resulta na formação de uma massa amarela de cromato alcalino (reação)

resistências elétricas (nicrom- Ni.Cr)

Produtos de análise: Minérios (cromita- CrO3.FeO), aço especiais, banho eletrolíticos (cromado),

O cobalto é um metal de cor cinza- aço, levemente magnético. Funde a 1490ºC.O metal dissolve-se facilmente em ácidos minerais diluídos. A dissolução em ácido nítrico é acompanhada pela formação de óxido de nitrogênio. Em soluções aquosas, o cobalto está normalmente presente como íon cobalto (I), Co2+; às vezes, especialmente em complexos, o íon cobalto (I), Co3+, é encontrado. Estes dois íons são provenientes dos óxidos CoC e Co2O3, respectivamente. O óxido de cobalto (I)- Cobalto (II), Co3O4, também é reconhecido.

Centro de Educação Tecnológica do Estado da Bahia Unidade de Camaçari

As reações dos íons cobalto (I) podem ser estudadas com uma solução de cloreto de cobalto (I), CoCl2.6H2O ou nitrato de cobalto (I), Co(NO3)2.6H2O. As principais reações:

(Parte 7 de 14)

Comentários