Curso Avançado de Manutenção e Montagem de Computadores

Curso Avançado de Manutenção e Montagem de Computadores

(Parte 1 de 8)

Natureza das Ondas

Onda é uma perturbação que se propaga, transmitindo e- nergia sem transportar matéria. As ondas podem ser originadas a partir de fenômenos mecânicos ou eletromagné- ticos.

Ondas Mecânicas

São ondas constituídas por impulsos mecânicos, que se propagam através da vibração das partículas, as quais formam o meio em que os impulsos se propagam. As ondas mecânicas não se propagam no vácuo, que é o exemplo do som.

Ondas Eletromagnéticas

As ondas eletromagnéticas constituem a energia elétrica que é utilizada pelos equipamentos elétricos e eletrônicos em geral. Para esta onda ser criada, é necessário existir um campo magnético e um campo elétrico, dispostos um perpendicularmente ao outro.

2 MONTAGEM DE COMPUTADORES

Campo magnético – Quando um corpo está sob influência de uma força magnética, existe então um campo magnético. Ao aproximar um imã de um metal, haverá uma atração entre esses dois corpos, o que quer dizer que o metal está inserido no campo de força do imã, e que portanto está sendo atraído.

Campo elétrico – É constituído a partir da aceleração de cargas elétricas. Também pode influenciar outros corpos que estiverem dentro do seu campo de força, a- través da atração e repulsão do mesmo.

Quando os campos elétrico e magnético se propagam em planos espaciais perpendiculares, constituem então uma onda eletromagnética.

Todas as ondas eletromagnéticas se propagam no vácuo, à 300.0 Km/s, que é a velocidade da luz.

Deste ponto em diante será dada ênfase ao estudo das ondas eletromagnéticas, devido a sua extrema importância para os equipamentos elétricos e eletrônicos, assim como para os computadores.

Formatos de Onda

Os sinais elétricos podem ser analisados graficamente através do formato de suas ondas, que são visualizadas através de um equipamento chamado osciloscópio. Através dele, podemos observar várias características de uma onda, bastando aplicar a sua ponta de prova no circuito eletrônico, realizar alguns ajustes em seus recursos e então a onda será apresentada no CRT (tubo de raios catódicos), que é um pequeno monitor de vídeo.

Osciloscópio

INTRODUÇÃO A ONDAS 3

As ondas eletromagnéticas podem ser contínuas ou alternadas, dando origem a correntes contínua e alternada, respectivamente.

Onda Contínua

Formato: contínuo Onda Alternada

Formato: senoidal Formato: quadrada

4 MONTAGEM DE COMPUTADORES

Formato: triangular

Composição da Onda

A região mais alta da onda, isto é, o maior valor de amplitude é denominado de crista ou pico da onda. A re- gião mais inferior da onda, isto é, o menor valor de amplitude é denominado de vale.

Acima do eixo do tempo, a amplitude é positiva e abaixo do mesmo, a amplitude é negativa. Portanto, também está correto determinar que a onda tem picos positivos e negativos, que correspondem à crista e ao vale respectivamente.

Amplitude Crista (Pico)

Tempo

Vale

INTRODUÇÃO A ONDAS 5

Comprimento de Onda

A distância entre dois picos, sejam eles positivos ou negativos, é denominado de comprimento da onda.

Comprimento da Onda

Amplitude da Onda

O eixo vertical do gráfico abaixo representa o valor da amplitude da onda, cuja a unidade é o Volt, logo a amplitude da onda representa a tensão do sinal elétrico.

Amplitude

12 V Tempo

Amplitude

+ 127 V Tempo

6 MONTAGEM DE COMPUTADORES

Amplitude
+ 5 V
Tempo

INTRODUÇÃO A ONDAS 7

Ciclos da Onda

Em uma onda alternada, temos picos positivos e negativos, os quais também são chamados de fases positivas e negativas da onda. Um ciclo de onda é determinado por um trecho da onda, o qual se inicia quando a fase positiva está com valor de amplitude igual a zero e em se- guida a fase positiva atinge o valor máximo de amplitude positiva, depois atinge novamente valor igual a zero de amplitude, passando a existir nesse momento a fase negativa, que vai atingir o valor máximo de amplitude negativa e finalmente retorna novamente à amplitude i- gual a zero. Esse trajeto compõe um ciclo de onda que é caracterizado pelo traçado completo da fase positiva e da negativa.

Valor máximo de amplitude positiva

Amplitude igual a 0
Valor máximo de amplitude

negativa

Período da Onda

É o tempo em segundos necessário para se gerar em os ciclos de onda, que podem ser compreendidos como o in- tervalo de tempo entre o surgimento do primeiro ciclo em relação ao surgimento do segundo ciclo de onda.

8 MONTAGEM DE COMPUTADORES

Seria como jogar duas pedras em um lago: o intervalo de tempo entre a primeira cair na água e a segunda cair também, é denominado de período.

Período = 1 / Freqüência

Freqüência

É a quantidade de ciclos de onda gerados em um espaço de tempo. Quanto mais rápida for a oscilação entre a fase positiva e a negativa, maior será a freqüência da onda.

(Parte 1 de 8)

Comentários