Instalações Elétricas Residenciais

Instalações Elétricas Residenciais

(Parte 3 de 3)

Sala4 x 100 3PTUG’s127Dorm. 14 x 100900 Hall1 x 100

Banheiro1 x 600

1000 Dorm. 24 x 100

5PTUG’s127Copa2 x 6001200

6PTUG’s127Copa1 x 100 700

7PTUG’s127Cozinha2 x 6001200

PTUG’s 1 x 100

8 +PTUE’s 127Cozinha1 x 6001200

9PTUG’s127A. serviço2 x 6001200

10PTUE’s127A. serviço1 x 10001000 11PTUE’s220Chuveiro1 x 56005600

12PTUE’s220Torneira1 x 50005000

Quadro de

Distribuição 220 distribuição

Quadro de medidor estes campos serão preenchidos no momento oportuno

1630 IER 14X21 ok 20.12.2006 17:56 Page 49

Instalações Elétricas Residenciais

Como o tipo de fornecimento determinado para o exemplo em questão é bifásico, têm-se duas fases e um neutro alimentando o quadro de distribuição.

Sendo assim, neste projeto foram adotados os seguintes critérios:

Uma vez dividida a instalação elétrica em circuitos, deve-se marcar, na planta, o número correspondente a cada ponto de luz e pontos de tomadas.

No caso do exemplo, a instalação ficou com 1 circuito de distribuição e 12 circuitos terminais que estão apresentados na planta a seguir.

Foram ligados na menor tensão, entre fase e neutro (127V).

Os circuitos de iluminação e pontos de tomadas de uso geral (PTUG’s)

Foram ligados na maior tensão, entre fase e fase (220V).

Os circuitos de pontos de tomadas de uso específico

(PTUE’s) com corrente maior que 10A

Quanto ao circuito de distribuição, deve-se sempre considerar a maior tensão (fase-fase) quando este for bifásico ou trifásico.

No caso, a tensão do circuito de distribuição é 220V.

1630 IER 14X21 ok 20.12.2006 17:56 Page 50

(Parte 3 de 3)

Comentários