LEVANTAMENTO DE IMPACTOS AMBIENTAIS NA ANTIGA PEDREIRA texto

LEVANTAMENTO DE IMPACTOS AMBIENTAIS NA ANTIGA PEDREIRA texto

(Parte 4 de 4)

• DEPARTAMENTO DE ÁGUA E ESGOTO DE ARAÇATUBA - DAEA. Fotografia aérea: ano 2004. Araçatuba: Departamento de Água e Esgoto de Araçatuba, 2004.

• FERNANDES,L.A. Estratigrafia e evolução geológica da parte oriental da Bacia

Bauru (Ks, Brasil). São Paulo: Instituto de Geociências, Universidade de São Paulo, 1998.

• FERNANDES,L.A..; GIANNINI, P.C.F.; GÓES, A.M.. Araçatuba Formation: palustrine deposits from the initial sedimentation phase of the Bauru Basin. Anais da Academia Brasileira de Ciências, 2003. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/aabc/v75n2/v75n2a06.pdf>. Acesso em: 26 de setembro de 2007.

• FIORAVANTI, C.; FIORI, A.N. Os caminhos para salvar o cerrado paulista. São

Paulo, Revista Pesquisa FAPESP, Edição Impressa 63, abril 2001. Disponível em: < http://www.revistapesquisa.fapesp.br/?art=1247&bd=1&pg=1&lg=> Acesso em: 28 de novembro de 2007.

• INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE. Censo 2000 com divisão territorial 2001. Disponível em: < http://www.ibge.gov.br/cidadesat/default.php> Acesso em: 10 de novembro de 2007.

• INSTITUTO GEOGRÁFICO E CARTOGRÁFICO - IGC. Coleção de aerofotos oblíquas 1939/1940: Estação de Tratamento de Águas "Bagassu". São Paulo: Instituto Geográfico e Cartográfico, 1940.

• KULAIF,Y. Analise dos Mercados de Matérias-primas Minerais: Estudo de Caso da

Indústria de Pedras Britadas do Estado de São Paulo. São Paulo: Escola Politécnica, Universidade de São Paulo, 2001.

• MACHADO, F.B.. et. al. As rochas intrusivas da Formação Serra Geral na porção leste da Bacia do Paraná no Estado de São Paulo: Aspectos petrográficos e geoquímicos – resultados preliminares. Rio Claro, Revista Geociências, vol.24 nº 1,

Acesso em: 29 de setembro de 2007.

• MANZINI, F.F. Redefinição da Formação Marília em seu local-tipo: estratigrafia, ambiente de sedimentação e paleografia. Rio Claro: Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista 1999.

• MECHI,A. Analise Comparativa da Gestão Ambiental de cinco Pedreiras: Proposta de um Sistema de Gestão Ambiental. Campinas: Instituto de Geociências, Universidade Estadual de Campinas, 1999.

• NUNES, J.O.R. Uma contribuição metodológica ao estudo da dinâmica da paisagem aplicada à escolha de áreas para a construção de aterro sanitário em Presidente Prudente - SP. Presidente Prudente: Faculdade de Ciência e Tecnologia, Universidade Estadual Paulista, 2002. Disponível em: < http://www2.prudente.unesp.br/area_doc/joaoosvaldo/Tese%20Doutorado-Joao/>. Acesso em: 10 de outubro de 2007.

• SILVA,C.N. Diagnostico Ambiental de Áreas de Pedreiras Abandonadas na Cidade de Salvador-BA com Ênfase na Estabilidade de Taludes. Salvador: Escola Politécnica, Universidade Federal da Bahia, 2005.

• SILVA, F.P.. Geologia de subsuperfície e hidroestratigrafia do Grupo Bauru no

Estado de São Paulo. Rio Claro: Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista, 2003. Disponível em: < http://www.biblioteca.unesp.br/bibliotecadigital/document/?did=1734>. Acesso em: 26 de setembro de 2007.

HÍDRICOS DO ESTADO DE SÃO PAULO - SIGRH. Relatório Técnico. São Paulo, 2004. Disponível em: < http://www.sigrh.sp.gov.br/sigrh/ARQS/RELATORIO/CRH/CBHMP/223/v1relmpseg.pdf> Acesso em: 26 de setembro de 2007.

• TONSO,S. As Pedreiras no Espaço Urbano: Perspectivas Construtivas. Campinas: Instituto de Geociências, Universidade Estadual de Campinas, 1994.

• YOSHIDA,T.P. Percepção Ambiental e Mineração na Área Urbana de Jaguariúna- SP. Campinas: Instituto de Geociências, Universidade Estadual de Campinas, 2005.

(Parte 4 de 4)

Comentários